spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mercado Medieval de Óbidos atraiu 150 mil visitantes em 11 dias

O Mercado Medieval de Óbidos atraiu cerca de 150 mil pessoas durante os 11 dias do evento, mais cerca de 50 mil que na edição anterior, em 2019, pré-pandemia, segundo o balanço divulgado hoje pela Câmara local, citado pela Lusa.

“O balanço é claramente positivo”, declarou hoje o presidente da Câmara Municipal de Óbidos, Filipe Daniel, citado numa nota à imprensa sobre a edição de 2022 do Mercado Medieval, marcada por “algumas alterações e novidades”, que considerou que provaram ser “uma grande mais-valia”.

O evento contou este ano com uma parceria com a associação Ofícios com História e a curadoria de Edgar Silva que, segundo o autarca, “contribuiu consideravelmente na componente de valorização e recriação histórica do evento”, a qual deverá ser aprofundada em próximas edições.

O autarca destaca ainda “a grande participação das coletividades do concelho, que asseguraram as famosas tabernas e que, mais uma vez, foram essenciais para o sucesso do evento, onde foi notório um envolvimento muito considerável das pessoas”.

Segundo Filipe Daniel, “cerca de mil voluntários, praticamente 10% da população, marcaram presença no evento”, no qual as tasquinhas são dinamizadas pelas coletividades e associações de todas a freguesias, o que se traduz numa “mais-valia em termos de receita arrecadada”.

A edição, que teve como tema central “Festas, Romarias e Peregrinações”, deu grande enfoque ao casamento entre D. Afonso e Dona Urraca de Castela, que recebeu, como dote, a valiosa vila de Óbidos, dando início à “Casa das Rainhas”.

O certame teve este ano um orçamento de 350 mil euros, mais 150 mil euros do que nas edições anteriores, e juntou 25 associações e mais de 70 mercadores nas tasquinhas e tendas de vendas.

O programa de animação movimentou 12 grupos de música, dez grupos de teatro, seis grupos de dança, quatro grupos de artes circenses, três acampamentos (militar, civil e religioso), 20 mestres e ofícios, uma granja com mais de 20 animais e uma equipa de 50 animadores de rua oriundos de vários pontos do país, que participaram numa residência artística promovida pela organização e coordenada pela Ofícios com História, entidade formadora e curadora desta edição.

O Mercado Medieval de Óbidos teve a sua primeira edição em 2002 e é organizado pela empresa municipal Óbidos Criativa.

- Publicidade-spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias