spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Stand de Portugal recebe prémio de sustentabilidade da Fitur 2023

O stand de Portugal foi um dos seis espaços destacados na quarta edição dos Premios al Stand Sostenible, criados para “reconhecer o esforço dos expositores para fazer com que a sua presença na Fitur esteja alinhada com os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas”.

Estes prémios são atribuídos pela Fitur, em colaboração com o Instituto de Turismo Responsable, e distingue os stands que se “destacam pelo seu cuidado com aspectos como o impacto ambiental, económico e social da sua participação na feira”.

O stand de Portugal, de acordo com o comunicado da Fitur, foi premiado devido à particularidade de ser desmontável e já ter estado presente nos últimos quatro anos do evento. Além disso, 99% do material utilizado no stand é plastic-free, sendo as paredes em cortiça e a mobília em madeira e metal. No que diz respeito a staff, o comunicado salienta que o stand integra pessoas com capacidade reduzida moderada e em risco de exclusão.
O stand das ilhas Baleares, por sua vez, foi premiado por oferecer condições para pessoas com capacidade visual, auditiva e de mobilidade reduzidas, e por integrar na sua equipa pessoas em risco de exclusão social.

O apoio ao empreendimento no artesanato e na recuperação de tradições, a integração de profissionais fluentes em língua gestual no seu stand e a reutilização de materiais para outros eventos foram os motivos para o prémio atribuído ao stand da Galiza.

O trabalho de divulgação de práticas de sustentabilidade do stand da Andalucía valeu o prémio de sustentabilidade da Fitur, promovendo explicações e propostas de medidas de sustentabilidade adaptadas aos seus visitantes.

A região de Murcia e o seu stand foram destacados devido à metodologia rigorosa de medição da pegada de carbono, que calcula e compensa as emissões que são resultado de todo o processo de participação na Fitur.

À semelhança do stand da região de Murcia, o stand da Mastercard também foi premiado devido à metodologia rigorosa que utiliza para medir a pegada de carbono, além do recurso a materiais biodegradáveis e aos cuidados aplicados na utilização de recursos hídricos.

- Publicidade-
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias