spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Portugal é um dos 16 países que em Maio já ultrapassaram as receitas turísticas de 2019

A Organização Mundial do Turismo (OMT) apontou hoje Portugal como um dos 16 países que nos primeiros cinco meses deste ano ultrapassaram as receitas turísticas do período homólogo de 2019, pré-pandemia.

A agência das Nações Unidas para o turismo diz que estão nesse caso a República da Moldova, a Sérvia, as Seychelles, a Roménia, a Macedónia do Norte, Santa Lucía, Bósnia e Herzegovina, Albânia, Paquistão, Sudão,

Turquia, Bangladesh, El Salvador, México, Croácia e Portugal.

Os dados da OMT apontam para um aumento em Portugal de 1%, inferior ao que mostram os dados do Banco de Portugal, que contabilizou 6.045,79 milhões de euros de gastos no país por turistas residentes no estrangeiro, +3,9% ou mais 227,65 milhões que no período homólogo de 2019 (clique para ler: Turistas estrangeiros dão a Portugal uma recuperação acentuada pós-covid).

A OMT apresenta a Moldova como o destino com maior aumento das receitas turísticas, com +86%, seguida por Sérvia, com +59%, Seychelles, com +58%, Roménia, com +35%, e Macedónia do Norte, com +26%.

A análise da OMT é que o turismo internacional evidenciou uma forte e continuada recuperação nos primeiros cinco meses do ano, ainda assim com as chegadas de turistas a ficarem ainda em menos de metade (46%) do período homólogo de 2019, pré-pandemia.

A OMT diz na mesma informação que nesse período foram contabilizadas 250 milhões de viagens internacionais, mais do que triplicando o período homólogo de 2021, com 77 milhões.

Segundo a OMT, a Europa concentrou 60% das viagens, com um total de 154 milhões.

A agência das Nações Unidas para o turismo acrescenta que os meses de Abril e Maior foram de crescimento “especialmente forte”, mas ainda 49% e 46% abaixo dos meses homólogos de 2019.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias