spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Espanha ainda está com menos 11,4 milhões de turistas estrangeiros que em 2019, pré-pandemia

Espanha recebeu 63,09 milhões de turistas residentes no estrangeiro até ao fim de Outubro, ficando assim este ano ainda 15,4% abaixo do período homólogo de 2019, pré-pandemia.

Os dados mais recentes do INE espanhol mostram que se trata de uma quebra de 11,4 milhões de turistas em que avulta menos 2,8 milhões de residentes no Reino Unido (-17,3%), menos 1,3 milhões de residentes na Alemanha (-13%), menos 1,18 milhões de residentes em França (-11,8%) e menos 1,17 milhões de residentes na Rússia (-97,4%).

A estas quebras acrescem ainda menos 2,2 milhões de turistas do grupo “resto do mundo” (-45,7%) e menos cerca de 454 mil residentes em Itália (-11,6%).

O melhor mercado emissor para Espanha, de acordo com os dados do INE espanhol, está a ser o dos turistas residentes nos Países Baixos, que em relação a 2019 têm um aumento em 210,3 mil (+8,3%) e atingem o total de 3,54 milhões.

Portugal também se conta entre os emissores com melhor desempenho, com uma quebra das chegadas a Espanha de apenas 3,4% ou 73 mil, para 2,09 milhões.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias