spot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Portugal teve em Julho o segundo maior saldo de sempre do turismo internacional

Portugal obteve um excedente de turismo internacional de 10.049,27 milhões de euros nos primeiros sete meses deste ano, segundo informação do Banco de Portugal, que mostra que apesar do recorde de gastos dos residentes em Portugal em turismo no estrangeiro, o saldo favorável ao País manteve forte crescimento.

A informação do banco central indica que nos primeiros sete meses os gastos em Portugal de turistas residentes fora do país contabilizados pelo Banco de Portugal ou receitas turísticas, também considerados exportações de turismo, somaram 13.476,22 milhões de euros, com um aumento em 24,2% ou 2.624 milhões em relação ao período homólogo do ano passado.

A informação mostra que em Julho foi atingido o segundo maior montante mensal de sempre de gastos em Portugal por turistas residentes no estrangeiro, com 3.092 milhões, um novo máximo para mês de Julho e aquém apenas dos 3.544,37 milhões do tradicional mês de ‘pico’ (Agosto) do ano passado, que, aliás, foi o primeiro em que as receitas turísticas superaram os três mil milhões num mês.

Os dados do banco central mostram, no entanto, um aparente abrandamento do crescimento face a 2022, já que passaram de subir a 69,4% em Janeiro, 44,9% em Fevereiro, 36% em Março, 22,1% em Abril, 21% em Maio e até 16,4% em Junho, mas que é explicável porque o termo de comparação foi recuperando do impacto da pandemia de covid-19, que chegou a levar a receita mensal para menos de 200 milhões (179,73 milhões em Abril de 2020), ou seja, 17,2 vezes menos que este Julho.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias