spot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Xpeditions by BTravel quer levar os portugueses a viajar de uma forma diferente

A Xpeditions by BTravel, programa da BTravel & Catai apresentado na loja B travel Xperience, deu a conhecer o seu catálogo de cinco viagens de aventura com especialistas nos destinos.

A BTravel & Catai apresentou o seu programa de viagens de aventura para adeptos de história, cultura, gastronomia e Natureza na loja B travel Xperience, na zona de Picoas em Lisboa.

A programação da Xpeditions by BTravel consiste em cinco viagens pela Argentina, em Cabo Verde, no Japão, na Guatemala e em São Tomé e Príncipe. Os especialistas que integram este programa são Ricardo Santos, da Sábado Viajante, Isabel Robalo, agrónoma e Tea Sommelier, e o escritor João Ferreira Oliveira.

Em conversa com a imprensa à margem do evento, Jorge Traver, responsável do projecto, afirmou que o objectivo é “aproximar destinos remotos, conhecer os países de forma diferente, e proporcionar aos viajantes experiências únicas e irrepetíveis”.

Jorge Traver, responsável pelo projecto Xpeditions by BTRavel

“Começamos a trabalhar antes da pandemia”, afirmou o responsável, explicando que o conceito “partia de uma premissa que é: vamos sair, mesclarmo-nos com as culturas, viajar de uma forma mais lenta e sustentável, com impacto positivo nas culturas locais, e aprendendo com elas sempre que podemos”.

Os grupos para estas viagens devem ter cerca de 18 participantes de forma a criar uma dinâmica que se adeque aos itinerários, que vão ter momentos de conversa e tertúlia durante os itinerários, cabendo aos especialistas contextualizar a ‘xpedition’.

Este projecto foi lançado em Espanha em Abril deste ano, com 13 viagens, sendo que para esta temporada de 2024 em Portugal, o objectivo é fazer com que os cinco grupos programados cumpram os mínimos para realizar as viagens. Os grupos portugueses também podem receber participantes espanhóis, desde que estes estejam conscientes que a viagem será em português.

Para a temporada de 2025 em Portugal, o objectivo é duplicar o número de viagens.

“Não somos, nem queremos ser um operador”, afirma Traver, que vê nos portugueses e nos espanhóis “povos muito ‘viajeros'”, mas que os portugueses têm uma ligeira vantagem, “querem ir a locais mais remotos, querem conhecer sítios mais recôndidos, e com uma forma de viajar diferente”, sugerindo, com optimismo, que o mercado português é “mais dinâmico” neste tipo de produtos.

A equipa da Xpeditions by BTravel consiste no responsável Jorge Traver, no director de operações, Manuel Solis, e em mais um elemento, sendo que o objectivo é funcionar com uma equipa de quatro trabalhadores.

Saiba mais sobre o programa aqui.

Veja também: Best of Wine Tourism tem sete premiados portugueses

 

- Publicidade-
- Publicidade -spot_img