spot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Ryanair não reabre base em Ponta Delgada no Verão. “Há outros aeroportos mais baratos”, diz O’Leary

A Ryanair não vai reabrir a sua base no Aeroporto de Ponta Delgada, nos Açores, no próximo Verão, afirmou hoje Michael O’Leary, CEO, dizendo que o custo é muito elevado para o retorno.

“Perco dinheiro em Ponta Delgada”, disse o executivo, sem quantificar. E acrescentou: “há outros aeroportos mais baratos na Europa”.

Em conferência de imprensa em Lisboa, Michael O’Leary sublinhou ainda que não faria sentido manter uma lógica de “abrir a base no Verão, fechar no Inverno e voltar a abrir no Verão”.

A Ryanair encerrou a sua base em Ponta Delgada a 1 de Outubro do ano passado, reduzindo a sua operação para quatro voos por semana (dois para Lisboa e dois para o Porto).

A low cost também opera quatro voos por semana para a ilha Terceira (dois de Lisboa e dois do Porto).

No Verão, de acordo com uma informação do Governo dos Açores citada pela Lusa em Setembro do ano passado, estão previstas operações da Ryanair entre os Açores e Londres-Stansted (Reino Unido) e Nuremberga (Alemanha).

Hoje em Lisboa, o CEO do Grupo Ryanair anunciou que a low cost vai operar este Verão, em Portugal, mais 14 rotas que no ano passado. Para saber mais sobre as novas rotas clique: Ryanair prevê “algum crescimento” em Portugal, “mas não tanto quanto queria” – Michael O’Leary

No total, a companhia aérea perspectiva operar este ano 170 rotas de/para Portugal e transportar 13,5 milhões de passageiros, mais cerca de 7% que no ano passado.

Ver também: Ryanair prevê “algum crescimento” em Portugal, “mas não tanto quanto queria” – Michael O’Leary

Para aceder ao site da Ryanair clique aqui.

- Publicidade-
- Publicidade -spot_img