spot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Ryanair aplaude decisão do Tribunal da UE sobre apoio à AirFrance-KLM

A Ryanair lançou um comunicado onde aplaude a decisão do Tribunal Geral da União Europeia que indica que o apoio financeiro ao grupo AirFrance-KLM pelo Governo neerlandês no âmbito da pandemia foi ilegal.

A Ryanair afirma que esta é a segunda vez que o Tribunal Geral da UE decidiu que este pacote de 3,4 mil milhões de euros atribuído à Air France-KLM foi ilegal, e a quarta vez que este Tribunal decide que foram atribuídos apoios estatais ilegais a este grupo.

O comunicado da companhia indica que “a abordagem cobarde da Comissão Europeiaa desde o início da crise de Covid-19 permitiu que Estados Membros possam passar cheques em branco às suas companhias de bandeira zombies ineficientes em nome de um desvanecido prestígio nacional”.

E acrescenta que “durante a pandemia de Covid-19 mais de 40 mil milhões de euros em subsídios de Estado discriminatórios foram oferecidos a companhias de bandeira da UE. O Tribunal Geral da UE já decidiu noutros casos relativos a ajudas de estado devido à Covid-19 nos quais milhares de milhões de euros em apoios foram recebidos pela SAS, Lufthansa, Air France-KLM, e certas companhias italianas foram ilegais”.

Veja também: Ryanair espera apoio do novo governo da Polónia

Saiba mais sobre a companhia aqui.

- Publicidade-
- Publicidade -spot_img