Festival de Artes de Macau regressa depois de um ano de pausa

28-04-2021 (12h46)

O 31º Festival de Artes de Macau (FAM) vai começar na sexta-feira, 30 de Abril, depois de uma pausa de um ano devido à pandemia, com um programa com 20 iniciativas de teatro, dança, música e artes visuais.

Com o tema "Reiniciar", o certame também vai apresentar cerca de 100 actuações e actividades do Festival Extra, uma extensão da iniciativa principal, através do qual se procura levar a arte à comunidade, dividindo-se em 18 actividades distribuídas por 24 sessões, até 29 de Maio.

Para o Instituto Cultural (IC), que organiza o evento, o objectivo do FAM é "construir uma plataforma de intercâmbio artístico internacional e para os artistas locais apresentarem as suas obras, oferecendo uma variedade de programas locais e estrangeiros".

No entanto, o actual momento pandémico obrigou a organização a “privilegiar as produções do interior da China e de Macau”, disse a presidente do IC, Mok Ian Ian, em Março, na apresentação da 31.ª edição do FAM, citada pela Agência Lusa.

A abertura "Cobra Branca" está a cargo do Estúdio de Teatro Lin Zhaohua, de Pequim, com um espétaculo que redesenha os personagens "do popular conto chinês 'A Lenda da Cobra Branca' de forma artística e imaginativa, combinando teatro, música, dança e arte multimédia", indicou o IC.

O espectáculo de encerramento "Tirando Licença" é uma produção adaptada da peça homónima do dramaturgo norte-americano Nagle Jackson, apresentada pelo Teatro Nacional da China e encenada por Wang Xiaoying, e conta "a história de um experiente actor, outrora aclamado pelas interpretações do Rei Lear, que se aproxima do fim da sua vida, vagueando frequentemente entre o mundo real e o delírio, a fim de testemunhar com o público a fragilidade e a eternidade da vida".

O programa inclui o Teatro de Ópera Huangmei da província chinesa de Anhui (leste), que apresenta uma nova produção da peça clássica "O Sonho da Câmara Vermelha", representada "pela nova geração de actores (...), transmitindo tradição e inovação". A ópera Huangmei faz parte do Património Cultural Intangível Nacional chinês.

Do Grupo de Dança e Teatro Jin Xing de Xangai, "uma das principais companhias de dança moderna da China", às crianças da Escola de Teatro do Conservatório de Macau e jovens alunos do curso de Representação de Ópera Cantonense, a fusão das artes que integram o festival oferece ainda ao público espetáculos como "a singular produção de teatro em patuá", uma língua crioula de base portuguesa, pela mão do grupo de Teatro Dóci Papiaaçám di Macau.

Plataforma de desenvolvimento profissional de vários grupos artísticos locais, o FAM apresenta, entre outros, a Dança do Dragão Embriagado, pelo grupo Four Dimension Spatial na forma de um teatro de dança que alia uma actividade tradicional do festival à dança contemporânea, enquanto o teatro documentário "Vejo-te através de Memórias da Associação de Workshops de Arte Experimental Soda-City" explora o passado e o presente deste bairro intimamente ligado ao mar, passando também em revista as transformações da cidade.

A maioria das atividades do FAM, que conta um orçamento de 21 milhões de patacas (2,2 milhões de euros), são gratuitas.

Clique para ver mais: Actividades

Clique para ver mais: Ásia & Pacífico

Clique para ver mais: Macau

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Dia aberto para visitas às escavações em Tróia será amanhã, 7 de Maio

06-05-2021 (11h55)

O trabalho de escavações nas Ruínas Romanas de Tróia, que já revelaram ocupações anteriores na zona do Palácio Sottomayor, vai estar disponível para visitas guiadas amanhã, 7 de Maio.

Solférias lança programa para visitar a “maior ponte pedonal suspensa do mundo”

06-05-2021 (10h19)

O operador turístico Solférias lançou para o mercado um programa para visitar a “maior ponte pedonal suspensa do mundo”, em Arouca, com alojamento no Hotel As Américas Art Nouveau & Design, em Aveiro.

PortAventura World reabre a 15 de Maio

05-05-2021 (19h55)

O parque de diversões PortAventura World, na Catalunha, vai reabrir a 15 de Maio depois de terem sido levantadas as restrições a parques temáticos pelo governo da região.

Caves Graham's e Quinta do Bomfim reabrem centros de visita

05-05-2021 (12h56)

Os centros de visita das Caves Graham's e da Quinta do Bomfim, que pertencem à Symington Family Estates, retomam actividade com visitas gratuitas ao Domingo de manhã e outras propostas como provas de vinhos, passeios nas vinhas, e menus de degustação.

Estação Sul e Sueste e Doca da Marinha reabrem ao público após reabilitação

03-05-2021 (18h35)

A Estação Sul e Sueste e a Doca da Marinha, perto do Terreiro do Paço em Lisboa, reabriram ao público depois de um projecto de reabilitação avaliado em 30 milhões de euros.

Opinião e Análise