Seadream é sinónimo de luxo informal e mimo Ideal para os "espíritos jovens"

11-11-2010 (10h35)

"Não é cruzeiro, é navegar em iate"

Pijamas de algodão personalizados com o primeiro nome do passageiro, amenidades da Bulgari no camarote, actividade Champanhe & Caviar splash, bar aberto são apenas alguns dos luxos e mimos que a companhia de iates Seadream oferece aos clientes.

 

 

O Seadream II esteve esta quarta-feira em Lisboa e aproveitou a escala para uma apresentação a um grupo restrito. O iate partiu ao final da tarde para uma viagem transatlântica de 12 noites que o levará até San Juan de Porto Rico. "É um produto que estamos a começar a trabalhar mais" , disse ao PressTUR, Rute Tudela, business development manager da James Rawes, uma das empresas que comercializa a Seadream.

O iate, cuja capacidade é para 112 passageiros e 95 tripulantes, apresenta um conceito considerado distintivo em que sobressaem as características de íntimo, romântico, relaxante e activo, num ambiente de luxo informal, comum ao Seadream I, o outro iate da frota.

Os clientes, cuja média etária ronda os 40 a 50 anos, são considerados "jovens de espírito" e activos.

A companhia, que começou a operar há oito anos, demarca-se das restantes operadoras de cruzeiros dizendo precisamente que não oferece um cruzeiro e que a proposta é navegar em iate de forma elegante informal em que o produto e o serviço de 5-estrelas em si acabam por ser a razão principal porque os clientes escolhem a companhia, razão pela qual a taxa de clientes repetentes chega aos 60%.

 

 

"Quando os clientes descobrem a Seadream, regressam", disse ao PressTUR, Paul Nuyens, director de desenvolvimento para os mercados Benelux, Espanha e Portugal.

Apesar da taxa de repetição ser elevada, a Seadream preocupa-se em oferecer novos destinos aos seus passageiros e como novidade durante o Verão de 2011, além do Mediterrâneo, irá fazer uma série de viagens de sete a 12 noites, nos Fiordes Noruegueses e Báltico, entre 28 de Maio e 6 de Agosto.

Mas mesmo na escolha dos destinos, a Seadream destaca-se porque escolhe portos menos movimentados e pequenos, onde os grandes navios não vão, e, além disso, tem uma certa flexibilidade nos itinerários delineados.

"Queremos que os clientes apanhem sempre bom tempo, por isso quando num porto não há sol ou está a chover, vamos para outro", explicou ao PressTUR, Erling Frydenberg, vice-presidente para as operações de alojamento da companhia, destacando a flexibilidade inerente à filosofia da companhia.

"Os passageiros não se chateiam por não irem para um porto, preferem ir para um sítio onde esteja bom tempo", referiu o mesmo executivo.

 

 

A flexibilidade da companhia não se vê apenas com a facilidade com que alteram um itinerário, mas também com o tipo de actividades que se podem fazer a bordo. Todas as actividades, com excepção do SPA, estão incluídas no preço do bilhete.

"Somos mais caros, mas damos mais", sublinha Paul Nuyens.

Assim, se os clientes quiserem dar um mergulho em pleno oceano, o iate pára e quem quiser pode ter a experiência de nadar em alto mar.

Os passageiros têm à sua disposição uma série de desportos aquáticos que podem fazer sem pagarem nada por isso, entre eles o hobby-cat (catamarã pequeno), jet-ski, vela e a última novidade, o caiaque com fundo de vidro que permite observar toda a fauna e flora do mar.

 

 

Outra das actividades que disponibilizam, desta feita apenas nas Caraíbas, é o Champanhe & Caviar splash em que vão para uma ilha e praia privada, montam uma "mesa" na água e os passageiros tomam caviar e champanhe ao mesmo tempo que tomam banho.

Quando estão no mediterrâneo a actividade é feita a bordo "porque não há praias ou ilhas privadas, onde o possam fazer".

As excursões também não estão incluídas no preço, mas para quem não quiser fazer uma excursão mas quiser ir a terra, a Seadream tem bicicletas de montanha para os mais activos, podendo haver até grupos de "ciclistas" acompanhados pelo comandante.

 

 

A bordo, os clientes podem optar por ler, jogar, ouvir música, ver um filme, jogar no simulador de golfe, relaxar nas camas balinesas, onde também podem dormir à noite, sob as estrelas. Nesse caso as camas são preparadas para esse efeito com a respectiva roupa.

O SPA de inspiração asiática é outra das opções havendo no caso do Seadream II, oito terapeutas tailandesas, podendo ainda os passageiros fazer exercício no fitness center.

Segundo os responsáveis da companhia sempre que possível as refeições são feitas no exterior, no restaurante e bar Top of the Roof. Caso contrário, vão para o restaurante no interior que tem capacidade para sentar todos os passageiros. A cozinha servida é uma mistura entre continentes e tentam servir vinhos oriundos da região onde estão.

A filosofia da companhia passa também pelos fretamentos dos iates para eventos tanto corporativos como pessoais como aniversários, casamentos ou outros.

 

 

Seadream

James Rawes

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Oceanário de Lisboa atingiu ontem um novo recorde diário de visitantes

12-12-2011 (21h37)

O Oceanário de Lisboa atingiu ontem um novo recorde de visitantes num só dia, beneficiando ter sido a “prenda de Natal” para 10,7 mil colaboradores da Volkswagen AutoEuropa e seus familiares.

Restaurante do Altis Belém tem nova carta e estreia menu de degustação de Trufa Negra

12-12-2011 (15h44)

O Restaurante Feitoria do Altis Belém Hotel & Spa, que conquistou este ano uma estrela Michelin, acaba de lançar a nova carta para a temporada de Inverno, “inspirada nos sabores fortes da terra”, que integra, pela primeira vez, um menu de degustação de Trufa Negra.

Hilton abre Hilton Nanjing Riverside à beira do Yangtze

12-12-2011 (09h45)

O Hilton Hotels & Resorts anunciou a abertura da segunda unidade em Nanjing, China, em menos de um mês. O novo Hilton Nanjing Riverside situa-se à beira do rio Yangtze e a sete quilómetros do bairro financeiro da cidade.

Ô Hotels & Resorts contrata gerente de vendas internacionais

10-12-2011 (18h17)

A cadeia hoteleira Ô Hotels & Resorts está a contratar um international hotel sales manager.

EV Viagens contrata técnica de turismo

10-12-2011 (18h15)

A EV Viagens, agência de Macedo Cavaleiros, Bragança, “ligada ao grupo Orizonia”, está a contratar uma técnica de turismo.

Opinião e Análise