spot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Novo CEO da Iberia quer elevar Madrid “ao nível dos hubs do Norte da Europa”

Marco Sansavini anunciou na sua primeira comunicação oficial como CEO da Iberia que pretende elevar Madrid “ao nível dos hubs do Norte da Europa, colocando Espanha e a Iberia na Liga dos Campeões da aviação”.

Para alcançar este objectivo, é necessária “uma empresa forte que consiga ligar Espanha a muito mais destinos e daí a importância vital da operação de compra da Air Europa”, frisou o CEO da Iberia, citado num comunicado.

Marco Sansavini sublinhou que o IAG e a Iberia fizeram “uma oferta muito ambiciosa para garantir a concorrência nas rotas onde opera e confia que a Comissão Europeia aprovará a operação, que é fundamental para a conectividade do hub de Madrid”.

Além da aquisição da Air Europa, outro dos grandes desafios do CEO da Iberia é garantir a competitividade dos negócios de handling – através de uma nova empresa – e manutenção. Em Fevereiro, a Iberia chegou a acordo com sindicatos para criar empresa de handling na sequência de uma série de greves que levaram ao cancelamento de centenas de voos.

Uma das primeiras mudanças implementadas por Marco Sansavini desde que assumiu a liderança da Iberia foi a nomeação de novos directores para o Comité de Gestão: Rafael Jiménez Hoyos, director de Produção; María Jesús López Solás, directora Comercial, Desenvolvimento de Rede, Alianças e Clientes; Gabriel Perdiguero, director de Finanças, Transformação e Tecnologia; Juan Cierco, director Corporativo; José Luis de Luna, director de Relações Trabalhistas, Gestão Jurídica e de Recursos Humanos; María Bello, directora de Pessoas e Diversidade; e Enrique Robledo, director de Manutenção.

O comunicado indica que a Direcção Aeroportuária estará presente no Comité de Gestão sob a liderança de José Luis de Luna até à criação da nova empresa. A anterior directora financeira, Elena Baillo regressa ao seu anterior cargo de directora Financeira da Iberia Express.

Marco Sansavini regressa assim à Iberia, onde durante oito anos, entre 2012 e 2020, foi director Comercial. Em 2020 foi nomeado CEO da Vueling, outra empresa do grupo IAG.

A carreira de Marco Sansavini no sector da aviação começou em 1995, quando ingressou na KLM. Ocupou diversos cargos de gestão e participou do processo de fusão com a Air France. Em 2004 integrou a Air France-KLM como vice-presidente de Negócios Globais e continuou em diversos cargos no grupo e em sua subsidiária, Alitalia, até 2012.

Para aceder ao site da Iberia clique aqui.

Ver também: Iberia e Vueling vão ter novos líderes

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img