TAP quer “cumprir de forma rentável e sustentável” missão de servir a diáspora portuguesa

15-09-2021 (10h41)

Foto: TAP
Foto: TAP

A CEO da TAP, Christine Ourmières-Widener, afirmou esta terça-feira em audição parlamentar que pretende “cumprir de forma rentável e sustentável” a missão de servir a diáspora portuguesa espalhada pelo mundo.

“Quanto a quem fala do desaparecimento da TAP, eu, enquanto especialista, não posso apoiar esse desaparecimento, porque a TAP serve destinos críticos para o país, não só nas ilhas, mas na diáspora espalhada pelo mundo”, defendeu a responsável, que foi ouvida ontem pelos deputados da comissão eventual para o acompanhamento da aplicação das medidas de resposta à pandemia da doença covid-19 e do processo de recuperação económica e social.

“Isto é uma missão que nós queremos cumprir de forma rentável e sustentável. Este serviço faz parte da nossa natureza. É preciso não esquecer que representamos comunidades que estão ligadas a um país por uma companhia aérea”, respondeu a CEO da companhia a uma pergunta da deputada do grupo parlamentar do CDS-PP Cecília Meireles, que quis saber a opinião da engenheira aeronáutica francesa relativamente à hipótese de se ‘deixar cair’ a TAP, em vez de se direccionar fundos públicos para o seu auxílio.

A executiva, que assumiu funções em Junho, lembrou que há um plano que está já a ser aplicado na empresa, que inclui a redução de custos e aumento do rendimento, que “já está a dar resultados positivos”.

Na sua intervenção inicial, Christine Ourmières-Widener citou também um estudo realizado a pedido da TAP, que indica que a empresa venha a ter um impacto de 10 mil milhões de euros no Produto Interno Bruto (PIB) português até 2030.

A executiva tem em mãos a tarefa de executar o plano de reestruturação da companhia aérea, proposto à Comissão Europeia em Dezembro do ano passado, mas que ainda não recebeu luz verde.

(Notícia Lusa)

Ver também:

TAP confirma voos do Porto para Nova Iorque e Brasil no Inverno

Despedimento colectivo na TAP reduzido para 78 trabalhadores após acordos

 

Clique para ver mais: TAP

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

A World For Travel anuncia cinco compromissos com o turismo sustentável

17-09-2021 (16h37)

O "Évora Fórum - A World For Travel", conferência dedicada ao turismo sustentável que decorreu na Universidade de Évora entre 16 e 17 de Setembro, definiu cinco compromissos urgentes.

Pandemia enfatizou importância da sustentabilidade na aviação – CEO da TAP

16-09-2021 (17h22)

A CEO da TAP, Christine Ourmières-Widener, disse hoje que indústria da aviação foi “bastante afectada” pela pandemia de covid-19 e, com esta crise, ganharam importância as questões da sustentabilidade.

Portugal espera atingir este ano metade das receitas turísticas de 2019

16-09-2021 (16h49)

A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, disse que Portugal espera atingir este ano metade das receitas turísticas de 2019, pré-pandemia, mantendo "a ambição" de alcançar em 2027 a marca de 28 mil milhões de euros.

Pandemia alertou para necessidade de gerir turismo em excesso - Pedro Siza Vieira

16-09-2021 (16h30)

A pandemia de covid-19 mostrou que “o problema do turismo em excesso precisa de ser gerido”, disse hoje o ministro da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira, durante uma conferência em Évora.

Maior navio de cruzeiros do mundo chega à Europa em Maio de 2022

16-09-2021 (15h54)

A Royal Caribbean anunciou que vai posicionar o maior navio de cruzeiros do mundo na Europa a partir de Maio de 2022, o Wonder of the Seas, que fará itinerários no Mediterrâneo com embarques em Barcelona e Roma.

Opinião e Análise