Alemanha retira avisos aos viajantes a 1 de Julho

11-06-2021 (14h29)

Foto: Turismo da Alemanha - VisitBerlin - Dagmar Schwelle - Reichstag
Foto: Turismo da Alemanha - VisitBerlin - Dagmar Schwelle - Reichstag

A Alemanha vai retirar os avisos aos viajantes, em vigor há mais de um ano, para a maioria dos países, excepto os que registam elevados níveis de infecção por covid-19 ou forte incidência das novas variantes.

Poderemos levantar o aviso geral aos viajantes para as zonas de risco cuja incidência [do novo coronavírus] em sete dias seja inferior a 200. Esta medida aplica-se a partir de 1 de Julho e no mundo inteiro, anunciou o ministro dos Negócios Estrangeiros, Heiko Maas, em comunicado, citado pela Lusa.

Esta medida vai facilitar a retoma das deslocações e da atividade turística neste Verão.

Em numerosos locais, os números da infecção estão em baixa e cada vez mais cidadãos estão vacinados. Após longos meses de encerramento, podemos alegrar-nos por encontrar alguma normalidade, e isso vale também para as viagens, acrescentou o ministro, apelando, no entanto, para prudência e respeito das regras sanitárias.

O aviso e respetivas restrições continuam, no entanto, activos para os países que ainda têm elevados níveis de infecção ou uma forte incidência das variantes do SARS-CoV-2, nomeadamente o Reino Unido e a Índia.

O levantamento do aviso não dispensa a obrigação de apresentar um teste negativo à covid-19, um certificado de vacinação ou qualquer outro requisito em vigor para as deslocações à partida da Alemanha.

 

Clique para mais notícias: Alemanha

Clique para mais notícias: Covid-19

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Air France aumenta oferta para Portugal “em quase 25%” face ao Verão de 2019

15-06-2021 (15h21)

A Air France vai concentrar a sua oferta de voos na Europa em destinos de lazer como Portugal, para onde prevê aumentar a oferta “em quase 25%” face a 2019, e Grécia, para onde planeia aumentar a oferta “em quase 80%”.

Grupo Lufthansa quer atingir 75% de bilhetes vendidos directamente

15-06-2021 (12h25)

O Grupo Lufthansa, que foi pioneiro na aplicação de sobretaxas às vendas de bilhetes através dos sistemas globais de reservas (GDS), pondo em causa o modelo de negócios dominante nas agências, anunciou agora pretender atingir 75% das vendas por canais próprios até 2024.

Grupo Lufthansa vai fechar SunExpress Deutschland e voos de passageiros da Germanwings

15-06-2021 (12h09)

O Grupo Lufthansa, que quer emergir ‘mais magro’ desta crise provocada pela pandemia de covid-19, indicou hoje que entre as medidas que vai adoptar estão fechar a SunExpress Deutschland, subsidiária com o mesmo nome da joint-venture com a Turkish, e descontinuar os voos de passageiros da Germanwings, bem como fechar “múltiplas outras bases e localizações”.

Grupo Lufthansa já ‘cortou’ “quase 26.000” postos de trabalho

15-06-2021 (11h18)

O Grupo Lufthansa informou que já avançou com uma redução de "quase 26.000" postos de trabalho e que para a Alemanha tem previsto reduzir "o equivalente, em termos de custos", a dez mil posições.

Reino Unido adia desconfinamento até 19 Julho

15-06-2021 (11h09)

O primeiro-ministro britânico confirmou que a última fase do plano de desconfinamento em Inglaterra, prevista para 21 de Junho, vai ser adiada por quatro semanas, até 19 de Julho, devido ao risco de “milhares de mortes”.

Opinião e Análise