Espanha aprova apoio de 320 milhões para fusão das divisões de viagens da Globalia e Barceló

16-03-2021 (17h22)

Foto: Andrei Stratu / Unsplash
Foto: Andrei Stratu / Unsplash

O governo espanhol aprovou hoje em Conselho de Ministros o apoio de 320 milhões de euros para a fusão das divisões de viagens dos grupos Globalia e Barceló, depois da holding de participações estatais SEPI ter dado a sua aprovação na semana passada.

O apoio foi concedido à Ávoris Corporación Empresarial SL, a holding criada em Dezembro pelos dois grupos e que será liderada por Vicente Fenollar e María José Hidalgo (clique para ler: Holding que junta Globalia e Barceló será liderada por Vicente Fenollar e María José Hidalgo).

O governo de Espanha, segundo a imprensa espanhola, considera que a Ávoris é uma empresa estratégica e, como tal, tem direito de aceder ao Fundo de Apoio à Solvência de Empresas Estratégicas gerido pela SEPI e dotado de 10.000 milhões de euros.

A Barceló e a Globalia receberão o apoio através de dois empréstimos (um ordinário e outro participativo), sendo que este último, no valor de 163 milhões, permitirá à SEPI participar da evolução da empresa, cobrando juros variáveis ​​com base no seu resultado, segundo o “Vozpópuli”.

A notícia acrescenta que também será considerado património líquido para fins de redução de capital e liquidação de empresas, oferecendo mais oportunidades de recuperação e de endividamento à empresa.

Os restantes 157 milhões serão concedidos através de um empréstimo ordinário, conforme avançou a ministra das Finanças e porta-voz do Governo, María Jesús Montero, na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros, citada pelo “Vozpópuli”.

A SEPI, apoiada pela Mazars, Capgemini e Roland Berger, analisou durante semanas a documentação fornecida pelas duas empresas e o plano de viabilidade para os próximos anos. A EY, por sua vez, apresentou a proposta de realizar no máximo 200 despedimentos após o processo de fusão que a Globalia e a Barceló pretendem realizar com apoio público.

A nova empresa, da qual a Barceló tem 50,5% e a família Hidalgo 49,5%, junta mais de trinta marcas. A Globalia entra com a Halcón, Equador, Globalia Corporate Travel, Geomoon, Travelplan, TuBillete.com, Touring Club, Iberrail, Welcome Beds, Marsol, Globalia Meetings and Events, Globalia Corporate Travel, Globalia Autocares e Welcome Incoming Services, enquanto a Ávoris, por sua vez, entra com a B the travel brand, Evelop, Orbest, Jolidey, Quelónea, Iberojet, Catai, Viva Tours, LePlan, LeSki, LeMusic, Jotelclick, Plan B, Wäy, Turavia, BCD Travel, BCO Congresos, Special Tours, ByPlane, Rhodasol, Nortravel, Colors e Bedtoyou.

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Ávoris

Clique para ver mais: Globalia

Clique para ver mais: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ávoris leva agentes de viagens espanhóis à República Dominicana

13-04-2021 (10h53)

A Ávoris Corporación Empresarial, em colaboração com o Ministério do Turismo da República Dominicana, realizou a sua primeira fam trip às Caraíbas desde Março de 2020, quando as viagens foram suspensas devido à pandemia de covid-19.

Governo planeia facilitar voos de/para países como Reino Unido e Brasil

01-04-2021 (17h43)

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou que Portugal vai "facilitar as ligações" com países que tiveram a terceira vaga da pandemia mais cedo, como o Reino Unido, e que planeia a retoma dos voos com o Brasil, "embora com obrigação de testes e de medidas de quarentena".

Iberia lança solução para verificar documentos necessários antes de viajar

01-04-2021 (12h42)

A Iberia lançou uma nova solução que permite aos seus clientes verificar a documentação exigida para viajar antes de se deslocarem ao aeroporto, incluindo testes PCR, formulários de saúde, vistos e outros documentos.

Novo operador turístico da W2M vai vender Caraíbas e Ilhas Espanholas no mercado português

31-03-2021 (14h22)

O novo operador turístico da W2M, o Newblue, já apresentado em Espanha, também vai vender pacotes nas agências de viagens portuguesas, anunciou hoje o administrador em Portugal, Duarte Correia, destacando que pretende criar “uma nova forma de viajar para as Caraíbas e para as Ilhas Espanholas”.

World2Fly planeia basear em Lisboa o seu 3º avião, Gabriel Subías

31-03-2021 (14h18)

A World2Fly, que começa a voar de Lisboa para as Caraíbas em Julho com um A330, tem encomendados dois aviões A350, um deles para basear em Lisboa a partir de Maio do próximo ano, altura em que conta ter já as suas operações à venda como voos regulares, revelou hoje o CEO da W2M, Gabriel Subías.

Opinião e Análise