Baleares concentraram mais de 23% dos estrangeiros que procuraram Espanha no 1º semestre

03-08-2021 (16h40)

O arquipélago das Baleares, cujos principais mercados emissores são a Alemanha e os Países Baixos, receberam no primeiro semestre deste ano 1,25 milhões de turistas residentes no estrangeiro, que significam uma quota de 23,2% do total de estrangeiros chegados a Espanha nesse período.

Os dados publicados hoje pelo INE espanhol mostram que as Baleares foram o único dos seis destinos espanhóis mais procurados por estrangeiros a terem um primeiro semestre melhor que o de há um ano, com um aumento em 189,6% ou 822,1 mil.

A informação indica que os seis principais destinos tiveram quedas entre 35%, no conjunto das outras comunidades fora desse Top6, e 72,4%, nas Canárias.

O INE espanhol indicou que Espanha recebeu no primeiro semestre 5,41 milhões de turistas residentes no estrangeiro, 1,25 milhões deles optaram pelas Baleares, 975 mil pela Catalunha (18% do total), 753,5 mil pelas Canárias (13,9% do total), 711,9 mil pelas comunidades fora do Top6 (13,1% do total), 675,2 mil pela Andaluzia (12,5% do total), 609,5 mil pela Comunidade Valenciana (11,2% do total) e 437,6 mil por Madrid (8,1% do total).

Relativamente ao primeiro semestre de 2019, pré-pandemia de covid-19, em média o turismo internacional baixou 85,8% (para ler mais clique: Pandemia tirou mais de 30 milhões de turistas estrangeiros a Espanha no 1º semestre), com quebras superiores a 80% em todas as regiões à excepção da Baleares, onde a quebra foi de 77,3% ou 4,28 milhões, e do conjunto das comunidades fora do Top6, que tiveram quebra em 79,3% ou 2,72 milhões.

A quebra mais forte ocorreu na Catalunha, em 89,1% (menos 7,92 milhões), seguindo-se Madrid, com -88,7% (menos 3,43 milhões), Canárias, com -88,6% (menos 5,85 milhões), Andaluzia, com -88% (menos 4,94 milhões), e Comunidade Valenciana, com -85,3% (menos 3,53 milhões).

O mês de Junho, porém, foi de recuperação da quebra sofrida um ano antes, encolhendo a distância para 2019 de 8,62 milhões para 6,6 milhões.

As Baleares foram o destino mais procurado, com 656 mil turistas, seguindo-se Catalunha, com 404,1 mil, Andaluzia, com 296 mil, Comunidade Valenciana, com 271,1 mil, e Madrid, com 139 mil.

O conjunto das comunidades fora do Top6 recebeu 227,8 mil turistas residentes fora de Espanha.

 

Clique para mais notícias: Espanha

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Iberia retoma voos para as Maldivas em Dezembro

16-09-2021 (14h40)

A Iberia divulgou hoje a sua programação de voos para o Inverno, destacando que em Dezembro vai retomar as operações para o seu “destino estrela deste Verão”, as Maldivas.

Agentes de viagens de Portugal e Espanha debatem desafios do sector em Huelva

14-09-2021 (16h14)

A associações de agências de viagens de Espanha e Portugal, CEAV e APAVT, que criaram uma aliança ibérica em 2018, vão promover nos dias 23 a 26 de Setembro um encontro em Huelva para debater os desafios do sector.

Smy Hotels e OK Group lança nova empresa de gestão hoteleira

14-09-2021 (09h43)

A Smy Hotels, rede hoteleira do Grupo Logitravel, e a holding OK Group criaram uma nova empresa de gestão hoteleira internacional, a OKLogi Hotels.

Aeroportos espanhóis somaram mais de 18 milhões de passageiros em Agosto

14-09-2021 (09h31)

Os aeroportos espanhóis receberam em Agosto mais de 18 milhões de passageiros, 10,3 milhões deles em voos internacionais, cuja quebra em relação ao tráfego pré-pandemia é de 51,2%.

Facturação das agências de viagens espanholas "não chega a 50%" de 2019

10-09-2021 (14h26)

O presidente da Confederação Espanhola de Agências de Viagens, Carlos Garrido, manifestou preocupação com o facto de a facturação das agências de viagens espanholas não chegar aos 50% dos níveis de 2019 e salienta a importância dos apoios do governo.

Opinião e Análise