Comissão Europeia aprova apoio de 35 milhões de euros para empresas dos Açores

06-04-2021 (13h46)

São Jorge, Açores
São Jorge, Açores

A Comissão Europeia aprovou hoje um apoio do Estado português de 35 milhões de euros para as empresas dos Açores afectadas pela crise da covid-19 que mantiveram os postos de trabalho, uma ajuda em forma de subvenções directas.

Segundo a informação divulgada pelo executivo comunitário, esta é a terceira ajuda estatal de Portugal para manutenção do emprego na Região Autónoma dos Açores (após dois regimes em Abril e em Dezembro de 2020) aprovada no âmbito das regras mais flexíveis de Bruxelas para as ajudas estatais, implementadas devido à pandemia de covid-19.

Assumindo a forma de subvenções directas, o regime “estará aberto a empresas de todas as dimensões activas nos Açores, na condição de terem mantido postos de trabalho na região e de terem reembolsado os empréstimos anteriormente recebidos ao abrigo dos regimes que a Comissão aprovou”, explica Bruxelas.

Em concreto, “a ajuda só será concedida se o requerente puder provar que manteve, todos os meses até 30 de Junho de 2021, uma certa proporção do nível de emprego em comparação com o nível registado em setembro de 2020”, acrescenta.

Previsto está que o montante máximo da ajuda não exceda os 750 mil euros por empresa singular ou um milhão de euros por grupo de empresas ou então que não ultrapasse o montante dos empréstimos recebidos a partir das linhas de crédito existentes.

“A Comissão verificou que o regime português está em conformidade com as condições estabelecidas no quadro temporário” e concluiu que “a medida é necessária, adequada e proporcional para sanar uma perturbação grave da economia de um Estado-membro”, adianta o executivo comunitário.

Em causa está o enquadramento europeu temporário para os auxílios estatais, adotado em meados de Março de 2020 e em vigor até final do ano, que alarga os apoios que os Estados-membros podem prestar às suas economias, normalmente vedados pelas regras concorrenciais da UE, traduzindo-se em empréstimos com garantias estatais, subvenções, entre outros.

 

Clique para ver mais: Açores

Clique para ver mais: Empresas&Negócios

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

MSC Cruzeiros lança novos itinerários para este Verão na Europa com pelo menos dez navios

16-04-2021 (17h02)

A MSC Cruzeiros divulgou para o mercado novos itinerários para viajar no Mediterrâneo e no Norte da Europa este Verão, com pelo menos dez navios, incluindo o seu novo MSC Virtuosa, que fará viagens a começar e a terminar em Lisboa a partir de Setembro.

PRR tem 7.700 milhões de euros para apoios directos e indirectos às empresas

16-04-2021 (16h27)

O Programa de Recuperação e Resiliência (PRR) terá 7.700 milhões de euros de apoios dedicados às empresas, de acordo com o Programa de Estabilidade (PE) aprovado na quinta-feira em Conselho de Ministros e entregue à Assembleia da República (AR).

Governo prevê injectar este ano mais 970 milhões de euros na TAP

16-04-2021 (16h24)

O Governo prevê injectar 970 milhões de euros na TAP este ano, uma medida classificada como temporária e cujo efeito nas contas públicas é revertido em 2022 e 2023, de acordo com o Programa de Estabilidade (PE) hoje conhecido.

Bruxelas contesta quarentena imposta por Dublin a cinco países da UE

16-04-2021 (16h16)

A Comissão Europeia contestou hoje junto das autoridades da Irlanda a quarentena obrigatória em hotel que está a ser imposta por Dublin a viajantes de vários países devido à covid-19, incluindo a cinco Estados-membros da União Europeia (UE).

Agências de viagens portuguesas atingem máximo de vendas de voos em BSP durante a pandemia

16-04-2021 (15h47)

As vendas de voos regulares pelas agências de viagens IATA portuguesas ascenderam em Março a 13,5 milhões de euros, que é um máximo em tempos de pandemia.

Opinião e Análise