Receitas de jogo em Macau atingem recorde desde início da pandemia

01-06-2021 (14h36)

Foto: Unsplash / Macau Photo Agency
Foto: Unsplash / Macau Photo Agency

As receitas de jogo no território de Macau atingiram, no mês de Maio, o maior registo desde o início da pandemia, 10.445 milhões de patacas (1.072 milhões de euros), um aumento de 492,2% em relação a 2020.

O valor recorde registado em Maio deste ano, que significa um aumento de dois mil milhões de patacas, (205 milhões de euros) em relação ao mês de Abril, apenas representa um terço do montante arrecadado pelos casinos em 2019, antes da pandemia.

De acordo com a Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos, citada pela Agência Lusa, a receita bruta acumulada em 2020 é de 42.487 milhões de patacas (4.353 milhões de euros), mais 28% do que no ano passado. Antes da pandemia da covid-19, contudo, nos primeiros cinco meses de 2019, os casinos já tinham arrecadado 125.691 milhões de patacas (12.910 milhões de euros).

Macau identificou apenas 51 casos de covid-19 desde o início da pandemia, mas as restrições fronteiriças e a ausência de visitantes praticamente paralisaram a economia, quase exclusivamente dependente da indústria dos casinos e do turismo chinês.

Após o reinício, no final de Setembro, da emissão dos vistos individuais e de grupo da China continental para o território, suspensos desde o início da pandemia, o número de turistas tem subido gradualmente, ainda que continue muito abaixo da média de cerca de três milhões de visitantes registada por mês em 2019.

Macau, capital mundial do jogo, é o único local em toda a China onde o jogo em casino é legal. Em 2019 obteve receitas de 292,4 mil milhões de patacas (cerca de 30,03 mil milhões de euros), no entanto, devido ao impacto causado pela pandemia, os casinos em Macau terminaram o ano de 2020 com receitas de 60,4 mil milhões de patacas (6,2 mil milhões de euros), uma quebra de 79,3% em relação ao ano anterior.

Três concessionárias, Sociedade de Jogos de Macau, Galaxy e Wynn, e três subconcessionárias, Venetian (Sands China), MGM e Melco, exploram casinos naquela que é apelidada de Las Vegas da Ásia, mas que há muito ultrapassou as receitas dos casinos registadas naquela cidade norte-americana.

Clique para ver mais: Ásia & Pacífico

Clique para ver mais: Empresas & Negócios

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Macau perde 22,6% de visitantes numa semana e reforça restrições fronteiriças

07-06-2021 (13h53)

Macau perdeu 22,6% de visitantes numa semana e anunciou hoje, 7 de Junho, o reforço das restrições fronteiriças com a China continental, exigindo quarentena de 14 dias a quem chegar de alguns distritos das cidades de Cantão e de Foshan.

China admite relaxar restrições a viagens internacionais no primeiro semestre de 2022

03-06-2021 (13h56)

A China deve reabrir as suas fronteiras a determinados países, no primeiro semestre do próximo ano, se acelerar a taxa de vacinação contra a covid-19, disse hoje um especialista chinês em doenças infecciosas, citado pela Lusa.

Operadoras de jogo em Macau e Banco Nacional Ultramarino incentivam vacinação

31-05-2021 (14h41)

As operadoras de jogo Melco e MGM e o Banco Nacional Ultramarino anunciaram campanhas de incentivo à vacinação dos seus funcionários, que incluem regalias em dinheiro, dias de férias extra e sorteios, com o intuito de contribuir para o objectivo da imunidade de grupo no território.

Macau vai testar quem recorra aos hospitais e apresente febre

31-05-2021 (13h53)

As autoridades de saúde de Macau anunciaram hoje que vão realizar testes à covid-19 a quem recorra aos hospitais e que apresente febre, devendo as pessoas permanecerem em casa até receberem o resultado.

Voo suspenso entre Portugal e China apenas transportava cidadãos chineses

27-05-2021 (17h47)

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, confirmou hoje já ter tido conhecimento da suspensão do voo directo entre Portugal e a China, adiantando que a ligação se destinava, actualmente, sobretudo a cidadãos chineses.

Opinião e Análise