Macau promove-se como "destino saudável e seguro para visitar"

26-04-2021 (16h16)

Macau vai realizar uma acção de promoção turística na cidade chinesa de Nanjing para atrair turistas chineses, mostrando-se como "destino saudável e seguro para visitar", anunciaram hoje as autoridades.

Entre os dias 13 e 16 de Maio, as autoridades do antigo território administrado por Portugal vão continuar com a mensagem que têm tentado passar desde o último trimestre do ano passado: “Macau é um destino saudável e seguro para visitar”, diz um comunicado citado pela agência Lusa.

O objectivo, de acordo com a mesma nota, passa por “promover a oferta no âmbito do ‘turismo + convenções e exposições’, ‘turismo + cultura’ e ‘turismo + desporto’ de Macau, entre outros, atraindo os visitantes do Interior da China a visitar a Macau”.

Em meados do mês de Abril, a diretora dos Serviços de Turismo (DST) de Macau, Maria Helena de Senna Fernandes, explicou que Governo está a planear mais seis acções de promoção turística do território na China.

No ano passado, o território já havia realizado a semana de Macau em Pequim e, em Março deste ano, em Hangzhou, na costa Sudeste.

"Estamos a planear mais seis semanas de Macau [acções de promoção turística] no interior da China antes dos feriados do dia nacional da China", que se assinala em 1 de Outubro, disse Maria Helena de Senna Fernandes.

"Para os turistas oriundos do Interior da China, sendo este o único mercado em que podemos trabalhar neste momento, estamos a agendar mais mega promoções, como as semanas de Macau", adiantou a responsável.

Em Março, mais de 750 mil pessoas que visitaram o território, confirmando o aumento gradual do número de turistas, após a reabertura gradual das fronteiras e do impacto da pandemia de covid-19 no turismo (clique para ler: Macau recebeu mais 255,4% de visitantes em Março).

A maioria dos visitantes (688.353) era oriunda do interior da China. Destes, 268.302 tinham vistos individuais, cuja emissão, suspensa desde o início da pandemia, foi retomada em meados de agosto do ano passado.

No dia 16 de Abril, o território registou 34.353 visitantes, o número mais elevado desde o início da pandemia, anunciou a Direção dos Serviços de Turismo.

“A observação dos dados estatísticos permite verificar que o número de visitantes mostra uma tendência para um aumento gradual”, indicaram as autoridades em comunicado.

Antes da pandemia, em 2019, Macau recebeu quase 40 milhões de visitantes.

O território diagnosticou o primeiro caso de covid-19 no final de Janeiro de 2020, contabilizando até agora apenas 49 casos, nenhum dos quais activo, não tendo registado nenhuma morte provocada pela covid-19.

 

Clique para ver mais: Macau

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Destinos, cortiça e vinhos têm sido “foco das atenções” no Pavilhão de Portugal na Expo Yangzhou

10-05-2021 (15h28)

O Pavilhão de Portugal na Expo Yangzhou 2021, um evento que já recebeu 400 mil visitantes desde que foi inaugurado a 8 de Abril, está a ter como “foco das atenções” os destinos turísticos, a cortiça e os vinhos portugueses, segundo um comunicado.

Sonhando anuncia novas datas para os voos entre Lisboa e Dili

07-05-2021 (14h59)

O operador turístico Sonhando, do grupo euroAtlantic, anunciou novas datas para os voos que tem programados para Julho entre Lisboa e Dili, adiando-os por oito dias a pedido da Escola Portuguesa de Timor.

Finnair evidencia impacto desastroso da pandemia na aviação

05-05-2021 (15h56)

A Finnair, companhia de aviação que se posicionava como uma das melhores alternativas para ligações entre a Europa e a Ásia, indicou hoje que no mês de Abril transportou apenas 3,4 mil passageiros nesses voos, que comparam com 207,9 mil em Abril de 2019.

“Recuperação meteórica vista na China dá-nos muita esperança”, presidente da Trip.com

03-05-2021 (17h00)

A “China assistiu a uma recuperação” quase completa do turismo doméstico, realçou a presidente da agência de viagens online chinesa Trip.com, Jane Sun, que em entrevista à Lusa destacou que “a recuperação meteórica vista na China dá-nos muita esperança” para a retoma “das viagens globais”.

Casinos de Macau recuperam há três meses consecutivos

03-05-2021 (16h52)

Os Casinos de Macau tiveram em Abril o terceiro mês consecutivo de aumento de receitas face ao mês homólogo de 2020 e no conjunto do quadrimestre ficaram 2,6% ou 803 milhões de patacas (83,4 milhões de euros ao câmbio de hoje) acima dos primeiros quatro meses do ano passado.

Opinião e Análise