Macau alivia restrições sanitárias nos casinos

03-03-2021 (17h16)

As autoridades de Macau anunciaram que a partir das 00h horas de hoje, 3 de Março, deixará de ser necessário a apresentação de um resultado negativo do teste à covid-19 para entrar nos casinos da capital mundial do jogo.

De acordo com a Agência Lusa, esta medida justifica-se com o facto de os visitantes provenientes da China continental já terem de apresentar “um relatório de teste de ácido nucleico negativo válido por 7 dias”, mas também com as rigorosas medidas sanitárias impostas pelos operadores de jogo, e com a situação, aparentemente controlada, da pandemia em território chinês.

Para esta decisão, as autoridades de Macau tiveram em conta o "cumprimento rigoroso de implementação das várias medidas nos casinos, como a verificação do Código de Saúde, uso de máscaras, barreiras separadoras entre jogadores, distância social e o facto do risco epidémico, desde meados de Fevereiro, no interior da China, estar a reduzir significativamente".

As autoridades também tiveram em conta o facto de "actualmente não existirem zonas de média ou elevada incidência há pelo menos 10 dias consecutivos, nem transmissão local por 24 dias consecutivos", bem como a previsão de que a pandemia se torne mais estável com o clima mais quente.

“Contudo todos os casinos ainda devem continuar a implementar estritamente outras medidas antiepidémicas”, acrescenta-se.

As receitas do jogo em Macau caíram 8,8% em Fevereiro em relação ao mês anterior, um resultado que traduz a dificuldade de recuperação daquele que é o motor da economia da capital mundial dos casinos.

Após o reinício, a 23 de Setembro, da emissão dos vistos individuais e de grupo da China continental para o território, suspensos desde o início da pandemia de covid-19, o número de visitantes tem subido gradualmente, ainda que de forma lenta e muito abaixo da média de cerca de três milhões de visitantes por mês registada em 2019.

Com a aplicação das medidas sanitárias, Macau contabilizou apenas 48 casos, sem registar qualquer morte ou surto local.

Clique para ver mais: Ásia & Pacífico

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

École Ducasse anuncia acordo para criar rede de formação na Tailândia

30-03-2021 (15h43)

A École Ducasse, em parceria com o seu accionista maioritário Sommet Education, celebrou uma parceria com o grupo hoteleiro Nai Lert Group para a criação de uma rede de centros de formação nas áreas da arte culinária e pastelaria na Tailândia.

Instituto de Formação Turística de Macau anuncia pós-graduações com a OMT

18-03-2021 (18h33)

O Instituto de Formação Turística de Macau (IFTM) vai promover cursos de pós-graduação em parceria com a Organização Mundial de Turismo.

Ministros timorenses confiantes na realização do voo da euroAtlantic entre Lisboa e Díli

08-03-2021 (17h24)

Os ministros timorenses da Educação, dos Negócios Estrangeiros e do Interior confirmaram à Lusa a realização do voo da euroAtlantic entre Lisboa e Díli, apesar da cerca sanitária e do confinamento obrigatório impostos na capital de Timor-Leste.

Sands vende activos e propriedades de Las Vegas para se focar no reinvestimento na Ásia

05-03-2021 (17h50)

O grupo Las Vegas Sands, que opera hotéis e casinos em Macau, vai alienar o seu portfolio de bens e propriedades em Las Vegas através de uma venda a dois grupos de investimento por um valor total de cerca de 6.250 milhões de dólares, cerca de 5.197 mihões de euros.

Sonhando já tem mais reservas para 4º voo para Timor que em qualquer dos anteriores

01-03-2021 (13h02)

O operador turístico Sonhando já ultrapassou as 250 reservas para o próximo voo da euroAtlantic para Timor, o quarto desde o início da pandemia de covid-19, que parte de Lisboa a 14 de Março, e superou a lotação de qualquer um dos anteriores.

Opinião e Análise