China detecta 89 casos nas últimas 24 horas

08-11-2021 (12h36)

Foto: Unsplash / Kunal Kalra - Xian, China
Foto: Unsplash / Kunal Kalra - Xian, China

A China detetou 89 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, 65 por contágio local e os restantes oriundos do estrangeiro, anunciaram as autoridades de saúde do país.

Os casos locais foram detectados nos municípios de Pequim (um) e Chongqing (um), na região autónoma da Mongólia Interior (um) e nas províncias de Heilongjiang (seis), Gansu (dois), Hebei (oito), Jiangxi (um), Sichuan (quatro), Yunnan (três), Liaoning (20) e Henan (18).

Os restantes 24 casos foram diagnosticados em viajantes provenientes do estrangeiro, no município de Xangai (Leste) e nas províncias de Yunnan (Sul), Shanxi (centro), Guangdong (Sudeste), Mongólia Interior (Norte), Zhejiang (Leste), Fujian (Sudeste), Shandong (Leste), Guangxi (Sul), Sichuan (centro).

A Comissão de Saúde da China, segundo a Agência Lusa, adiantou que o número total de casos activos é de 1.202, entre os quais 28 graves.

Desde o início da pandemia da covid-19, o país registou 97.823 casos da doença e 4.636 mortos.

Clique para ver mais: Ásia & Pacífico

Clique para ver mais: China

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Meliá inaugura “um santuário de luxo e bem-estar na Tailândia”

25-11-2021 (17h00)

O Meliá Phuket Mai Khao é a mais recente unidade hoteleira do grupo Meliá Hotels International, que a descreve como “um santuário de luxo e bem-estar na Tailândia”, para quem procura estar em contacto com a natureza “numa das praias mais tranquilas da zona Norte da ilha”.

Nova Zelândia anuncia fim de confinamento em Auckland e da política de casos-zero

22-11-2021 (15h14)

A Nova Zelândia vai acabar com o confinamento de três meses e meio na maior cidade do país, Auckland, no início de Dezembro, e da política de "casos-zero" para combater o novo coronavírus, disse hoje a primeira-ministra.

Primeiro medicamento chinês contra o coronavírus deve ser aprovado em Dezembro

16-11-2021 (16h14)

A China deve aprovar, no próximo mês, o primeiro medicamento contra a covid-19 desenvolvido por uma farmacêutica chinesa e baseado no uso de anticorpos monoclonais, capazes de neutralizar o vírus.

Mais de três quartos da população da China totalmente vacinada

08-11-2021 (13h53)

Mais de três quartos da população da China já está totalmente inoculada contra a covid-19, de acordo com dados oficiais divulgados pela Comissão Nacional de Saúde.

Japão sem registo de mortes por covid-19 pela primeira vez em 15 meses

08-11-2021 (12h31)

O Japão não registou mortes causadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, o que acontece pela primeira vez nos últimos 15 meses, noticiou hoje a imprensa local.

Opinião e Análise