China cancela centenas de voos domésticos após diagnosticar dezenas de casos

21-10-2021 (16h34)

Foto: Unsplash / Nathan John
Foto: Unsplash / Nathan John

A China cancelou hoje centenas de voos, encerrou escolas e intensificou os testes em algumas áreas, após ter descoberto surtos de covid-19 ligados a um grupo de turistas.

O país mantém uma política de “tolerância zero” com o vírus, incluindo a limitação drástica de entradas no seu território, quarentenas obrigatórias, medidas de confinamento e testes em massa assim que surgem alguns casos.

A utilização de aplicações móveis também permite rastrear o movimento de cada indivíduo.

Estas medidas permitiram à China retomar a actividade social e económica numa fase prematura da pandemia. No espaço de mais de um ano, o país registou apenas duas mortes.

No entanto, casos esporádicos são identificados regularmente.

A China registou nos últimos dias algumas dezenas de casos de covid-19, todos vinculados a um casal de idosos que participou de uma viagem organizada.

De Xangai, seguiram para a antiga capital Xi'an, no noroeste do país e, a seguir, para a província de Gansu e para a Mongólia Interior, no Norte.

Em resposta, as autoridades locais fecharam locais turísticos, escolas e locais de entretenimento. Eles também impuseram bloqueios a certos bairros e ordenaram a realização de testes em massa.

Os aeroportos das regiões afectadas cancelaram centenas de voos, de acordo com o site especializado VariFlight.

Cerca de 60% das partidas programadas para os aeroportos de Xi'an e Lanzhou, que têm uma população de cerca de quatro milhões, foram canceladas. Lanzhou, a capital de Gansu, também aconselhou os seus habitantes a não deixarem a cidade.

A Comissão de Saúde da China relatou hoje 13 novos casos de covid-19 em todo o país.

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Ásia & Pacífico

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Meliá inaugura “um santuário de luxo e bem-estar na Tailândia”

25-11-2021 (17h00)

O Meliá Phuket Mai Khao é a mais recente unidade hoteleira do grupo Meliá Hotels International, que a descreve como “um santuário de luxo e bem-estar na Tailândia”, para quem procura estar em contacto com a natureza “numa das praias mais tranquilas da zona Norte da ilha”.

Nova Zelândia anuncia fim de confinamento em Auckland e da política de casos-zero

22-11-2021 (15h14)

A Nova Zelândia vai acabar com o confinamento de três meses e meio na maior cidade do país, Auckland, no início de Dezembro, e da política de "casos-zero" para combater o novo coronavírus, disse hoje a primeira-ministra.

Primeiro medicamento chinês contra o coronavírus deve ser aprovado em Dezembro

16-11-2021 (16h14)

A China deve aprovar, no próximo mês, o primeiro medicamento contra a covid-19 desenvolvido por uma farmacêutica chinesa e baseado no uso de anticorpos monoclonais, capazes de neutralizar o vírus.

Mais de três quartos da população da China totalmente vacinada

08-11-2021 (13h53)

Mais de três quartos da população da China já está totalmente inoculada contra a covid-19, de acordo com dados oficiais divulgados pela Comissão Nacional de Saúde.

China detecta 89 casos nas últimas 24 horas

08-11-2021 (12h36)

A China detetou 89 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, 65 por contágio local e os restantes oriundos do estrangeiro, anunciaram as autoridades de saúde do país.

Opinião e Análise