spot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Maioria dos clientes da Iberia afectados pela greve foi recolocada noutros voos

A Iberia anunciou hoje que 80,2% dos seus clientes afectados pela greve dos trabalhadores de handling, marcada para os dias 5 a 8 de Janeiro, foram recolocados noutros voos, e 10,7% solicitaram reembolso.

A companhia aérea especifica em comunicado que foram atribuídos novos voos para 36.621 clientes (80,2%) e “foram atendidos positivamente os pedidos de 4.900 passageiros (10,7%) que preferiram solicitar o reembolso das suas passagens para evitar os transtornos decorrentes da greve”.

Para os cerca de 4.100 passageiros sem solução, a Iberia sublinha que está a trabalhar para os recolocar noutros voos “conforme as possibilidades, tendo em conta a complexidade das datas, logo a seguir ao Natal, e a elevada taxa de ocupação dos voos”.

Após o anúncio da greve, a Iberia cancelou 444 voos, a maioria deles domésticos e europeus. Os cancelamentos incluem 270 voos da Iberia (24% da operação da companhia), 64 voos da Iberia Express (12%) e 110 voos da Air Nostrum (28%). Clique para ler: Iberia cancela 444 voos devido a greve dos trabalhadores de handling.

A mera convocação da greve causou “danos muito significativos, especialmente a milhares de viajantes, mas também a mais de 90 companhias aéreas, incluindo a própria Iberia e todo o Grupo IAG, que foram obrigados a cancelar centenas de voos”, afirmou Juan Cierco, director corporativo da Iberia, citado no comunicado.

Os trabalhadores de handling da Iberia Airport Services estão em protesto contra a decisão da Iberia de rejeitar fazer ‘autohandling’ nos oito aeroportos onde perdeu a concessão no último concurso da AENA. Para saber mais clique: Trabalhadores de handling da Iberia estarão em greve de 5 a 8 de Janeiro.

Os clientes afectados podem solicitar alterações no website da Iberia, nas agências de viagens onde compraram os bilhetes ou através do call center da companhia aérea, que teve um reforço de pessoal, mas ainda assim poderá ter “mais tempo de espera que o habitual”.

A Iberia pede a todos os passageiros, dados os previsíveis problemas que ocorrerão nos aeroportos devido à greve, que façam o check-in antecipadamente através do website e que cheguem aos aeroportos com mais antecedência do que o habitual.

Para aceder ao website da Iberia clique aqui.

- Publicidade-
- Publicidade -spot_img