spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

IHG adiciona Iberostar às suas marcas para expandir oferta em destinos de praia

O InterContinental Hotels Group (IHG) adicionou a Iberostar Hotels & Resorts ao seu inventário de marcas através de um acordo a 30 anos que permitirá a comercialização de 70 hotéis da cadeia espanhola em destinos de praia.

Através do acordo, que tem opção de renovação por mais 20 anos, o IHG vai adicionar aos seus sistemas de vendas 24.300 quartos da Iberostar sob a marca Iberostar Beachfront Resorts, que assim se torna a 18ª marca do IHG.

A marca Iberostar Beachfront Resorts será incluída numa nova categoria de Parceiros Exclusivos no inventário de marcas do IHG, que ficará lado a lado com as suas categorias Suites, Essentials, Premium e Luxury & Lifestyle.

Trata-se de um acordo comercial, sem alterações de participações nas empresas, mas o IHG vai cobrar taxas de marketing, distribuição e tecnologia à Iberostar.

“Este acordo aumenta o sistema do IHG até 3%, o que ajuda a cumprir as nossas ambições de crescimento”, afirmou o CEO do IHG, Keith Barr, citado no comunicado.

Para Miguel Fluxá, presidente do Grupo Iberostar, o acordo permitirá à Iberostar beneficiar “da tecnologia líder do sector, deep skills e escala global do IHG”.

E acrescenta: “manter 100% de propriedade da Iberostar permite-nos continuar a gerar diferenciação na indústria hoteleira com uma visão de longo prazo para os nossos funcionários, clientes, operadores turísticos, parceiros de distribuição e comunidades locais que nos foram leais durante todos estes anos”.

“Continuaremos fiéis a quem somos, preservando as nossas filosofias e valores de qualidade e sustentabilidade”, garante Miguel Fluxá.

70 hotéis, todos na praia

Os primeiros hotéis a juntarem-se ao sistema já em Dezembro serão unidades no México, na República Dominicana, na Jamaica, no Brasil e nas Ilhas Canárias, em Espanha.

Outros hotéis em Espanha e noutros destinos do Sul da Europa e do Norte de África serão adicionados ao sistema do IHG ao longo de 2023 e 2024.

Os hotéis urbanos e os hotéis localizados em Cuba não estão incluídos no acordo.

Existem mais seis propriedades Iberostar em pipeline, com cerca de 3 mil quartos, que também deverão ser adicionadas ao pipeline do IHG.

A divisão geográfica aproximada das receitas dos 70 hotéis em 2019 foi de 22% no México, 13% na República Dominicana, 8% na Jamaica, 5% no Brasil, 40% em Espanha e 12% noutras localizações da região EMEA.

A receita bruta total dos 70 hotéis foi de aproximadamente 1,3 mil milhões de dólares em 2019, o equivale a um aumento de 4% na receita bruta total do IHG, que foi de 27,9 mil milhões em 2019.

Com o investimento na integração, o IHG espera que o impacto líquido no seu lucro operacional dos segmentos reportáveis seja “modestamente negativo” em 2022 e 2023, tornando-se positivo em 2024 “antes de aumentar significativamente a partir de 2025”.

O comunicado do IHG destaca que os clientes do grupo terão oportunidade de reservar no seus sistemas hotéis como Iberostar Grand Paraíso, na Riviera Maya, México, Iberostar Selection Hacienda Domenicus, em Bayahibe, na República Dominicana, Iberostar Grande Rose Hall, em Montego Bay, Jamaica, e Iberostar Selection Anthelia, em Tenerife, Espanha.

Estes hotéis da Iberostar juntam-se aos 260 resorts que o IHG já comercializa sob marcas como Six Senses, Regent, InterContinental, Kimpton, Hotel Indigo, Crowne Plaza, Holiday Inn e Holiday Inn Club Vacations.

O IHG destaca que tem menos de 20 resorts nos países onde estão localizados os 70 hotéis da Iberostar que vai adicionar ao seu sistema, pelo que o acordo “aumenta significativamente a presença do IHG”.

Além de ficarem disponíveis na plataforma empresarial e nos canais de distribuição do IHG, os hotéis Iberostar também serão comercializados através do programa de fidelização IHG One Rewards, que tem mais de 100 milhões de membros.

“Estamos realmente ansiosos por receber os membros do programa de fidelização do IHG na nossa colecção de resorts premium e luxuosos à beira-mar e propriedades tudo incluído”, afirmou Sabina Fluxá, vice-chairman e CEO da Iberostar.

O IHG, por sua vez, prevê aumentar o reconhecimento das suas marcas actuais e responder a “um desejo claro de hóspedes e membros do programa de fidelização por mais destinos de resort e opções de alojamento com tudo incluído”.

O comunicado sublinha que tem vindo a aumentar a procura por resorts e estadas em regime de tudo incluído “particularmente pós-covid”.

Além da comercialização, o acordo também prevê “iniciativas conjuntas de sustentabilidade” juntando os programas “Wave of Change” da Iberostar e “Journey to Tomorrow” do IHG.

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img