spot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Iberia bate recorde de lugares em voos entre a Europa e a América Latina

A Iberia aumentou o número de lugares disponíveis nos seus voos entre a Europa e a América Latina, atingindo um novo recorde, 16,4% acima do ano passado e 20% superior a 2019, pré-pandemia.

Ao longo deste ano, a companhia aérea espanhola terá mais de 5,3 milhões de lugares em voos entre a Europa e a América Latina. Em 2023, a operação da Iberia nestas rotas ascendeu a cerca de 4,6 milhões de lugares.

A Iberia vai operar mais de 320 voos por semana entre a Europa e a América Latina, um número “muito superior” aos 280 voos semanais operados no Verão passado e aos 300 operados no Natal, de acordo com um comunicado.

Além do aumento de frequências para alguns dos 16 países da América Latina para onde voa, a Iberia também vai operar mais ligações com aeronaves Airbus A350, os maiores e mais eficientes aviões da sua frota.

Brasil entre os países com maiores aumentos

A Argentina, o Brasil, a República Dominicana e Porto Rico serão os países com maiores aumentos de capacidade em voos da Iberia este ano.

As ligações entre Espanha e Argentina vão chegar aos três voos diários no final do ano, o que representa um crescimento de 50% em relação ao Inverno de 2023. No Verão, a Iberia aumentou o número de voos de 14 para 17 semanais.

Para o Brasil, a companhia aérea anunciou um aumento do número de voos para São Paulo, que começou em Abril, de sete para 10 frequências semanais, continua de Junho a Setembro com 11 voos por semana, e chegará aos 14 voos semanais a partir de Outubro. A Iberia também voa para o Rio de Janeiro, com seis voos por semana a partir deste mês de Junho.

Na Colômbia, após um aumento para três voos diários no último Inverno, a rota entre Bogotá e Madrid terá 21 voos por semana ao longo do ano, que é a mesma capacidade operada pela Iberia de e para o México.

A transportadora espanhola do IAG também destaca que vai voar 13 vezes por semana para o Peru, diariamente para Montevideu, no Uruguai, e cinco vezes por semana para Caracas, na Venezuela.

Para Santiago do Chile, a Iberia terá um voo adicional entre Junho e Setembro, chegando às 11 frequências semanais neste período. No resto do ano, a companhia mantém os 10 voos por semana. O Equador terá a mesma capacidade, distribuída entre Quito, com voo diário, e Guayaquil, com três frequências semanais.

Nas Caraíbas, a República Dominicana, para onde a Iberia iniciou o ano com nove frequências semanais em Janeiro e 10 em Fevereiro, terá um novo aumento, passando para oito frequências em Novembro e 10 em Dezembro.

A companhia aérea anunciou ainda “um aumento significativo” para Porto Rico, com sete frequências semanais durante a maioria dos meses do ano, quando em 2023, a operação contou entre quatro e cinco voos por semana.

Para Havana, em Cuba, a Iberia terá três frequências semanais.

Na América Central, a companhia aérea espanhola destaca as rotas entre Madrid e Costa Rica, Guatemala e El Salvador com voos diários, enquanto o Panamá terá quatro frequências semanais.

Para mais notícias clique: Empresas&Negócios

Para aceder ao site da Iberia clique aqui.

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img