Pedro Nuno Santos realça “importância crítica” da TAP para o país

13-10-2021 (12h13)

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas e Habitação
Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas e Habitação

O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, calculou em mil milhões de euros o valor líquido (descontando as compras) de vendas da TAP ao exterior, comentando que “isto é de uma importância crítica para um país que não se pode dar ao luxo de perder empresas exportadoras”.

“A TAP é um dos maiores instrumentos de desenvolvimento económico nacional”, começou por dizer o governante na conferência Air Summit, segundo declarações transmitidas pela RTP.

Pedro Nuno Santos defendeu que a transportadora “tem que ser avaliada pelo contributo vasto que dá a toda a economia nacional”, e não apenas “de forma isolada e analisada em função do resultado líquido do exercício anual”.

A companhia aérea é “uma das três empresas que mais contribuem para as exportações em Portugal. São 3.000 milhões de euros de exportações que são responsabilidade da TAP”, continuou o ministro, realçando que “as exportações são mesmo o maior desafio nacional”.

“Nós calculamos que, destes 3.000 milhões de euros de exportações, 1.000 milhões de euros sejam exportações líquidas. Isto é de uma importância crítica para um país que não se pode dar ao luxo de perder empresas exportadoras”, frisou o governante.

Além das exportações, Pedro Nuno Santos destacou ainda que a companhia aérea “compra 1.300 milhões de euros a empresas nacionais”.

 

Clique para ver mais: TAP

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Airmet junta 150 pessoas na celebração do seu 15º aniversário em Lisboa

20-10-2021 (16h08)

A Airmet assinalou o seu 15º aniversário com um evento em Lisboa, onde juntou 150 pessoas, e tem novo encontro marcado para esta sexta-feira, dia 22, no Porto.

Pandemia atira novos projectos da Hoti Hotéis para 2028

20-10-2021 (15h29)

A Hoti Hotéis concentrou os seus esforços durante a pandemia em renovações das unidades hoteleiras, conseguindo subidas de preço médio, mas viu-se obrigada a adiar a abertura de novos hotéis, que, segundo o CEO do Grupo, aguardam a “reabertura gradual do mercado de financiamento”.

Venezuela restringe voos internacionais por tempo indeterminado

20-10-2021 (15h25)

As autoridades venezuelanas prolongaram, por tempo indeterminado, as restrições às operações aéreas internacionais em vigor no país, devido à quarentena preventiva da covid-19.

Porto emite em 2020 o dobro das licenças de esplanada atribuídas em 2019

20-10-2021 (15h17)

A Cidade Invicta licenciou 537 esplanadas em 2020, um número que mais do que duplicou face a 2019, ano em que registavam 223 esplanadas licenciadas.

Marrocos suspende voos de/para Alemanha, Reino Unido e Países Baixos

20-10-2021 (14h53)

As autoridades marroquinas decidiram suspender, a partir da meia-noite de hoje, os voos de e para a Alemanha, Países Baixos e Reino Unido devido à evolução da situação da covid-19 nestes três países.

Opinião e Análise