Nova consultora de Liliana Conde quer ajudar a responder ao desafio do capital humano na hotelaria

25-11-2021 (14h23)

Após 35 anos de carreira em hotéis, 16 deles como directora, Liliana Conde formou-se em coaching, mentoring e gestão de felicidade nas empresas, e acaba de lançar uma consultora para colocar esse conhecimento ao serviço das empresas. Uma das vertentes, disse ao PressTUR, é elevar a formação e satisfação dos trabalhadores, que são “a chave” para a melhoria dos resultados.

Em entrevista ao PressTUR, Liliana Conde lembrou que as empresas de serviços, incluindo a hotelaria, enfrentam um problema de escassez de recursos humanos e reconheceu que o problema é complexo e tem várias causas que ultrapassam a actuação das empresas, “como a legislação laboral, a lei da imigração e a coordenação com entidades ligadas a pessoas com deficiência, entre outras”.

Mas há coisas que os empresários podem fazer para segurar os trabalhadores que têm e captarem novos, e é nesse campo que Liliana Conde quer “fazer parte da solução” com a sua nova consultora LC - Gestão Hoteleira e Serviço de Excelência.

“A chave está nas pessoas, sobretudo na área dos serviços, onde são pessoas a servir pessoas”, defende Liliana Conde. É preciso motivar os trabalhadores, porque “pessoas motivadas são pessoas produtivas e são as pessoas produtivas que tornam as empresas rentáveis e sustentáveis”.

As empresas têm que questionar o que estão a fazer para manter os trabalhadores e para captar novos, argumentou a consultora, defendendo que “os colaboradores devem ser vistos como os clientes”.

“Há muita gente que abandonou a hotelaria” e isso é suficiente para perceber que “é muito importante haver uma mudança de atitude”, frisou.

Na sua opinião, as empresas têm que respeitar os seus trabalhadores, porque são eles “que vão cuidar dos clientes”, e a origem desta posição está relacionada com a sua paixão pela hotelaria, que começou em criança.

Liliana Conde disse ao PressTUR que ainda hoje segue “o brilho” que a fez apaixonar-se pela hotelaria. “O meu pai levou-me a tomar chá no Caesar Park Penha Longa e fiquei apaixonada pelo brilho e pelo requinte. Percebi logo que queria trabalhar numa coisa assim. Ainda hoje sigo esse brilho, mas sei que para esse brilho acontecer são necessários os verdadeiros heróis, que são todas as pessoas desde o bagageiro, o copeiro, o cozinheiro, os directores e os administradores. É este trabalho de equipa que torna possível o sonho. E é a pensar nestas pessoas que existe este projecto”.

Liliana Conde afirmou que “esta é a melhor altura para lançar o projecto, pela conjuntura a nível global e especialmente no nosso país onde há uma grande escassez de recursos humanos. É o momento de repensarmos o que queremos para o nosso futuro, decidir que tipo de empresas e que tipo de lideranças queremos ter”, sublinhou.

Com a sua nova empresa de consultoria, lançada esta quarta-feira em Lisboa, Liliana Conde pretende trabalhar com “empreendedores de serviços, da hotelaria, do turismo e da restauração, mas também com directores gerais que queiram melhorar o clima dentro das suas organizações, subir o nível de engagement das pessoas e o nível de satisfação dos colaboradores”.

Além da formação e gestão de pessoas, a LC presta serviços em mais dois eixos: na abertura de novos hotéis ou lançamento de novos serviços e na gestão hoteleira.

“É um bocadinho chave na mão e fato à medida”, resumiu Liliana Conde. Por exemplo, um empresário de fora da hotelaria que queira abrir um hotel pode recorrer aos seus serviços, assim como um proprietário de um turismo rural que queira saber o sistema informático mais adequado às suas necessidades, ou um empresário à procura de um director-geral para o seu hotel.

A LC - Gestão Hoteleira e Serviço de Excelência foi apresentada esta quarta-feira em Lisboa, no hotel Palácio do Governador.

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Quem é Quem

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Soltrópico volta a apresentar produto regular com PVP comissionável

26-11-2021 (17h42)

A Soltrópico passou a apresentar toda a sua oferta, charter e regular, com PVP comissionável, remunerando as agências de viagens consoante uma percentagem de comissão acordada, depois de em Abril deste ano ter feito uma alteração que permitia às agências “escolher a sua rentabilidade” no produto regular.

Turismo de Portugal junta-se às autarquias para formar 75 mil profissionais do sector

26-11-2021 (16h58)

O Turismo de Portugal lançou um novo programa em parceria com as autarquias, o “Formação + Próxima”, com o qual pretende capacitar 75.000 profissionais do sector em três anos, de forma gratuita e adaptada às necessidades locais de cada autarquia portuguesa.

CTP preocupada com controlo de testes caso a caso nos aeroportos

26-11-2021 (16h49)

O presidente da Confederação do Turismo de Portugal (CTP) manifestou-se hoje preocupado com a medida que obriga as companhias aéreas a controlarem caso a caso os testes à covid-19, nomeadamente em alturas de maior movimento nos aeroportos.

Hub and Spoke

26-11-2021 (16h26)

Poucas decisões são tão impactantes para o resultado de uma companhia aérea como as relativas à sua estrutura de rede (network structure). Mesmo que tudo o resto esteja equilibrado e bem estruturado - a organização operacional, a estrutura de capitais, a política comercial, etc. - as decisões sobre como e para onde voam podem, por si só, determinar o grau de sucesso e consequente futuro dessa companhia aérea. Essas são decisões sobre a frota, as rotas, os horários e a arquitetura do sistema em que se organizam essas rotas e horários.

Companhias aéreas consideram "intolerável" aumento das multas para 20 mil euros em Portugal

26-11-2021 (15h44)

A Associação das Companhias Aéreas em Portugal (RENA) disse à Lusa que considera “intolerável” o aumento para 20 mil euros das multas em que as companhias aéreas incorrem a partir de 1 de Dezembro caso transportem passageiros sem teste negativo à covid-19.

Opinião e Análise