Vila Galé prepara-se para ficar com o antigo Sheraton Reserva do Paiva

26-11-2021 (12h01)

Imagem: Sheraton Reserva do Paiva
Imagem: Sheraton Reserva do Paiva

A Vila Galé está a trabalhar para acrescentar à sua rede mais um hotel no estado brasileiro do Pernambuco, no edifício onde até ao ano passado funcionou o Sheraton Reserva do Paiva, cuja construção foi impulsionada pela Promovalor do ex-presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira.

“Nós já avançámos com muito trabalho de preparação e penso que vai dar certo. Mas, não está 100% garantido, porque só estará no dia em que o banco nos disser que está resolvido”, disse o presidente da Vila Galé, Jorge Rebelo de Almeida ao “Jornal do Commercio” de Pernambuco.

A notícia indica que o banco em questão é o Novo Banco, que entrou no financiamento do empreendimento.

Jorge Rebelo de Almeida, ainda segundo o “JC”, indicou que a proposta do grupo hoteleiro já foi aprovada por entidades consultadas pela instituição bancária.

O hotel da Reserva do Paiva abriu em 2014, com um investimento de 280 milhões de reais do grupo Promovalor, de Luís Filipe Vieira, e operou com a marca Sheraton até meados de 2020, quando a Marriott anunciou o encerramento da operação (clique para ler: Sheraton do presidente do Benfica já opera em soft opening / Hotel do presidente do Benfica no Brasil abandonado pela Marriott).

A hotel dispõe de 298 quartos, incluindo 18 suites e, segundo indicava uma comunicado de 2014, na altura da sua inauguração, tinha uma das maiores suites presidenciais da região, com 120 metros quadrados.

A sua oferta inclui ainda um Spa e mais de 1.500 metros quadrados de espaço para eventos, com capacidade para mais de 2.000 pessoas.

A unidade hoteleira encontra-se no litoral Sul do estado brasileiro de Pernambuco, a cerca de 30 minutos do centro do Recife e a 14 km do Aeroporto Internacional dos Guararapes.

Se o projecto avançar será o segundo resort do grupo no estado do Pernambuco, depois do Vila Galé Eco Resort do Cabo, em Cabo de Santo Agostinho.

Na celebração dos 20 anos da Vila Galé no Brasil no passado dia 20, Jorge Rebelo de Almeida anunciou que a empresa vai continuar a investir no país, com novos hotéis em Alagoas, Salvador e Cumbuco, e uma nova oportunidade para se estrear em Minas Gerais (clique para ler: Minas Gerais na mira da Vila Galé para continuar a crescer no Brasil).

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Brasil

Clique para ver mais: Vila Galé

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

ADHP promove Curso de Especialização em Direcção Hoteleira

14-01-2022 (11h59)

A Associação dos Directores de Hotéis de Portugal (ADHP) vai promover a próxima edição do Curso de Especialização em Direcção Hoteleira (CEDH), entre 2 de Fevereiro e 31 de Maio de 2022, actualizando o conteúdo com cinco novos módulos.

AHRESP quer que empresas fiquem livres de encargos do apoio excecional à família

13-01-2022 (13h46)

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) defendeu hoje que o apoio excepcional à família, no âmbito da covid-19, seja tratado entre os trabalhadores e a Segurança Social, ficando as empresas livres de encargos financeiros e administrativos.

38 crianças estão em quarentena em unidade hoteleira em Macau

13-01-2022 (13h19)

Quase 40 crianças de uma creche de Macau foram hoje colocadas em quarentena compulsória em quartos de hotel depois de um funcionário daquela instituição ter estado num banquete na China onde uma pessoa testou positivo para a covid-19.

Hotel em Porto Santo recebe militares infectados da Corveta António Enes

13-01-2022 (13h10)

Quarenta e um militares infectados com covid-19 a bordo da Corveta António Enes, ancorado em Porto Santo, estão hoje a ser retirados do navio, seguindo para uma unidade hoteleira onde vão continuar o isolamento.

Primeiro hotel Mama Shelter da Península Ibérica inaugurado hoje em Lisboa

12-01-2022 (16h36)

O Mama Shelter Lisboa é, a partir de hoje, a primeira unidade hoteleira da marca francesa na Península Ibérica, com 130 quartos num edifício de oito andares entre o Príncipe Real e a Avenida da Liberdade.

Opinião e Análise