Sonhando faz balanço positivo da 6ª operação para Timor-Leste, apesar de um cancelamento “lamentável”

07-09-2021 (13h47)

Imagem: euroAtlantic
Imagem: euroAtlantic

O director-geral do operador turístico Sonhando, do grupo euroAtlantic, disse ao PressTUR que a sexta operação de voos entre Portugal e Timor-Leste foi positiva, mas teve um “lamentável” cancelamento de um grupo de 74 professores portugueses.

O cancelamento da reserva da Escola Portuguesa de Timor, segundo José Manuel Anuntes, levou a que os 74 professores portugueses demorassem “três dias a chegar a Díli” em voos de companhias aéreas regulares.

“Fizeram 18 horas de escalas em aeroportos, o que aumenta o risco sanitário, viajaram com apenas 23kg de bagagem por pessoa para uma estadia de dez meses em Timor, e alguns deles ainda não receberam as malas”, disse o director da Sonhando, considerando “lamentável” a situação em que foram colocados.

A operação da euroAtlantic entre Lisboa e Díli, segundo José Manuel Antunes, tem apenas uma escala de 1h30 no Dubai e permite o transporte 46kg de bagagem por pessoa.

O sexto voo para Díli operado pela companhia portuguesa desde o início da pandemia partiu de Lisboa esta segunda-feira, dia 6, com 68 volumes com dispositivos médicos, 12 dos quais com vacinas contra a covid-19 e materiais de laboratório doados pelo departamento de Física do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, para a Escola CAFE de Díli.

O voo de regresso de Díli para Lisboa está marcado para esta quarta-feira, dia 8, e apesar do cancelamento do grupo de professores, “o balanço da operação é positivo, com 200 passageiros no total”, afirmou José Manuel Antunes.

O executivo indicou que “já ultrapassam largamente o milhar, as pessoas que têm beneficiado deste serviço”, que “tem sido o principal elo de ligação de Timor-Leste com o Ocidente durante estes 16 meses de pandemia”.

Os voos permitiram o repatriamento de muitos timorenses, incluindo dezenas de médicos que terminaram as suas especializações em Cuba, no Brasil e na Coreia do Sul, muitos dos quais residentes em países como o Reino Unido, a Irlanda, Holanda, Grécia, França, Espanha, Itália, EUA, Chile, Cuba e Brasil.

Os voos também têm transportado religiosos, juristas, estudantes, professores, militares e outros profissionais no âmbito dos acordos entre Portugal e Timor-Leste, além de grandes quantidades de livros para o Projeto CAFE, vacinas contra a covid-19, medicamentos e outros materiais  que foram sendo solicitados.

A sétima operação para Timor-Leste com a euroAtlantic já está marcada. A partida de Lisboa é a 12 de Dezembro e o regresso de Díli é dois dias depois, a 14.

 

Clique para ver mais: Sonhando

Clique para ver mais: euroAtlantic

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Venezuela restringe voos internacionais por tempo indeterminado

20-10-2021 (15h25)

As autoridades venezuelanas prolongaram, por tempo indeterminado, as restrições às operações aéreas internacionais em vigor no país, devido à quarentena preventiva da covid-19.

Marrocos suspende voos de/para Alemanha, Reino Unido e Países Baixos

20-10-2021 (14h53)

As autoridades marroquinas decidiram suspender, a partir da meia-noite de hoje, os voos de e para a Alemanha, Países Baixos e Reino Unido devido à evolução da situação da covid-19 nestes três países.

Presidente angolano exonera administração da TAAG

20-10-2021 (14h28)

O Presidente angolano, João Lourenço, exonerou hoje o conselho de administração da companhia aérea de bandeira, TAAG, fundamentando a decisão com a necessidade de concretizar o plano de restruturação da empresa e os seus objectivos estratégicos.

Agências IATA portuguesas reduzem quebra da venda de voos pela pandemia para cerca de metade

20-10-2021 (12h56)

As agências de viagens IATA portuguesas, que nos primeiros meses do ano tiveram quebras da venda de voos em BSP (do inglês para Billing and Settlement Plan) da IATA face aos meses pré-pandemia acima dos 80%, em Setembro reduziram esse diferencial para 44,4%.

Vendas BSP este ano ultrapassam pela primeira vez o total homólogo de 2020

20-10-2021 (12h55)

As vendas BSP das agências IATA portuguesas atingiram em Setembro o total de 207,86 milhões de euros, superando pela primeira vez o total acumulado do período homólogo de 2020, ainda que em relação a 2019 a quebra ultrapasse os 500 milhões de euros.

Opinião e Análise