Iberia planeia quatro rotas regulares de/para Portugal este Verão

15-04-2021 (19h47)

Foto: Iberia
Foto: Iberia

A Iberia anunciou ao mercado a sua programação para este Verão, que inclui 112 rotas, quatro delas ligações regulares de e para Portugal e uma operação charter para Porto Santo.

A companhia aérea tem programado para este Verão voar de Madrid para Lisboa, Porto, Faro e Funchal.

Além dos voos regulares, a companhia aérea também vai operar os voos charter de Lisboa e do Porto para Porto Santo, contratados pela Agência Abreu e pela Nortravel (clique para ler: Abreu anuncia voos charter para Porto Santo com a Iberia e Nortravel anuncia operação charter para Porto Santo com a Iberia durante o Verão).

A Iberia vai contar 24 rotas de longo curso e 88 de curto e médio curso, operadas pelas companhias Iberia, Iberia Express e Iberia Regional/Air Nostrum.

Para os Estados Unidos, às rotas para Nova Iorque e Miami, a Iberia vai acrescentar, nos meses de Verão, voos para Boston, Chicago e Los Angeles, destinos que operava antes da pandemia.

Na América Latina, a partir de Maio, a companhia vai voar para Guayaquil, no Equador, e, a partir de Julho, para Cali, na Colômbia, e San Juan de Puerto Rico. A Iberia prevê voar para 18 destinos a partir de Madrid, incluindo a Venezuela, para onde ainda aguarda autorização para realizar a ligação com Caracas.

A companhia também aguarda autorização para realizar voos directos para as Maldivas, à saída de Madrid, com duas frequências semanais em Julho e Agosto.

Na Europa, a Iberia, Iberia Express e Iberia Regional/Air Nostrum, vão voar para quatro destinos na Croácia, Dubrovnik, Split, Zadar e Zagreb.

Às rotas de Bolona, Florença, Milão e Veneza, em Itália, acrescem, nos meses de Verão, Bari, Cagliari, Catania, Olbia e Palermo com a Iberia e a Iberia Express.

Na operação da Iberia para a Grécia, à rota de Atenas, acrescem os destinos de praia de Heraklion, em Creta, Mykonos, Santorini, e a nova rota para Cefalónia, com a Iberia Express.

A partir de Junho, a Iberia vai retomar os voos para Bergen e Oslo, na Noruega, Budapeste, na Hungria, e Praga, na República Checa, enquanto que a Iberia Express vai voltar a voar para Edimburgo, na Escócia, e Manchester, em Inglaterra. No mês seguinte, a Iberia Express volta a voar para a Reiquiavique, na Islândia.

A Iberia Regional/Air Nostrum vai voltar a voar para os destinos marroquinos de Casablanca, Marraquexe e Tânger quando o país reabrir fronteiras, e para Argel, na Argélia, a partir de Junho.

A Iberia Express vai retomar as ligações para as Ilhas Canárias e Baleares em Julho e Agosto com a mesma capacidade que tinha em 2019, com 507.000 lugares para as Canárias e 276.000 para as Baleares. A Iberia Regional/Air Nostrum também recupera a oferta de 2019 para as ilhas.

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Air France aumenta oferta para Portugal “em quase 25%” face ao Verão de 2019

15-06-2021 (15h21)

A Air France vai concentrar a sua oferta de voos na Europa em destinos de lazer como Portugal, para onde prevê aumentar a oferta “em quase 25%” face a 2019, e Grécia, para onde planeia aumentar a oferta “em quase 80%”.

Azores Airlines cancela 10 ligações a Toronto e reduz oferta para Frankfurt

15-06-2021 (14h49)

A Azores Airlines, do Grupo SATA, anunciou que em Junho e Julho vai cancelar 10 ligações aéreas entre Toronto e as ilhas de São Miguel e Terceira, e reduzir o número de voos semanais para Frankfurt.

Emirates revela quebra de receitas em 66% devido à pandemia de covid-19

15-06-2021 (13h09)

A Emirates, maior companhia do mundo em tráfego internacional de passageiros, revelou que no exercício 2020/21 teve uma quebra das receitas de passagens em 66% ou 8,4 mil milhões de dólares, que atribui ao impacto da pandemia de covid-19 a partir de Março do ano passado, que lhe reduziu o número de passageiros de 56,2 milhões para 6,6 milhões.

Grupo Lufthansa quer atingir 75% de bilhetes vendidos directamente

15-06-2021 (12h25)

O Grupo Lufthansa, que foi pioneiro na aplicação de sobretaxas às vendas de bilhetes através dos sistemas globais de reservas (GDS), pondo em causa o modelo de negócios dominante nas agências, anunciou agora pretender atingir 75% das vendas por canais próprios até 2024.

Grupo Lufthansa vai fechar SunExpress Deutschland e voos de passageiros da Germanwings

15-06-2021 (12h09)

O Grupo Lufthansa, que quer emergir ‘mais magro’ desta crise provocada pela pandemia de covid-19, indicou hoje que entre as medidas que vai adoptar estão fechar a SunExpress Deutschland, subsidiária com o mesmo nome da joint-venture com a Turkish, e descontinuar os voos de passageiros da Germanwings, bem como fechar “múltiplas outras bases e localizações”.

Opinião e Análise