Hi Fly testa tecnologia aeroespacial de redução do consumo de combustível

08-06-2021 (13h38)

Foto: G. Fraysse/Airbus
Foto: G. Fraysse/Airbus

A companhia aérea portuguesa Hi Fly vai testar as wingtips Trinitair, o primeiro projecto desenhado pela The Aircraft Performance Company (The APC), que através de uma melhoria na aerodinâmica vão permitir uma redução de cerca de 2% no consumo de combustível.

De acordo com o comunicado da Hi Fly, estas wingtips (pontas de asa) seguem o conceito "plug & fly", cuja instalação demora cerca de um dia para ficarem operacionais. O primeiro voo com esta tecnologia vai ser realizado num A330 da companhia portuguesa.

As Trinitair permitem melhorias na performance, no desgaste do motor, na distância percorrida, e no aumento da capacidade de carga, além da redução do consumo de combustível, que resulta em menos emissões de CO2 e NOX.

O director da The APC, Harald Zirngibl, citado no comunicado da Hi Fly, exemplificou que no caso de um voo entre Frankfurt e Hong Kong a poupança de combustível está na ordem das 1,2 toneladas.

"Aplicado ao tráfego global aéreo, isto significa uma redução geral considerável em combustível e, desta forma, em emissões de CO2", concluiu.

A Trinitair é um projecto apoiado pela Hi Fly e o seu principal parceiro na área da sustentabiliade, a Mirpuri Foundation, uma organização sem fins lucrativos criada por Paulo Mirpuri, presidente da companhia aérea portuguesa.

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Air France aumenta oferta para Portugal “em quase 25%” face ao Verão de 2019

15-06-2021 (15h21)

A Air France vai concentrar a sua oferta de voos na Europa em destinos de lazer como Portugal, para onde prevê aumentar a oferta “em quase 25%” face a 2019, e Grécia, para onde planeia aumentar a oferta “em quase 80%”.

Azores Airlines cancela 10 ligações a Toronto e reduz oferta para Frankfurt

15-06-2021 (14h49)

A Azores Airlines, do Grupo SATA, anunciou que em Junho e Julho vai cancelar 10 ligações aéreas entre Toronto e as ilhas de São Miguel e Terceira, e reduzir o número de voos semanais para Frankfurt.

Emirates revela quebra de receitas em 66% devido à pandemia de covid-19

15-06-2021 (13h09)

A Emirates, maior companhia do mundo em tráfego internacional de passageiros, revelou que no exercício 2020/21 teve uma quebra das receitas de passagens em 66% ou 8,4 mil milhões de dólares, que atribui ao impacto da pandemia de covid-19 a partir de Março do ano passado, que lhe reduziu o número de passageiros de 56,2 milhões para 6,6 milhões.

Grupo Lufthansa quer atingir 75% de bilhetes vendidos directamente

15-06-2021 (12h25)

O Grupo Lufthansa, que foi pioneiro na aplicação de sobretaxas às vendas de bilhetes através dos sistemas globais de reservas (GDS), pondo em causa o modelo de negócios dominante nas agências, anunciou agora pretender atingir 75% das vendas por canais próprios até 2024.

Grupo Lufthansa vai fechar SunExpress Deutschland e voos de passageiros da Germanwings

15-06-2021 (12h09)

O Grupo Lufthansa, que quer emergir ‘mais magro’ desta crise provocada pela pandemia de covid-19, indicou hoje que entre as medidas que vai adoptar estão fechar a SunExpress Deutschland, subsidiária com o mesmo nome da joint-venture com a Turkish, e descontinuar os voos de passageiros da Germanwings, bem como fechar “múltiplas outras bases e localizações”.

Opinião e Análise