Grupo Lufthansa quer atingir 75% de bilhetes vendidos directamente

15-06-2021 (12h25)

Foto: Lufthansa
Foto: Lufthansa

O Grupo Lufthansa, que foi pioneiro na aplicação de sobretaxas às vendas de bilhetes através dos sistemas globais de reservas (GDS), pondo em causa o modelo de negócios dominante nas agências, anunciou agora pretender atingir 75% das vendas por canais próprios até 2024.

Em informação aos mercados sobre as suas apostas para a recuperação após a pandemia de covid-19, o Grupo Lufthansa, que inclui a companhia alemã do mesmo nome, a Swiss, a Austrian, a Brussels e a Eurowings, indicou que em 2019 os seus canais próprios já asseguravam 50% das vendas e que até 2024 pretende ampliar essa ‘fatia’ para 75%.

O programa de fidelização Miles & More, com o qual premeia os clientes mais fiéis, é apontado pelo Grupo como instrumento chave para atingir esse objectivo, adiantando ter em andamento “várias iniciativas” para poder oferecer aos clientes uma experiência personalizada no contacto com as suas diferentes companhias, com foco na inovação.

E realça que as suas companhias já permitem a relação com os clientes sem contacto físico, garantindo-lhes assim segurança e mais confiança.

Para ler mais clique:

Grupo Lufthansa assinala recuperação “significativa” da procura, mas ainda só ficará a 40% de 2019

Grupo Lufthansa já ‘cortou’ “quase 26.000” postos de trabalho

Grupo Lufthansa vai fechar SunExpress Deutschland e voos de passageiros da Germanwings

 

Clique para mais notícias: Lufthansa

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Estudo da Oliver Wyman prevê falta de pilotos na Europa em 2022

03-08-2021 (15h17)

De acordo com um estudo da consultora Oliver Wyman, a Europa vai ter falta de pilotos em 2022, mais precisamente menos 790 pilotos do que aqueles que serão necessários.

Iberia ultrapassou British Airways e foi a companhia do IAG líder em tráfego de passageiros

02-08-2021 (16h36)

A Iberia foi a companhia do IAG que mais tráfego de passageiros transportou no segundo trimestre, superando a British Airways, tradicionalmente a líder, nomeadamente pela liderança no transporte entre a Europa e a América do Norte.

IAG prevê ter este trimestre 45% da capacidade de transporte de passageiros de 2019

02-08-2021 (16h31)

O IAG, grupo que integra a British Airways, a Iberia, a Vueling, a Aer Lingus e a Level, anunciou que prevê aumentar a sua capacidade de transporte de passageiros dos 21,9% do período homólogo de 2019 no segundo trimestre para “cerca de 45%” este trimestre, época alta no Hemisfério Norte.

LATAM Airlines considera combustíveis alternativos

02-08-2021 (16h16)

A LATAM Airlines, de acordo com o seu CEO, Roberto Alvo, está a considerar o recurso a combustíveis alternativos para cumprir o seu objectivo de atingir a neutralidade de carbono em 2050 e de em 2030 já ter uma redução de 50% nas suas emissões domésticas.

Governo cabo-verdiano acusa administração islandesa da TACV de irregularidades

02-08-2021 (14h01)

O Governo cabo-verdiano revelou que a administração islandesa da TACV, entretanto renacionalizada, ameaçou imobilizar em Portugal a aeronave com que pretendia retomar os voos internacionais e iniciou um processo disciplinar à vice-presidente nomeada pelo Estado.

Opinião e Análise