Grupo Lufthansa encomenda cinco A350 e cinco B787

04-05-2021 (13h32)

Foto: Lufthansa
Foto: Lufthansa

O Grupo Lufthansa encomendou cinco aviões A350-900 e cinco aviões B787-9 Dreamliners, para continuar a modernizar a sua frota e reduzir o consumo de combustível, complexidade e custo.

Em comunicado, o grupo sublinha que, assim, aumentou o número de novas aeronaves a serem entregues nesta década para 175.

“Mesmo nestes tempos desafiadores, continuamos a investir numa frota do Grupo Lufthansa mais moderna, mais eficiente e com menos emissões”, disse o CEO, Carsten Spohr, citado no comunicado. “Ao mesmo tempo, estamos a avançar com a modernização da nossa frota de longo curso ainda mais rápido do que o planeado antes da pandemia de coronavírus devido às oportunidades anticíclicas”.

O primeiro dos Dreamliners entrará na frota durante a próxima temporada de Inverno, segundo a companhia aérea, e os seguintes chegarão na primeira metade de 2022.

Assim, o Grupo tem encomendadas à Boeing 45 aeronaves dos modelos B787-9 e B777-9.

A Lufthansa sublinha que, devido à crise da pandemia, “encontrou uma maneira” de receber aeronaves já montadas para outras companhias aéreas que atrasaram ou cancelaram pedidos.

Os cinco novos A350-900 serão entregues em 2027 e 2028, anunciou a transportadora, acrescentando que a sua carteira de encomendas de aeronaves deste modelo à Airbus subiu para 45.

“Com o Airbus A350-900, o Boeing 777-9 e o Boeing 787-9, o Grupo Lufthansa operará as aeronaves de longo curso mais económicas em termos de consumo de querosene por passageiro e 100 quilómetros voados”, destacou a companhia aérea no comunicado.

O grupo prevê que em meados desta década, a quota de aeronaves de longo curso com quatro motores na frota do Grupo cairá para menos de 15%, contra cerca de 50% antes da pandemia.

Em média, os novos aviões usam menos 30% de combustível do que os modelos anteriores e permitem reduzir os custos da companhia aérea em cerca de 15%.

Além da renovação da frota de longo curso, a Lufthansa anunciou ainda que prevê receber, em média, um novo avião da família A320 por mês, e prevê receber 107 aviões A320 até 2027.

Ver também:

Grupo Lufthansa aposta em aumento “significativo” da procura de destinos de lazer

Grupo Lufthansa transportou no 1º trimestre apenas 10% dos passageiros pré-crise pandémica

 

Clique para ver mais: Lufthansa

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Tarifas do Aeroporto de Lisboa vão ter subida idêntica à que escandalizou a IATA

11-05-2021 (16h45)

As tarifas do maior aeroporto português vão ser aumentadas em 4,89%, que é um aumento idêntico ao aplicado em Espanha e que escandalizou a IATA, que o considerou "irresponsável".

British Airways anuncia mais voos para destinos de Sol, mas só na Grécia, Canárias e Turquia

11-05-2021 (15h53)

A British Airways, maior companhia do IAG, segundo maior grupo de aviação europeu, ‘entrou’ hoje na ‘onda’ do reforço da oferta para destinos de Verão, na sequência do relaxamento pelo Governo britânico das restrições às viagens, com a curiosidade de se concentrar na Grécia, Canárias e Turquia, excluindo Portugal, destino privilegiado por Ryanair, easyJet e Jet2.com.

Air Europa planeia retomar voos para os Estados Unidos em Junho

11-05-2021 (15h09)

A Air Europa anunciou que planeia retomar em Junho as suas rotas de Madrid para Miami e Nova Iorque, nos Estados Unidos, a bordo dos seus aviões Boeing 787 Dreamliner.

easyJet reforça operação entre Portugal e Reino Unido com mais 20 mil lugares

11-05-2021 (14h51)

A easyJet anunciou um reforço da sua operação entre Portugal e Reino Unido, com mais 20 mil lugares nos voos entre os dois países, por ter verificado um "aumento da procura" pelos destinos portugueses, que diz resultar do anúncio pelo governo britânico de que Portugal faz parte dos destinos considerados seguros para viajar.

Air Malta apresenta programação para o Verão

11-05-2021 (14h31)

A companhia aérea Air Malta, representada em Portugal pela ATR, anunciou a sua programação de voos para a temporada de Verão, entre Maio e Outubro de 2021, que vai contar com mais de 3.000 voos, incluindo uma ligação directa para Lisboa.

Opinião e Análise