PhocusWright prevê aumento das reservas de OTAs na Europa em 55%

22-07-2021 (15h27)

A PhocusWright, consultora especializada em análises e pesquisas sobre turismo, avançou a previsão de aumento das reservas de agências de viagens online (OTAs, da denominação em inglês) na Europa em 55%, ainda assim sem compensar integralmente a queda no ano passado.

Uma informação divulgada pela PhocuWright começa por atribuir às OTAs um papel "vital" para o turismo, "especialmente no fragmentado segmento da hotelaria e alojamento", tendo aproximadamente 64% das suas reservas online em 2020, ano em que atingiram 25,3 mil milhões de dólares.

Essa informação, de promoção de um estudo que a PhocusWright está a comercializar salienta que o segmento das reservas online de hotelaria e alojamento caracteriza-se por uma "abundância" de pequenas unidades independentes "que não se focam em atrair reservas online directas".

E compara que em outros segmentos como as reservas de viagens de comboio, no qual a sua dificuldade é que na maioria dos casos há apenas um operador, e a operação turística, neste caso pela complexidade do produto "que dá aos fornecedores uma clara vantagem, ainda que as férias empacotadas representem uma clara oportunidade para as OTAs".

Os dados avançados pela PhocusWright relativamente ao mercado de reservas online de alojamento e hotelaria aponta a Booking Holdings como a líder, com sensivelmente metade do mercado em 2020, seguida pelo Expedia Group, pela Trainline, considerada caso de sucesso nas reservas online de transporte ferroviário no Reino Unido, e só depois a eDreams Odigeo e a ETI.

A previsão referida no documento aponta para um crescimento rápido da procura de viagens de lazer, à medida que a vacinação avança e atendendo a que em 2020 o mercado debateu-se com escassez de produto.

"Dado o forte foco das OTAs em voos e alojamento, a recuperação está estreitamente ligada ao desempenho desses segmentos", especifica a PhocusWright, que indica que além de prever um aumento das reservas na Europa em 55%, também prevê aumentos a dois dígitos nos anos seguintes.

Outro prognóstico da consultora é que as OTAs vão depender ainda mais de aplicações mobile, "para competirem efectivamente com os fornecedores chave nesses segmentos".

 

Clique para mais notícias: PhocusWright

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

APAVT incentiva associados a denunciarem exercício ilegal da actividade de agência de viagens

02-08-2021 (14h58)

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo alertou hoje os associados que "têm vindo avolumar-se os casos de intrusismo" e apelou para continuarem a denunciá-los.

Amadeus transmite mensagem optimista ao mercado das viagens

30-07-2021 (11h38)

A Amadeus, maior tecnológica mundial das viagens e turismo, declarou hoje estar optimista em relação à evolução próxima do mercado, salientando que Junho já foi o melhor mês desde o início da pandemia, em inícios de 2020.

APAVT agenda “reencontro” do sector para os dias 1 a 3 de Dezembro em Aveiro

28-07-2021 (12h04)

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) anunciou que o seu 46º Congresso, adiado um ano devido à pandemia, vai realizar-se em Aveiro nos dias 1 a 3 de Dezembro, sob o tema “Reencontro”.

Soltrópico conclui reembolso antecipado de vouchers

28-07-2021 (11h43)

O operador turístico Soltrópico anunciou que concluiu esta semana o processo de reembolso dos vouchers emitidos ao abrigo do Decreto-Lei 17/2020 por viagens não realizadas devido à pandemia, antecipando-se assim ao prazo legal estipulado para a devolução do dinheiro, que é Janeiro de 2022.

Soltrópico anuncia melhorias no sistema de reservas para agentes de viagens

27-07-2021 (11h20)

O operador turístico Soltrópico anunciou melhorias na sua plataforma de reservas para agentes de viagens, designadamente na área de pacotes dinâmicos, onde garante “melhores tempos de resposta, valores e promoções actualizadas, como base em orçamentação dinâmica”.

Opinião e Análise