Negócios na plataforma de comércio da Travelport aumentam 12% no primeiro semestre

02-08-2018 (16h28)

Imagem: Travelport
Imagem: Travelport

A plataforma de comércio de produtos turísticos da Travelport processou no primeiro semestre negócios no montante global de 46,7 mil milhões de dólares (cerca de 40 mil milhões de euros), com um aumento em 12% relativamente ao período homólogo de 2017, informou hoje a empresa.

A informação especifica que no segundo trimestre o aumento foi em 11%, para 23,44 mil milhões de dólares (cerca de 20 mil milhões de euros).

Relativamente aos produtos e serviços comercializados, sabe-se que os voos são a maior fatia, mas a empresa indica apenas que no primeiro semestre estão incluídas 34,35 milhões de noites de hotel e 53,3 milhões de dias de rent-a-car, com aumentos respectivamente em 2% e em 5%.

No segundo trimestre, o aumento do número de noites de hotel foi de 2%, para 17,78 milhões, mas em rent-a-car houve uma estagnação em baixa, para 28,6 milhões de dias.

O processamento destes negócios, de acordo com a informação disponibilizada pela Travelport, geraram-lhe uma receita de 1.290,6 milhões de dólares (1,1 mil milhões de euros) no primeiro semestre, em alta de 7% relativamente ao período homólogo, com +2% no segmento que designa por Air, referindo-se a Aviação, que somou 916,88 milhões de dólares (785,2 milhões de euros), e +21% no Beyond Air, onde inclui designadamente hotelaria, rent-a-car e processamento de pagamentos, designadamente pela sua subsidiária eNett, que foi mais uma vez ‘a estrela’ do crescimento.

No segundo trimestre, o crescimento das receitas obtidas pela Travelport com a sua plataforma de comércio foi ainda mais forte, situando-se em 9%, com +5% no segmento Air e +21% no Beyond Air, nomeadamente pelo aumento em 82% da eNett.

O balanço evidencia que os aumentos de receita foram gerados principalmente por subidas da receita média por segmento, unidade utilizada pelos GDS, que aumentou em média 7% no semestre, com +9% no segundo trimestre.

O número de segmentos, por sua vez, teve uma estagnação em baixa tanto no semestre, ficando em 179,25 milhões, quanto no segundo trimestre, com 86,9 milhões.

 

Ver também:

Travelport cresce 24% na Europa no 2º trimestre, mas não evita quebra do lucro em 80%

 

Clique para mais notícias: Travelport

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Portugal na lista verde do Reino Unido leva a “onda de reservas” na Jet2

11-05-2021 (09h22)

O operador turístico britânico Jet2holidays anunciou que teve um aumento de mais de 600% das reservas para Portugal nas 24 horas após o anúncio pelo governo britânico de que o país é um dos ‘destinos verdes’, considerado seguro para viajar.

Hotéis dão benefícios a quem reservar em agências de viagens associadas da APAVT

10-05-2021 (18h47)

A APAVT anunciou que os clientes das suas agências terão benefícios adicionais em reservas em grupos hoteleiros portugueses, explicando que se trata de “um processo de aproximação à hotelaria nacional”.

Espanha aprova joint venture dos operadores dos grupos Logitravel e Piñero

10-05-2021 (16h11)

A Comissão Nacional de Mercados e Concorrência (CNMC) em Espanha aprovou a joint venture dos operadores turísticos Smytavel, do Grupo Logitravel, e Soltour, do Grupo Piñero, segundo o jornal espanhol "Vozpópuli".

Imprensa brasileira confirma Antonoaldo Neves no negócio das agências de viagens

10-05-2021 (15h02)

O ex-CEO da TAP Antonoaldo Neves, que ao tempo em que esteve à frente da companhia de aviação portuguesa antagonizou as agências de viagens, está de facto com um projecto no Brasil com soluções para agências de viagens.

Solférias lança brochura multimédia dedicada a viagens de Lua de Mel

10-05-2021 (14h13)

O operador turístico Solférias lançou hoje uma brochura multimédia dedicada a viagens de Lua de Mel, com fotografias, vídeos e propostas para vários destinos, de Portugal às Maldivas, passando por Cuba, Brasil e Cabo Verde.

Opinião e Análise