Governo reforça linha de apoio ao turismo com 20 milhões de euros

27-04-2021 (17h54)

Foto: Markus Spiske / Unsplash
Foto: Markus Spiske / Unsplash

O Governo reforçou em 20 milhões de euros a linha de apoio à tesouraria das micro e pequenas empresas do turismo, cuja procura representa uma taxa de compromisso de cerca de 98%, segundo um despacho publicado hoje.

O objectivo do reforço orçamental, que é feito em contexto de reabertura da actividade económica, é dar continuidade ao apoio público financeiro às micro e pequenas empresas do sector, "ainda imprescindível na actual fase", segundo o executivo.

A Linha de Apoio à Tesouraria das Microempresas do Turismo - Covid-19, criada em Março de 2020, já tinha sido ajustada para possibilitar a conversão de parte do financiamento a fundo perdido, alargar a sua aplicação às pequenas empresas e, em Fevereiro passado, foi reforçada em 20 milhões de euros, passando a linha a ter uma dotação de 120 milhões de euros.

O Governo, no despacho, assinala haver uma procura "constante" das empresas do turismo por este instrumento, ao abrigo do qual foram aprovadas 12.370 candidaturas, com um financiamento associado de 117,7 milhões de euros, correspondente a uma taxa de compromisso de cerca de 98%.

"Importa proceder a um novo reforço da dotação da linha, em 20 milhões de euros, por forma a garantir o essencial neste momento e que é a continuidade do apoio público financeiro às micro e pequenas empresas do sector, ainda imprescindível na actual fase", afirma a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, que assina o despacho.

Segundo o executivo, a circunstância deste reforço se enquadrar já num contexto de reabertura da actividade económica implica que às candidaturas apresentadas após quarta-feira, data da entrada em vigor do despacho, não seja aplicável o mecanismo de prémio de desempenho previsto para os projectos apresentados e aprovados ao abrigo dos anteriores reforços.

O despacho adita à lista de códigos de atividade económica (CAE) um novo CAE para "outros transportes terrestres de passageiros diversos", exigindo-se que estas empresas demonstrem, mediante declaração subscrita por contabilista certificado, que, pelo menos, 50% do respetivo volume de negócios de 2019 resultou da prestação de serviços de transporte de turistas.

A linha de apoio resulta de uma parceria entre o Turismo de Portugal e 12 instituições de crédito (Abanca, Bankinter, BPI, BPG, CCAM, CGD, Eurobic, Millennium BCP, Montepio, Novo Banco, Novo Banco dos Açores e Santander), que partilham o financiamento a conceder.

 

Clique para ver mais: Portugal

Clique para ver mais: Empresas&Negócios

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Portugal na lista verde do Reino Unido leva a “onda de reservas” na Jet2

11-05-2021 (09h22)

O operador turístico britânico Jet2holidays anunciou que teve um aumento de mais de 600% das reservas para Portugal nas 24 horas após o anúncio pelo governo britânico de que o país é um dos ‘destinos verdes’, considerado seguro para viajar.

Hotéis dão benefícios a quem reservar em agências de viagens associadas da APAVT

10-05-2021 (18h47)

A APAVT anunciou que os clientes das suas agências terão benefícios adicionais em reservas em grupos hoteleiros portugueses, explicando que se trata de “um processo de aproximação à hotelaria nacional”.

Espanha aprova joint venture dos operadores dos grupos Logitravel e Piñero

10-05-2021 (16h11)

A Comissão Nacional de Mercados e Concorrência (CNMC) em Espanha aprovou a joint venture dos operadores turísticos Smytavel, do Grupo Logitravel, e Soltour, do Grupo Piñero, segundo o jornal espanhol "Vozpópuli".

Imprensa brasileira confirma Antonoaldo Neves no negócio das agências de viagens

10-05-2021 (15h02)

O ex-CEO da TAP Antonoaldo Neves, que ao tempo em que esteve à frente da companhia de aviação portuguesa antagonizou as agências de viagens, está de facto com um projecto no Brasil com soluções para agências de viagens.

Solférias lança brochura multimédia dedicada a viagens de Lua de Mel

10-05-2021 (14h13)

O operador turístico Solférias lançou hoje uma brochura multimédia dedicada a viagens de Lua de Mel, com fotografias, vídeos e propostas para vários destinos, de Portugal às Maldivas, passando por Cuba, Brasil e Cabo Verde.

Opinião e Análise