spot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Emirates oferece a todos os passageiros acesso à internet wi-fi para enviar e receber mensagens

A Emirates passou a oferecer a todos os passageiros internet wi-fi gratuita para enviar e receber mensagens através de aplicações móveis durante os voos.

Para aceder à internet, os passageiros terão que se inscrever no programa de fidelização Emirates Skywards, e poderão fazê-lo durante o voo.

Quando estiverem registados, poderão enviar e receber mensagens gratuitamente através de apps de mensagens.

Os passageiros a viajar em Primeira Classe terão acesso gratuito ilimitado à internet. Para ter as mesmas condições, os passageiros da Classe Executiva terão quer ser membros Silver, Gold ou Platinum do programa Skywards. O membros Platinum terão acesso gratuito à internet em todas as cabinas.

Desde que introduziu as primeiras alterações em Janeiro deste ano, a Emirates regista uma média mensal de 450 mil utilizadores de internet wi-fi a bordo dos seus voos, mais 30% face ao ano passado, segundo um comunicado.

“Actualmente, quase 10% dos passageiros utilizam o wi-fi gratuito a bordo. Nas rotas das Américas, quase 20% dos passageiros conectam-se ao wi-fi a bordo, e nas rotas europeias e africanas o uso é superior a 11%”, acrescenta a nota de imprensa.

A350 com banda larga

A partir de 2024, a Emirates oferecerá internet de banda larga com alta velocidade a bordo de 50 novas aeronaves Airbus A350, utilizando a tecnologia GX Aviation da Inmarsat.

Em comuicado, a companhia indica que os aviões A350 serão as suas primeiras aeronaves a usar a rede de satélites Global Xpress (GX) da Inmarsat “garantindo que os passageiros possam desfrutar de conectividade global ininterrupta, independentemente do seu destino, incluindo o Pólo Norte”.

A companhia aérea também investiu 350 milhões de dólares para equipar os 50 A350 com um sistema AVANT Up da Thales e Optiq, um monitor inteligente com conexões Bluetooth e com wi-fi integrado para os passageiros emparelharem vários dispositivos, e com carregadores USB-C com capacidade até 60 watts.

- Publicidade-
- Publicidade -spot_img