Parque Tecnológico arranca em Junho para transformar Cabo Verde num "hub tecnológico"

12-10-2021 (15h54)

Foto: Unsplash / Sam Albury
Foto: Unsplash / Sam Albury

O futuro Parque Tecnológico de Cabo Verde, um projecto de 40 milhões de euros para transformar o arquipélago num hub tecnológico em África, vai estar totalmente operacional em Junho de 2022.

“Eu acho que olhando para o cenário de forma muito objectiva e realista, creio que em Junho de 2022 teremos tudo pronta para arrancar”, afirmou Olavo Correia, vice-Primeiro Ministro que é também ministro das Finanças e da Economia Digital de Cabo Verde, citado pela Agência Lusa.

O empreendimento, em construção na cidade da Praia e que chegou a ter conclusão prevista para este ano - condicionada nos últimos meses pela pandemia de covid-19 -, foi visitada esta tarde pelo Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, bem como o Data Center do país e o NOSi (Núcleo Operacional da Sociedade de Informação).

“O problema não é só as obras de engenharia civil, depois tem os equipamentos, todo o sistema de funcionamento das instalações, o recrutamento dos recursos humanos. Portanto, o prazo limite é Junho de 2022 para termos tudo pronto para iniciarmos com a operação de forma completa e de forma abrangente, com todas as valências que fazem parte do Parque Tecnológico”, afirmou Olavo Correia, também citado pela Agência Lusa.

O Parque Tecnológico é um projecto financiado pelo Banco Africano de Desenvolvimento e pelo Estado de Cabo Verde, tendo as obras arrancado em 2015.

Olavo Correia acrescentou que o empreendimento “será extremamente importante para a economia digital e para a transformação digital” de Cabo Verde, e que permitirá atrair empresas tecnológicas internacionais para o arquipélago.

“Porque vamos criar aqui a chamada Zona Económica Especial Tecnológica, com incentivos fiscais, parafiscais e outros, para atrairmos empresas de grande porte, internacionais, para domiciliarem aqui e para ajudar as nossas empresas, startups, a serem mais competitivas, a testar soluções em Cabo Verde e depois exportar para outros mercados, nomeadamente na nossa sub-região da CEDEAO [Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental]”, disse ainda.

Para Olavo Correia, a conclusão do Parque Tecnológico será um passo “gigantesco” para o desenvolvimento de Cabo Verde.

“É uma área que tem futuro, temos jovens qualificados, temos competências nacionais e na nossa diáspora. Cabo Verde tem todas as condições para ser realmente um hub tecnológico, sobretudo como porta aberta para o vasto mercado da CEDEAO e do continente africano”, concluiu.

Clique para ver mais: Feiras & Eventos

Clique para ver mais: Cabo Verde

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Feira Internacional de Cabo Verde regressa com 125 empresas e um quarto são portuguesas

17-11-2021 (19h03)

A Feira Internacional de Cabo Verde regressa hoje à Praia, três anos depois, com 125 empresas, praticamente ao nível de 2018, das quais quase um quarto são portuguesas, que tentam conquistar o mercado cabo-verdiano no pós-pandemia.

Portuguesa Atlantys já tratou de 80 escalas de super-iates em Portugal e Cabo Verde em 2021

17-11-2021 (18h49)

A Navex, através da marca Atlantys, está a explorar o agenciamento de super-iates nas rotas de ligação às Caraíbas e Mediterrâneo e tratou 80 escalas este ano em Portugal e Cabo Verde.

Abreu anuncia desconto de 150 euros para passar o Natal em Cabo Verde

16-11-2021 (17h19)

As agências de viagens Abreu estão a anunciar descontos de 150 euros por reserva para celebrar o Natal na Ilha do Sal, em Cabo Verde, numa campanha exclusivamente online.

Falta vacinar 11.239 pessoas para Cabo Verde ter 85% da população com a primeira dose

16-11-2021 (17h09)

Cabo Verde já vacinou 82% de pessoas com a primeira dose de vacinas contra a covid-19 e precisa imunizar mais 11.239 para atingir a meta de vacinar 85% da sua população ainda este ano.

Top Atlântico e a GeoStar lançam promoções “Black Friday” para Cabo Verde

16-11-2021 (17h06)

A GeoStar e a Top Atlântico, do Grupo Wamos, estão a promover uma campanha “Black Friday” para Cabo Verde, com preços desde 649 euros por pessoa para uma semana de férias na Ilha do Sal, que permitem acumular descontos até 100 euros em Cartão Continente.

Opinião e Análise