Governo chega a acordo com o Zmar para cedência temporária de 34 casas

01-06-2021 (15h05)

Foto: www.zmar.eu
Foto: www.zmar.eu

O Governo assinou um acordo para a cedência temporária de 34 alojamentos no empreendimento Zmar Eco Experience, em Odemira, com um custo de 100 euros diários por unidade, que podem ser utilizados caso a situação pandémica no município o justifique.

Num comunicado conjunto dos ministros do Estado, Economia e Transição Digital e da Administração Interna, citado pela Agência Lusa, o Governo explica que o protocolo assinado com a Massa Insolvente da Multiparques a Céu Aberto – Campismo e Caravanismo em Parques, S. A. define um pagamento de 100 euros por dia pela cedência temporária de cada uma das unidades de alojamento até 30 de Junho, com possibilidade de prolongamento.

As condições aplicam-se a partir do primeiro dia da requisição temporária do ZMar, decretada em 29 de Abril, e os pagamentos decorrentes serão feitos à Massa Insolvente da Multiparques a Céu Aberto – Campismo e Caravanismo em Parques, S. A.

“Não tendo sido ocupadas instalações particulares, não existem demais pagamentos devidos”, refere o comunicado, explicando que, uma vez que, por esta via, são assegurados os motivos que justificaram a requisição, esta é revogada.

Na nota, o Governo explica que Odemira “é um município sazonalmente habitado por trabalhadores do sector agrícola, cujas condições de habitação dificultaram a resolução da crise sanitária”.

E defende que o empreendimento ZMar Eco Experience “é um estabelecimento que apresenta as condições aptas e adequadas para o alojamento temporário necessário decorrente da crise sanitária, nomeadamente, no que respeita à localização no próprio concelho de Odemira, à dimensão e aos espaços disponíveis”.

No comunicado conjunto, é dito que a sociedade proprietária do ZMar se encontra insolvente e que o empreendimento se encontra encerrado ao público, e sublinhado que a utilização para os efeitos previstos no protocolo “pode causar uma menor perturbação e constituir, inclusivamente, receita adicional que pode contribuir para a viabilização da referida sociedade e a manutenção de postos de trabalho”.

“Na impossibilidade de o protocolo ter sido assinado em momento anterior, existiu a necessidade de adoptar, com caráter temporário, medidas especiais para o município de Odemira, no final do mês de Abril, com destaque para soluções de acolhimento para instalação temporária de indivíduos com condições de habitação deficientes”, acrescenta a nota.

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Cá Dentro

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Câmara da Moita promove passeios em embarcação típica do rio Tejo

22-06-2021 (17h04)

A Câmara Municipal da Moita está a promover passeios no rio Tejo a bordo do varino "O Boa Viagem" nos dias 24, 25, 26, 29 e 30 de Junho.

Rota do Dragão está marcada para 26 de Junho

22-06-2021 (14h02)

A Rota do Dragão, um passeio cultural pela Baixa histórica do Porto com o historiador Joel Cleto, promovido pelo Museu Futebol Clube do Porto, vai decorrer no Sábado, 26 de Junho, pelas 10h.

NAU anuncia European Tourism Covid-19 Safety Seal nos seus hotéis

21-06-2021 (13h50)

A NAU Hotels & Resorts conta com a certificação European Tourism Covid-19 Safe Seal, criada pelo Comité Europeu de Normalização, em parceria com a Comissão Europeia, nas suas unidades hoteleiras em Lisboa, no Alentejo e no Algarve, e nos seus campos de golfe.

Profissionais de saúde recebem 10% de desconto em viagens à Madeira com a Airmet

21-06-2021 (12h41)

A rede de agências de viagens independentes Airmet, em parceria com o Turismo da Madeira, está a promover pacotes de viagens para profissionais de saúde com descontos de 10%.

NH Lisboa Campo Grande reabre após renovação

18-06-2021 (15h23)

O NH Lisboa Campo Grande reabriu as portas após uma renovação de todos os seus 90 quartos, “agora melhor equipados e decorados” para proporcionar “maior conforto” aos hóspedes, segundo um comunicado.

Opinião e Análise