Macau autoriza entrada de não-residentes provenientes do interior da China

18-03-2021 (18h49)

Macau já autoriza a entrada de viajantes que não tenham residência no Interior da China, em Hong Kong ou em Taiwan, após deslocações à China Continental, o que permite que estrangeiros que estejam há pelo menos 21 dias no território ou na China viajem para outros destinos chineses.

A medida aplica-se em primeira linha aos trabalhadores não-residentes na Região Administrativa Especial (RAEM) de Macau, os chamados "blue card", que podem assim regressar ao território, após deslocações ao interior da China.

Para isso, devem ser titulares de visto de deslocação "emitido pelo Comissariado do Ministério dos Negócios Estrangeiros [em Macau] da República Popular da China" e "regressar à RAEM dentro do período de validade do respectivo visto", pode ler-se no despacho n.º 43/2021, assinado pelo chefe do executivo, Ho Iat Seng.

Além disso, não podem "ter estado em locais fora do Interior da China ou da RAEM nos 21 dias anteriores à sua entrada" em Macau, precisa-se ainda.

"Este despacho aplica-se aos estrangeiros que se encontram actualmente em Macau e pretendem, através de visto, visitar o interior da China e depois regressar a Macau", esclareceram hoje as autoridades do território, durante a conferência semanal sobre a situação da covid-19.

O regime especial tem como objectivo aumentar o "intercâmbio com Macau", apontou o médico Tai Wa Hou, coordenador do plano de vacinação no território, precisando que as pessoas que cumpram os requisitos estabelecidos no despacho ficam dispensadas de quarentena.

"Os portadores de blue card, se satisfazem as exigências definidas [...], podem obter visto e deslocar-se ao Interior da China, e dentro da [sua] validade, regressar a Macau", esclareceu o responsável.

De acordo com os dados divulgados pelo médico, 65.609 pessoas fizeram a inscrição no programa voluntário de vacinação do território, que arrancou a 9 de Fevereiro, incluindo 9.759 trabalhadores não residentes (TNR).

Até hoje, a vacina foi administrada a 29.833 pessoas, um número considerado baixo pelas autoridades de Macau, com uma população de 680 mil pessoas.

"Claro que iremos tentar o nosso máximo para aumentar o número de pessoas para administrar a vacina", disse o coordenador do plano de vacinação, prevendo a possibilidade de cooperar com associações e outras entidades "para fazerem a inscrição colectiva".

O médico adiantou ainda que as autoridades vão emitir um certificado de vacinação após a administração das duas doses, incluindo em língua portuguesa.

"Em Macau, após as duas doses, vamos emitir um cartão de vacinação em chinês, inglês e português", antecipou o médico, precisando no entanto que a validade do documento para poder viajar vai depender "das políticas implementadas" por cada país.

Macau, que mantém fortes restrições fronteiriças, não registou qualquer morte entre os 48 casos detectados desde o início da pandemia. As autoridades não identificaram também qualquer surto local.

Clique para ver mais: Ásia & Pacífico

Clique para ver mais: Macau

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Phuket retira imposição de quarentena a visitantes vacinados a partir de Julho

29-03-2021 (18h49)

A ilha de Phuket vai aceitar visitantes internacionais a partir de 1 de Julho sem impôr um período de quarentena obrigatório, mediante apresentação de comprovativo de vacinação e de teste.

Solférias anuncia especial Universal Resorts nas Maldivas

29-03-2021 (17h02)

O operador turístico Solférias anunciou ao mercado uma campanha especial Universal Resorts nas Maldivas, com quatro propostas para desfrutar de praias de areia branca “num ambiente idílico de lagoas cor turquesa e de vegetação tropical”.

Meliá apresenta as suas propriedades na Ásia e no Pacífico em webinar

29-03-2021 (14h15)

O grupo Meliá vai organizar um webinar dedicado às suas propriedades na região da Ásia e do Pacífico intitulado "Ilhas de sonho - capítulo I", na próxima quarta-feira, 31 de Março, pelas 10h.

Solférias convida a conhecer "O Melhor do Sri Lanka"

22-03-2021 (17h21)

O operador turístico Solférias está a promover o circuito de sete noites "O Melhor do Sri Lanka" para reservas efectuadas até 15 de Outubro e estadas entre 1 de Maio e 31 de Outubro, com voos Emirates, desde 1.895 euros.

Começaram hoje as obras do metropolitano que vai ligar Macau à China

18-03-2021 (18h17)

As obras para a construção da linha de metropolitano que vai ligar Macau a Zhuhai, na China, começaram hoje e é previsto que estejam concluídas dentro de quatro anos.

Opinião e Análise