spot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Conheça a ‘Noiva de Stepantsminda’ na Geórgia

Na última etapa desta viagem à Geórgia organizada pela You Tour Operator, os agentes de viagens portugueses tiveram oportunidade de visitar a região de Stepantsminda, conhecida pela Igreja da Trindade e pela imponente ‘Noiva’.

Stepantsminda é um município no Norte da Geórgia, a cerca de 150 quilómetros de Tbilisi, menos de três horas de carro, junto à fronteira com a Ossétia do Norte-Alânia, controlada pela Rússia.

 

A ‘Noiva de Stepantsminda’ não é um ‘spin-off’ nem uma versão georgiana da personagem principal da saga de Tarantino, “Kill Bill”, mas sim uma montanha vulcânica com 5.054 metros de altura em Stepantsminda.

O nome oficial da ‘Noiva’ é Monte Kazbegi e deve a sua alcunha ao facto de passar grande parte do tempo ‘escondido’ por trás de um véu de nevoeiro. Neste templo, à semelhança do que aconteceu no Mosteiro Jvari, o grupo encontrou-se com um casal que estava a celebrar matrimónio.

 

Observamos a ‘Noiva’ (Kazbegi) a partir da Igreja da Trindade de Gergeti, um monumento do século XIV e onde a população guardava os bens mais valiosos quando a região era invadida. A sua posição estratégica permitia vantagens defensivas, principalmente devido ao difícil acesso, além de contar com um piso secreto para esconder tesouros.

 

A lendária Cruz de Santo Nino, que actualmente se encontra na Igreja de Sioni, chegou a estar escondida neste templo. Uma das peregrinações a esta igreja, a Gergetoba, a 16 de Julho, parte precisamente da Igreja de Sioni, em Tbilisi, e culmina neste local.


Actualmente, o acesso pode ser feito através de uma estrada alcatroada, ou por um dos trilhos delineados para caminhadas entre a Natureza da região, que também conta com a Catarata Gveleti que banha um lago em forma de coração. Para saber mais sobre esta região e a história do país, existe o Museu Histórico de Stepantsminda e a Casa Museu do escritor georgiano Aleksandre Kazbegi.


Apesar das estradas facilitarem os acessos ao monumento, a Igreja da Trindade de Gergeti não deixa de estar enquadrada numa moldura de montanhas, incluindo ‘A Noiva’, para a qual tem a vista mais privilegiada.

 

Depois de visitar a Igreja e esperar por uma ténue aparição da ‘Noiva’, o grupo de agentes de viagens foi experimentar algumas das iguariais locais, das quais se destacam os khinkali, uma espécie de gyozas ou dumplings, feitos na hora.


Depois do almoço, e no caminho de regresso a Tbilisi é possível apreciar a paisagem para o Monumento da Amizade de Gudauri, erguido entre as montanhas do Cáucaso durante a época soviética, na estrada que conecta a Geórgia à Rússia. Actualmente, é uma zona popular para a prática de parapente e para a prática ainda mais popular de selfies.

No caminho de regresso a Tbilisi, recomenda-se uma paragem em Ananuri, uma vila na margem do Rio Aragvi, com a sua fortaleza, mesmo junto ao reservatório Zhinvali, uma fortificação com arquitectura do século XVI.

É possível visitar as diferentes estruturas da Fortaleza de Ananuri, que inclui áreas religiosas e outras claramente defensivas, além de apreciar a vista para o Reservatório. Os visitantes podem fazer percursos na Natureza, que podem culminar em piqueniques nas mesas e cadeiras instaladas nesta zona, ou até alugar um barco e passear nas águas cor de esmeralda que reflectem as montanhas das margens.

Junto à fronteira é possível encontrar esta formação de calcário considerada monumento natural na Geórgia, que conta com um pequeno conjunto de comerciantes nas suas proximidades.

As refeições desta jornada tiveram duas características tradicionais, primeiro uma refeição caseira que contou com os inevitáveis khachapuris, os coloridos pkhali, queijo, e a estrela da região, os famosos khinkali de Stepantsminda. A segunda refeição, já em Tbilisi, contou com apresentação musical e danças tradicionais da Geórgia.


O PressTUR viajou a convite da You Tour Operator com a Turkish Airlines
Ver também:
Tbilisi e Mtskheta: um dia nas capitais da Geórgia
Sighnaghi: a Cidade do Amor na Geórgia
Istambul: o Grand Bazaar e o Bazaar das Especiarias
Istambul: da Hagia Sophia ao Grand Bazaar, com um cruzeiro no Bósforo pelo meio

Saiba mais sobre a Geórgia aqui.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias