spot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

APAVT: 2023 foi ano de “recuperação e reconfirmação” para as agências de viagens

As agências de viagens portuguesas conseguiram este ano recuperar “da mais difícil página” da sua mais recente história, a pandemia, em alguns casos com resultados recorde, afirmou Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT.

Na abertura do 48º Congresso da APAVT, a decorrer no Porto até 2 de Dezembro, o dirigente começou por dizer que “2023 não foi o ano da total regeneração, evidentemente, nem o poderia ser; mas sim, foi um ano de recuperação, e de reconfirmação”.

“As agências de viagens tiveram este ano, de um modo geral, uma boa demonstração de resultados, nalguns casos, a melhor de sempre”, frisou o presidente da APAVT.

O sector das agências de viagens, segundo o dirigente, revelou-se este ano “altamente competitivo, batendo recordes de emissão de passagens aéreas regulares”, “aumentando a influência na operação de lazer dos portugueses, com novos destinos e mais operações charter” e “aumentando a capacidade de trazer eventos e turistas para todos os cantos do nosso país”.

Assim, “da mais difícil página da nossa mais recente história, a crise pandémica, reergueu-se um sector, cuja importância para o consumidor aumentou”, defendeu Pedro Costa Ferreira.

A relevância dos agentes de viagens, segundo o dirigente, está associada à sua disponibilidade junto dos consumidores. “São os agentes de viagens que estão junto deles de forma permanente, que os atendem às três da manhã quando todos os outros falham, que os reembolsam quando toda a cadeia de valor fica a dever, que num mundo cada vez mais incerto estão mais próximos e disponíveis, a cada surpresa e contrariedade”.

Contudo, “apesar do bom ano para contar, a verdade é que uma realidade complexa se desenha perante nós, quando olhamos para 2024”, acrescentou Pedro Costa Ferreira. Clique para ler: Presidente da APAVT alerta para potencial “desaceleração” em 2024

Ver também: Turismo transformou ano de incerteza no “melhor ano de sempre da história” do sector – Nuno Fazenda

O PressTUR participa no Congresso a convite da APAVT

- Publicidade-
- Publicidade -spot_img