Clique aqui para ver mais
Contacto: presstur@presstur.com ... Quinta-feira, 02-07-2015 18:52:50 (Lisboa)
Pesquisar:






 Dicas de Viagem
 Portugal
Novo Vila Galé Évora vai sediar em Outubro
27º Congresso da AHP – Hotelaria de Portugal
02-07-2015 (16h42)

A AHP – Associação da Hotelaria de Portugal agendou para os dias 25 a 27 de Outubro o seu 27º Congresso, sob o tema “2020 – Olhar o Presente, preparar o Futuro”, que terá lugar no novo Vila Galé Évora.

Costa Ferreira realça “cultura do compromisso”
na celebração do 65º aniversário da APAVT
01-07-2015 (15h27)

“Melhor se defendem interesses próprios, se se aceitar que os interesses alheios, mesmo os conflituantes, podem ser tão legítimos quanto os nossos próprios interesses”, é a máxima deixada por Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT, na celebração dos 65 anos da Associação.

Há mais 57 “Maravilhas de Portugal”
para visitar online a partir de hoje
29-06-2015 (16h05)

O Google, através de uma parceria com a Direcção-Geral do Património Cultural, disponibiliza a partir de hoje visitas virtuais a mais 57 locais em Portugal, entre monumentos e paisagens.

Portugal é “revelação 2015” em França
Reservas nas agências francesas sobem 37%...
26-06-2015 (11h04)

Portugal é a “revelação 2015” dos destinos mais procurados nas agências de viagens francesas, escreve a imprensa especializada francesa ao noticiar os resultados mais recentes do barómetro do sector, segundo o qual, apesar de uma queda geral das reservas em 8,5%, Portugal tem um aumento em 37%.

...e aumentam 70,9% para o Verão
nos operadores turísticos
26-06-2015 (11h03)

A 31 de Maio, os operadores turísticos franceses registavam um aumento das reservas para Portugal Continental em 70,9%, depois de no Inverno (1 de Novembro de 2014 a 30 de Abril de 2015) terem registado aumentos das vendas de pacotes em 50% para Portugal Continental e 54% para a Madeira.

“Não esperamos nenhuma surpresa desagradável”, Pedro Costa Ferreira
APAVT quer ouvir novos accionistas da TAP
sobre relacionamento com os agentes de viagens
25-06-2015 (12h34)

As agências de viagens, que realizam mais de 70% das vendas de passagens da TAP em Portugal, esperam ser contactadas pela companhia aérea que desde ontem conta com novos accionistas maioritários, para conhecerem “mais objectivamente, os passos que vão ser dados e o modo como a se pretende relacionar com os agentes de viagens”, declarou ao PressTUR o presidente da sua Associação (APAVT), Pedro Costa Ferreira.

Reforços da TAP para o Brasil e Estados Unidos
são “boas notícias”, Pedro Costa Ferreira (APAVT)
25-06-2015 (12h32)

“Tudo o que seja reforço das operações e novos desenvolvimentos relativamente à operação que era realizada parece-me uma boa notícia”, comentou o presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, relativamente ao anúncio ontem pelos novos accionistas maioritários da TAP de que apostam em ter a companhia a voar para mais destinos no Brasil e nos Estados Unidos.

AHP promove workshop sobre Marketing Digital
aplicado ao turismo e hotelaria
25-06-2015 (11h51)

“Tendências do Marketing Digital para a Hotelaria”, no dia 26 de Junho, no Tryp Oriente, em Lisboa, é o próximo workshop promovido pela AHP – Associação da Hotelaria de Portugal em parceria com a HDS - Hotel Digital Strategy.

Novo avião prometido por Neeleman para a TAP
só começa a chegar ao mercado em finais de 2017
24-06-2015 (15h00)

O 4º trimestre de 2017 é o prazo avançado pela Airbus para começar a entregar os primeiros Airbus A330-900neo, que David Neeleman, o novo ‘homem forte’ da TAP, anunciou hoje como a sua opção para equipar a frota de longo curso da companhia portuguesa.

No Brasil alvo são cidades com mais de um milhão de habitantes
Boston, Washington e Chicago estão na agenda
de Neeleman para a TAP
CEO vê entusiasmo na TAP com privatização
Trabalho com novos accionistas da TAP
começa já hoje, Fernando Pinto
24-06-2015 (12h47)

“Começamos hoje, já temos reuniões marcadas e tudo o mais para que se tenha um programa conjunto” para atingir a meta de resultados deste ano, mas já em consonância com as “novas ideias que vêm por aí”, anunciou o CEO da TAP, Fernando Pinto, no final da cerimónia que assinalou a venda de 61% da companhia ao consórcio Gateway de Humberto Pedrosa e David Neeleman.

RevPAR dos hotéis do IHG cresce 6,5%
apesar de na Europa ter ficado abaixo de 2%
Presstur 07-08-2012 (17h12) O IHG - InterContinental Hotels Group, maior grupo hoteleiro do mundo, com 666.873 quartos em 4.542 hotéis no fim de Junho, indicou hoje que as receitas conjuntas destas unidades cresceram 7,3% no primeiro semestre, para 10,3 mil milhões de dólares (cerca de 8,3 mil milhões de euros), com a RevPAR média em alta de 6,5%, apesar de na Europa o aumento ter sido apenas de 1,9%.
O IHG, que sublinha que as receitas totais não lhe são totalmente imputáveis, pois pertencem maioritariamente aos proprietários das unidades hoteleiras, especificou que o aumento da RevPAR das suas unidades na Europa foi ainda mais fraco no segundo trimestre, ao ficar em 1,5%, com um aumento do preço médio das diárias em apenas 0,9% (+1% no semestre), “reflectindo a continuada incerteza nas condições macroeconómicas” do continente.
A informação também indica, em relação aos maiores mercados europeus, que os aumentos da RevPAR no primeiro semestre foram de 1,9% no Reino Unido, 7,1% na Alemanha e 0,9% em França.
Ainda assim, o IHG reporta um aumento das suas receitas a Europa em 11%, para 206 milhões de dólares (166,2 milhões de euros), indicando que a taxas de câmbio constantes o aumento teria sido de 19%, o que evidencia o impacto da desvalorização do euro em relação ao dólar.
O mesmo se passa com o resultado operacional, que subiu 2% para 52 milhões de dólares, mas que a câmbios constantes tem uma variação positiva de 8%.
A melhor variação da RevPAR nos hotéis que integram o sistema IHG foi na área Grande China, com um aumento em 9,7%, por melhoria da taxa de ocupação em 3,2 pontos e um aumento preço médio dos quartos em 3,8%.
Em preço dos quartos, porém, a maior variação na área Américas, com um aumento de 4,4%, que associado a uma subida da taxa de ocupação em 1,6 pontos levou a uma subida da RevPAR em 7,1%.
As unidades na área Ásia, África e Médio Oriente foram as que tiveram a melhor subida da taxa de ocupação, com +4,6 pontos, levando a uma subida da RevPAR em 7,9%, apesar do aumento do preço médio ter ficado em 2,2%.
Para o segundo trimestre, em que o IHG indica ter registado um aumento da RevPAR em 6,1%, com aumento do preço médio em 3,8% e subida da taxa de ocupação em 1,5 pontos, a Europa teve as subidas mais fracas, com +0,9% no preço médio e +0,5 pontos na ocupação, levando a uma subida da RevPAR e 1,5%.
A maior subida de preços continuou a ser na área Américas, em 4,7%, seguida da Grande China, em 4,1%, e Ásia, Médio Oriente e África, em 2,7%.
Em taxas de ocupação, Ásia, Médio Oriente e África manteve a melhor variação, com uma subida de 3,9 pontos, seguindo-se a Grande China, com +2,3 pontos, e Américas, com +1,3 pontos.
Ásia, Médio Oriente e África foi a região onde o IHG teve a maior subida da RevPAR no segundo trimestre, com +8,8% que no período homólogo de 2011, seguindo-se os aumentos de 7,9% na Grande China e de 6,7% nas Américas.
No final do primeiro semestre o IHG integrava 446.883 quartos nas Américas (+0,3% que há um ano), 101.123 na Europa (+2,4%), 60.683 na Ásia, Médio Oriente e África (-0,7%) e 58.184 na Grande China (+12,2%).
Em calendário para entrarem em actividade, o grupo tinha, a 30 de Junho, mais 167.485 quartos, 76.721 dos quais nas Américas, 49.801 na Grande China, 26.496 na Ásia, Médio Oriente e África e 14.467 na Europa.
Relativamente aos resultados, a informação indica que o IHG, que segue uma estratégia “asset light”, de privilegiar a integração de unidades em franchise ou em contratos de gestão, relativamente a ter a sua propriedade, terminou o primeiro semestre com receitas próprias de 878 milhões de dólares (708,5 milhões de euros), em alta de 3,3%, teve um aumento do resultado operacional em 6,3%, para 286 milhões (230,8 milhões de euros) e os resultados antes de impostos subiram 38,5%, para 284 milhões (229,2 milhões de euros).
A região Américas gerou um resultado operacional de 233 milhões de dólares (mais oito milhões que há um ano), a Europa teve 52 milhões (mais um milhão), Ásia, Médio Oriente e África teve 40 milhões (mais quatro milhões) e a Grande China teve 36 milhões (mais seis milhões).
Por tipos de propriedade das unidades, os resultados operacionais foram de 263 milhões nos franchises (mais 15 milhões que há um ano), 103 milhões nos contratos de gestão, tal como há um ano, e 50 milhões nas unidades em propriedade e leasings (mais três milhões).
“Apresentámos bons resultados no primeiro semestre com aumento da RevPAR em todas as regiões por ganhos tanto de ocupação como de preço”, destacou o CEO do IHG, Richard Solomons, citado no balanço, cujo grande anúncio para os accionistas foi um aumento do dividendo interino em 31%.

Clique para mais notícias: IHG
Clique para mais notícias: Hotelaria
Entrada    Actualidade    Hotelaria






 Agências&Operadores
Wide Travel promove “Windsurf Trip”
a São Miguel do Gostoso no Brasil
02-07-2015 (17h54)

A agência de viagens Wide Travel está a promover uma “Windsurf Trip” de dez noites em São Miguel do Gostoso, no estado de Rio Grande do Norte no Brasil, com inscrições até 7 de Outubro para saída a 3 de Dezembro, com preços desde 1.595 euros por pessoa em quarto triplo.

Grantur propõe “Triângulo Dourado” na Índia
02-07-2015 (10h10)

O operador turístico Grantur está a promover um circuito de seis noites na Índia para fazer o “Triângulo Dourado”, que passa pelas cidades de Delhi, Agra e Jaipur, com o preço de 1.055 euros por pessoa.

Sonhando prolonga venda de Cuba
a preços de reservas antecipadas...
30-06-2015 (22h14)

O operador Sonhando anunciou hoje que vai manter os preços de venda antecipada dos seus pacotes Cuba até ao fim das operações para Cayo Coco e Varadero.