Clique aqui para ver mais
Contacto: presstur@presstur.com ... Segunda-feira, 01-09-2014 19:45:42 (Lisboa)
Pesquisar:








 Dicas de Viagem
 Acontece
Sábado e domingo no Rio de Janeiro e terça e quarta em São Paulo
Festival do Fado junta no Brasil
Camané, Carminho, Raquel Tavares e Amália Hoje
14-08-2014 (16h28)

A Cidade das Artes do Rio de Janeiro, este fim de semana, e o HSBC Brasil de São Paulo, na terça e na quarta, vão ser os palcos da segunda edição do Festival de Fado Brasil, que tem como atracções Camané, Carminho, Raquel Tavares e o espectáculo Amália Hoje.

Maior que crescimento dos mercados internacionais
Hotelaria espanhola defronta-se com queda
de 8,9% do seu mercado doméstico
Presstur 23-07-2012 (16h27) A redução pelos espanhóis das dormidas na hotelaria do País atingiu em Junho os 8,9%, o que equivale a menos quase 945 mil pernoitas, arrastando o sector para uma queda global no mês em 1,3%, ainda que os mercados internacionais tenham registado um crescimento de 2,7%, de acordo com os dados publicados hoje pelo INE espanhol.
A hotelaria espanhola teve em Junho um total de 30,3 milhões de dormidas, menos aproximadamente 391 mil que há um ano, porque a redução das pernoitas do seu mercado doméstico foi maior do que o aumento das pernoitas de estrangeiros, que ficaram acima do mês homólogo de 2011 em aproximadamente 553 mil.
Idêntica situação verifica-se para o conjunto do primeiro semestre, com a hotelaria espanhola a acusar uma queda do número de dormidas em 1,4% ou aproximadamente 1,67 milhões, para 120,8 milhões, porque os residentes em Espanha baixaram o número de pernoitas em 4,9% ou cerca de 2,3 milhões, para 45,7 milhões, superando também neste caso o aumento dos mercados internacionais, que foi de 0,9% ou cerca de 681 mil dormidas, para 75,1 milhões.
Mas se são as pernoitas de residentes em Espanha que provocam a queda tanto no mês como no semestre, o decréscimo não se deve exclusivamente à situação no país vizinho, que ainda recentemente teve que recorrer a um “resgate” para o sector bancário e adoptar medidas de austeridade mais severas.
Os dados do INE espanhol mostram que em Junho alguns dos mais importantes emissores para a hotelaria espanhola evoluíram em baixa, evidenciando que a crise das dívidas soberanas ensombra toda a Europa.
Entre esses mercados destaca-se a Alemanha, maior emissor para a hotelaria espanhola em dormidas, que em Junho baixou 3% ou cerca de 168 mil dormidas, para 5,45 milhões, e no primeiro semestre tem uma queda de 2,3% ou cerca de 470 mil pernoitas, para 19,8 milhões.
Igualmente em queda no mês de Junho estiveram também França (3º emissor no semestre), em 12% ou cerca de 142 mil dormidas, para 1,04 milhões, e Itália (4º emissor), com queda de 17,8% ou aproximadamente 178 mil dormidas, para 823 mil, o que aliás ajudou a que a Rússia ascendesse em Junho a 3º emissor (clique para ler: Rússia subiu em Junho a 3º emissor para a hotelaria espanhola).
Igualmente em baixa no mês de Junho, de acordo com os dados do INE espanhol, estiveram as dormidas de residentes nos Estados Unidos (-2,1%, para 556,8 mil), Portugal (-13,9%, para 300 mil), Polónia (-4,7%, para 294 mil), Dinamarca (-5,4%, para 183,5 mil), república Checa (-22,7%, para 136,3 mil), Luxemburgo (-17,2%, para 37,5 mil) e Grécia (-22,7%, para 22,7 mil).
A subida que os mercados internacionais registaram, ainda assim, no mês de Junho deve-se, em primeiro lugar ao mercado britânico, que foi o primeiro emissor neste mês, com 5,9 milhões de dormidas, mais 11,2% ou mais quase 600 mil que há um ano.
Seguiu-se o crescimento das dormidas de russos (mais cerca de 273 mil) e também evoluíram em alta as pernoitas de residentes nos Países Baixos (+1%, para 699,8 mil), Bélgica (+12%, para 561,3 mil), Suíça (+8,1%, para 332 mil), Suécia (+8,4%, para 316,3 mil), Irlanda (+3,3%, para 309,4 mil), Noruega (+70,2%, para 291,6 mil), Áustria (+13,1%, para 205,6 mil), Finlândia (+51,2%, para 102,5 mil) e Japão (+8,1%, para 94 mil).
No conjunto do semestre, são de novo o Reino Unido e a Rússia os mercados emissores que mais impulsionam o balanço positivo dos mercados internacionais, o primeiro com um aumento de 4,9%, par 18,5 milhões de dormidas, e o segundo com +32,8%, para 2,39 milhões.
Itália, Alemanha e Portugal são os mercados com as maiores quedas em valor absoluto, respectivamente em cerca de 570 mil (-15,2%, para 3,17 milhões), em cerca de 471 mil (-2,3%, para 19,8 milhões) e em cerca de 225 mil (-16,5%, para 1,13 milhões.

Ver também:
Hotelaria espanhola segura RevPAR em Junho por aumento do preço das diárias
Rússia subiu em Junho a 3º emissor para a hotelaria espanhola

Clique para mais notícias: Hotelaria espanhola
Clique para mais notícias: Espanha
Clique para mais notícias: Hotelaria
Entrada    Mercados    Espanha









 Hotéis&Casinos
Tivoli lança menus de Natal para empresas
para reservar até ao fim do mês
01-09-2014 (13h50)

A Tivoli Hotels & Resorts anunciou propostas para almoços e jantares de Natal para empresas, em que oferece um cocktail de boas vindas para todo o grupo nas reservas efectuadas até 30 de Setembro.

RIU Palace Meloneras sobe hoje a 5-estrelas
após renovação de 30 milhões de euros
29-08-2014 (12h51)

O RIU Palace Meloneras, inaugurado em 1997 na zona Sul da Gran Canária, Espanha, volta hoje a abrir as portas após uma renovação completa que custou 30 milhões de euros, permitindo um aumento da sua classificação de 4 para 5-estrelas.

Hóspedes do Bom Bom Island Resort
vão ter aulas de yoga grátis em Setembro
27-08-2014 (18h40)

O Bom Bom Island Resort, na ilha do Príncipe, vai oferecer aos seus hóspedes entre 12 e 21 de Setembro aulas de yoga gratuitas com Grace Dubery e está também a promover combinados com alojamento no resort e no Omali Lodge, em São Tomé.

 SPAs
The Cliff Bay lança novo menu do Spa
06-08-2014 (13h48)

O hotel The Cliff Bay, do grupo Porto Bay Hotels & Resorts, na Madeira, está a promover um novo menu do seu Spa, como novos tratamentos e massagens específicos para diferentes gostos.