Clique aqui para ver mais
Contacto: presstur@presstur.com ... Sexta-feira, 31-07-2015 22:25:53 (Lisboa)
Pesquisar:






 Dicas de Viagem
 Portugal
PAF propõe “reforçar o papel dos privados”
na promoção turística de Portugal
30-07-2015 (09h06)

“Associar estreitamente o sector privado à definição, execução e avaliação da componente política de promoção do Destino Portugal, financiada com fundos comunitários” é uma das linhas programáticas com que a coligação PSD/CDS se apresenta às eleições legislativas de 4 de Outubro.

CTP agenda debates com candidatos às legislativas
do PS e da coligação PSD-CDS
29-07-2015 (17h49)

A CTP marcou um jantar-debate com António Costa, em representação do PS, e outro com Paulo Portas, pela coligação “Portugal à Frente” (PSD e CDS), para ouvir as suas propostas para a legislatura 2015/2019 e para permitir aos empresários expressarem as suas “ideias e expectativas”.

Barómetro Tourism Monitor
AHP indica subida de 5,53% da RevPAR em Maio
mesmo sem Champions e com greve na TAP
27-07-2015 (14h40)

A AHP avançou que em Maio, mês em que a TAP enfrentou a greve de dez dias do SPAC, a hotelaria portuguesa registou um aumento da RevPAR em 5,53% e uma subida da taxa de ocupação em 2,46 pontos percentuais, comparando com Maio de 2014, quando Lisboa recebeu a final da Champions entre Real e Atlético de Madrid.

PR marca legislativas para 4 de Outubro
Campanha eleitoral começa a 20 de Setembro
22-07-2015 (22h36)

O Presidente da República, Cavaco Silva, marcou hoje as próximas eleições legislativas para 4 de Outubro, o que determina o início da campanha eleitoral, um período em que normalmente há uma retracção da procura de viagens, para 20 de Setembro.

Turismo assegura saldo positivo
da balança comercial portuguesa
22-07-2015 (16h42)

O encaixe líquido do sector do turismo, no montante de 2.209,13 milhões de euros, assegurou o saldo positivo em 271,7 milhões de euros da balança portuguesa de bens e serviços nos primeiros cinco meses deste ano, de acordo com os dados divulgados ontem pelo Banco de Portugal.

Aigle Azur reforça voos para Lisboa
e passa a voar para Faro no Inverno
22-07-2015 (14h48)

“Portugal, segundo destino mais importante para a Aigle Azur”, segundo anuncia a companhia aérea, terá um aumento das ligações da transportadora entre Paris e Lisboa, de sete para 12 voos por semana, enquanto Faro passará a ter dois voos semanais da capital francesa durante o Inverno.

Hoti Hotéis perspectiva em três anos
chegar aos 20 hotéis em Portugal
21-07-2015 (19h03)

Com a abertura do Tryp Leiria e o anúncio de um novo hotel de 3-estrelas no Aeroporto de Lisboa, o presidente da Hoti Hotéis, Manuel Proença, anunciou como objectivo do grupo atingir a marca das duas dezenas de hotéis em Portugal em três anos.

Aeroporto de Lisboa vai ter mais um hotel
Será um 3-estrelas gerido pela Hoti Hotéis
21-07-2015 (17h02)

A Hoti Hotéis, que tem o Tryp Lisboa Aeroporto, assinou com a ANA um contrato de concessão para um novo 3-estrelas no Aeroporto da Portela, que terá 160 quartos e, segundo Manuel Proença, presidente do grupo hoteleiro, será de uma marca de “renome”.

Saldo baixa cem milhões de euros até Maio
Portugal exporta menos e importa mais
transporte aéreo de passageiros
21-07-2015 (16h13)

Portugal teve menos 80,3 milhões de euros de vendas de serviços de transporte aéreo de passageiros ao estrangeiro nos primeiros cinco meses deste ano (-6,5%), em simultâneo com um aumento das compras em 20,6 milhões de euros (+8,3%), de acordo com os dados divulgados hoje pelo Banco de Portugal.

Portugal atinge pela 1ª vez 1.000 milhões
de receitas turísticas num mês de Maio
21-07-2015 (11h58)

Os gastos de turistas estrangeiros em Portugal (receitas turísticas) chegaram este ano pela primeira vez aos 1.000 milhões de euros num mês de Maio, de acordo com os dados publicados hoje pelo Banco de Portugal.

Aumento de passageiros em charters de Lisboa foi de 49,5%
Turistas portugueses em férias na Dominicana
aumentam 51,1% em Junho
17-07-2015 (13h50)

A República Dominicana recebeu 3.887 turistas portugueses no mês de Junho, que é o maior total para este mês desde 2010 e representa um aumento em 51,1% ou 1.314 relativamente a Junho de 2014, que dados a que o PressTUR teve acesso evidenciam ter sido impulsionado principalmente pelos charters à partida de Lisboa.

TAP e APAVT chegam a acordo, mas falta aprovação na PAConf
Pagamento semanal do BSP começa a Julho de 2015
Redução para quinzenal avança dentro de um ano
Presstur 05-07-2012 (16h38) As agências de viagens IATA portuguesas têm três anos para se adaptar ao pagamento semanal às companhias aéreas dos bilhetes que vendem em BSP, indicaram ao PressTUR várias fontes, segundo as quais esse é o resultado de um acordo entre a TAP e a APAVT que prevê um passo intermédio, com o encurtamento do prazo para quinzenal a entrar em vigor dentro de um ano.
Nem TAP nem APAVT aceitaram pronunciar-se sobre esse processo, alegando que “legalmente” estão impedidas de falar.
Ao que disseram algumas fontes, esse “legalmente” deve-se a que decisão terá que ser tomada em sede de PAConf (Passenger Agency Conference), que é o organismo que define “as regras” por que se regem o reporting e o pagamento das vendas de bilhetes pelas agências de viagens, cuja próxima reunião é em Outubro.
As fontes asseguram que, porém, já existe acordo aprovado em sede de APJC (Agency Programme Joint Councils), que são os organismos que juntam nos mercados companhias aéreas e agências de viagens.
As fontes do PressTUR dizem que o acordo prevê que dentro de um ano, em Julho de 2013, o pagamento do BSP passe de mensal a quinzenal e, depois, em Julho de 2015, o prazo é então encurtado para semanal.
Actualmente, as agências têm liquidar as vendas realizadas em BSP até ao dia 15 do mês seguinte, o que dá um prazo médio de pagamento de 30 dias, com 45 dias para as vendas realizadas no primeiro dia do mês e 15 para as que são feitas no último.Com o pagamento quinzenal, as agências passarão a ter que pagar as vendas da quinzena no fim da quinzena seguinte (mantém-se os quinze dias após o termo do período), o que dá um prazo médio de 22,5 dias, com 30 dias para as vendas realizadas no primeiro dia da quinzena a que se referem e 15 dias nas vendas realizadas no último dia. Com a passagem dos pagamentos a semanais, como se mantém o pagamento a 15 dias depois de findo o período, o prazo médio reduz-se para 18,5 dias, com 22 dias para as vendas que sejam efectuadas no primeiro dia e 15 para as realizadas no último.
O encurtamento dos prazos de pagamento do BSP, que em Portugal no ano de 2011 ascendeu a 811,29 milhões de euros, com 422,13 milhões em bilhetes da TAP, é o que uma das fontes do PressTUR da área da aviação caracteriza como “um sinal dos tempos”, referindo-se às exigências acrescidas que se põem às empresas em matéria de gestão de recursos...especialmente os financeiros.
Essa fonte disse ao PressTUR que do ponto de vista das companhias aéreas há duas motivações principais para o encurtamento dos prazos para receberem os pagamentos das agências. A primeira é “reduzir o risco”, pois quanto menor é o prazo menor é também o montante exposto a defaults (faltas de pagamento). A segunda é que o “dinheiro está cada vez mais caro e difícil, especialmente nos tempos que correm”, referindo-se ao facto de as companhias terem muitos milhões de euros fora da Tesouraria que lhes permitiram reduzir as necessidades de recurso a crédito bancária, “que não é gratuito”.
Uma terceira razão, é que em vários mercados o encurtamento dos prazos de pagamento do BSP já avançou, o que deixa as companhias portuguesas em desvantagem perante a sua concorrência, por terem que recorrer mais ao crédito para financiar a tesouraria.
Da parte das agências, que regra geral rejeitam o argumento do risco das companhias aéreas, argumentando que é “mínimo”, só há uma razão para aceitarem o encurtamento dos prazos de pagamento do BSP que é terem “parceiros saudáveis” e, assim, também elas reduzirem o risco de estar a vender bilhetes de companhias que depois cessam a actividade por não terem condições financeiras de prosseguir, como já este ano aconteceu, por exemplo, com a Spanair e a Malev.
Por outro lado, acrescentam, regra geral as vendas de passagens não significavam para as agências “dinheiro no banco” (referindo-se ao tempo entre receberem dos clientes e pagarem ao BSP), mas crédito aos seus clientes, permitindo-lhes diferirem os pagamentos das viagens.
Daí que fontes dos dois lados digam que o encurtamento dos prazos de pagamento do BSP é, principalmente, “uma questão de moralização do mercado”, pois acredita-se que só dessa forma as agências se verão compelidas a exigir também dos seus clientes prazos “mais razoáveis” de pagamento das viagens que compram.
As fontes do PressTUR admitem que para as empresas-clientes, que são “o grosso” das vendas BSP, o encurtamento dos prazos pagamento às agências, porém, poderá não ter consequências de maior, prevendo-se que irá levar a uma utilização mais intensa do cartão de crédito, o que lhes permitirá 45 dias de crédito.
A “principal dificuldade”, acrescentam, poderá dar-se com os pagamentos das entidades públicas, “que tradicionalmente pagam tarde”.

Continua em:
Acordo TAP-APAVT evita pagamento semanal do BSP já a partir do próximo dia 1 de Janeiro

Clique para mais notícias: BSP Portugal
Clique para mais notícias: APAVT
Clique para mais notícias: TAP
Clique para mais notícias: Agências&Operadores
Clique para mais notícias: Aviação
Entrada    Actualidade    Agências&Operadores






 Agências&Operadores
Vietname, Laos e Camboja é uma das propostas
da agência Rotas do Vento para este Verão
31-07-2015 (15h30)

A Rotas do Vento está a promover o circuito “Vietname, Laos, Camboja: Da Baía de Halong a Angkor Vat”, uma viagem por “três países emblemáticos do sudoeste asiático onde seremos confrontados com as suas culturas milenares expressas nos seus monumentos ricamente decorados e nos costumes das suas gentes muito hospitaleiras”.

Último dia da venda antecipada
Solférias propõe São Tomé e Príncipe
em combinado com voo interno gratuito
31-07-2015 (15h17)

O operador turístico Solférias está a promover um programa de uma semana nas ilhas de São Tomé e Príncipe, com voos internos gratuitos, numa promoção de venda antecipada que termina hoje, dia 31.

Sonhando lança "especial" de nove noites em Cuba
com três em Havana e seis em Varadero
31-07-2015 (14h58)

O operador turístico Sonhando está a divulgar uma proposta para nove noites em Cuba, com três noites em Havana e seis noites em Varadero, na partida de Lisboa em voo directo no dia 22 de Agosto, a partir de 1.398 euros.