Clique aqui para ver mais
Contacto: presstur@presstur.com ... Quarta-feira, 23-04-2014 20:12:00 (Lisboa)
Pesquisar:








 Dicas de Viagem
Rotas das Américas da Air France-KLM
tiveram a maior queda de passageiros em Maio
Presstur 07-06-2012 (11h57) O grupo Air France-KLM teve em Maio um decréscimo de cerca de 52 mil passageiros nos seus voos (-0,8%, para 6,55 milhões), com a maior fatia dessa queda (cerca de 39 mil) a dar-se nas rotas das Américas, que é o sector de longo curso com mais peso na sua operação.
O balanço de tráfego no mês de Maio indica que a queda do número de passageiros foi provocada por um decréscimo de cerca de 67 mil nas linhas de longo curso (-3,4%, para 1,9 milhões), já que à queda nas ligações com as Américas se somaram também decréscimos de cerca de 12 mil (-3,1%, para 378 mil) nas rotas de África e Médio Oriente e de cerca de 22 mil (-8,8%, para 228 mil) nas ligações com as Caraíbas e Oceano Índico.
A contrariar estas quedas estiveram, principalmente, as rotas de médio curso dentro da Europa, que são as que têm maior número de passageiros (70,9% do total de Maio e 68,7% do total de Janeiro a Maio), com um aumento de 15 mil (+0,3%, para 4,646 milhões), bem como as rotas da Ásia e Pacífico, com mais cerca de seis mil (+1,2%, para 476 mil).
No conjunto dos cinco meses desde o início deste ano, o grupo Air France-KLM contabiliza 30,528 milhões de passageiros transportados, em alta de quase um milhão (+3,4%) relativamente ao período homólogo de 2011.
As rotas de médio curso dentro da Europa são as que dão o maior contributo para esse crescimento do número de passageiros, com um aumento de 4,1% ou cerca de 834 mil, para 20,96 milhões.
Seguem-se os voos das Américas, com +3% ou mais cerca de 108 mil, para 3,697 milhões, as ligações com a Ásia e Pacífico, em 2,3% ou cerca de 54 mil, para 2,362 milhões, e as rotas de África e Médio Oriente, com +2,1% ou mais cerca de 43 mil, para 2,057 milhões.
A excepção são as rotas das Caraíbas e Oceano Índico, que tiveram a maior redução de capacidade (em ASK) destes cinco meses e nas quais o grupo Air France-KLM tem uma queda do número de passageiros em 2,7% ou cerca de 40 mil, para 1,453 milhões.
Este é o sector com menos peso na operação do grupo, quer em número de passageiros (4,8% do total de Janeiro a Maio), quer em tráfego medido em RPK (12%), quer em capacidade medida em ASK (11,6%).
O sector com mais peso em número de passageiros é, como habitualmente, o de médio curso dentro da Europa, mas com a particularidade de este ano reforçar essa preponderância, com um aumento de 0,5 pontos, par 68,7% do total de passageiros dos primeiros cinco meses deste ano.

Clique para mais notícias: Air France-KLM
Clique para mais notícias: Aviação
Entrada    Actualidade    Aviação











 Cruzeiros
Nos primeiros dois meses deste ano
Cruzeiros em Espanha ‘disparam’ 39,6%
‘capitaneados’ por Las Palmas
21-04-2014 (09h03)

Os portos espanhóis tiveram 838,1 mil passageiros de cruzeiros nos primeiros dois meses deste ano, +39,6% ou mais 237,8 mil que há um ano, com Las Palmas a ascender à liderança, com um aumento em 67,6% ou 114,6 mil, de acordo com dados da empresa Puertos del Estado.

 Agências&Operadores
Cosmos lança oferta para o Juventus-Benfica
22-04-2014 (13h35)

A Cosmos está a anunciar uma oferta para a segunda mão das meias finais da Liga Europa, em que o Benfica defronta a Juventus em Turim, no dia 1 de Maio, a partir de 385 euros por pessoa, incluindo voos de ida e volta, taxas e transferes.

Soltrópico lança oferta para agentes de viagens
desde 635 euros para sete noites na Boavista
22-04-2014 (13h13)

O operador turístico Soltrópico anunciou uma oferta para agentes de viagens com preços desde 635 euros para sete noites na ilha cabo-verdiana da Boavista, em tudo incluído (TI) no Iberostar Boavista, com voos TACV.

Solférias já tem à venda Panamá
com combinado de cidade e praia
22-04-2014 (12h58)

O operador turístico Solférias divulgou ofertas para férias no Panamá, um dos novos destinos que a TAP começa a operar este Verão, com programas que combinam cidade e praia em sete noites, a partir de 1.199 euros.