Clique aqui para ver mais
Contacto: presstur@presstur.com ... Sábado, 01-08-2015 10:46:19 (Lisboa)
Pesquisar:






 Dicas de Viagem
 Portugal
PAF propõe “reforçar o papel dos privados”
na promoção turística de Portugal
30-07-2015 (09h06)

“Associar estreitamente o sector privado à definição, execução e avaliação da componente política de promoção do Destino Portugal, financiada com fundos comunitários” é uma das linhas programáticas com que a coligação PSD/CDS se apresenta às eleições legislativas de 4 de Outubro.

CTP agenda debates com candidatos às legislativas
do PS e da coligação PSD-CDS
29-07-2015 (17h49)

A CTP marcou um jantar-debate com António Costa, em representação do PS, e outro com Paulo Portas, pela coligação “Portugal à Frente” (PSD e CDS), para ouvir as suas propostas para a legislatura 2015/2019 e para permitir aos empresários expressarem as suas “ideias e expectativas”.

Barómetro Tourism Monitor
AHP indica subida de 5,53% da RevPAR em Maio
mesmo sem Champions e com greve na TAP
27-07-2015 (14h40)

A AHP avançou que em Maio, mês em que a TAP enfrentou a greve de dez dias do SPAC, a hotelaria portuguesa registou um aumento da RevPAR em 5,53% e uma subida da taxa de ocupação em 2,46 pontos percentuais, comparando com Maio de 2014, quando Lisboa recebeu a final da Champions entre Real e Atlético de Madrid.

PR marca legislativas para 4 de Outubro
Campanha eleitoral começa a 20 de Setembro
22-07-2015 (22h36)

O Presidente da República, Cavaco Silva, marcou hoje as próximas eleições legislativas para 4 de Outubro, o que determina o início da campanha eleitoral, um período em que normalmente há uma retracção da procura de viagens, para 20 de Setembro.

Turismo assegura saldo positivo
da balança comercial portuguesa
22-07-2015 (16h42)

O encaixe líquido do sector do turismo, no montante de 2.209,13 milhões de euros, assegurou o saldo positivo em 271,7 milhões de euros da balança portuguesa de bens e serviços nos primeiros cinco meses deste ano, de acordo com os dados divulgados ontem pelo Banco de Portugal.

Aigle Azur reforça voos para Lisboa
e passa a voar para Faro no Inverno
22-07-2015 (14h48)

“Portugal, segundo destino mais importante para a Aigle Azur”, segundo anuncia a companhia aérea, terá um aumento das ligações da transportadora entre Paris e Lisboa, de sete para 12 voos por semana, enquanto Faro passará a ter dois voos semanais da capital francesa durante o Inverno.

Hoti Hotéis perspectiva em três anos
chegar aos 20 hotéis em Portugal
21-07-2015 (19h03)

Com a abertura do Tryp Leiria e o anúncio de um novo hotel de 3-estrelas no Aeroporto de Lisboa, o presidente da Hoti Hotéis, Manuel Proença, anunciou como objectivo do grupo atingir a marca das duas dezenas de hotéis em Portugal em três anos.

Aeroporto de Lisboa vai ter mais um hotel
Será um 3-estrelas gerido pela Hoti Hotéis
21-07-2015 (17h02)

A Hoti Hotéis, que tem o Tryp Lisboa Aeroporto, assinou com a ANA um contrato de concessão para um novo 3-estrelas no Aeroporto da Portela, que terá 160 quartos e, segundo Manuel Proença, presidente do grupo hoteleiro, será de uma marca de “renome”.

Saldo baixa cem milhões de euros até Maio
Portugal exporta menos e importa mais
transporte aéreo de passageiros
21-07-2015 (16h13)

Portugal teve menos 80,3 milhões de euros de vendas de serviços de transporte aéreo de passageiros ao estrangeiro nos primeiros cinco meses deste ano (-6,5%), em simultâneo com um aumento das compras em 20,6 milhões de euros (+8,3%), de acordo com os dados divulgados hoje pelo Banco de Portugal.

Portugal atinge pela 1ª vez 1.000 milhões
de receitas turísticas num mês de Maio
21-07-2015 (11h58)

Os gastos de turistas estrangeiros em Portugal (receitas turísticas) chegaram este ano pela primeira vez aos 1.000 milhões de euros num mês de Maio, de acordo com os dados publicados hoje pelo Banco de Portugal.

Aumento de passageiros em charters de Lisboa foi de 49,5%
Turistas portugueses em férias na Dominicana
aumentam 51,1% em Junho
17-07-2015 (13h50)

A República Dominicana recebeu 3.887 turistas portugueses no mês de Junho, que é o maior total para este mês desde 2010 e representa um aumento em 51,1% ou 1.314 relativamente a Junho de 2014, que dados a que o PressTUR teve acesso evidenciam ter sido impulsionado principalmente pelos charters à partida de Lisboa.

Associação elogia “capacidade de diálogo” de Cecília Meireles
“Muitíssimo satisfeitos”, diz presidente da APAVT
sobre aprovação da Lei das Agências de Viagens
Presstur 06-06-2012 (18h05) “Estamos naturalmente muitíssimos satisfeitos”, é como o presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, comenta em comunicado da Associação a aprovação, hoje, pelo Conselho de Ministros, da nova Lei das Agências e Viagens, que também caracteriza como “um momento histórico" para o sector.

Pedro Costa Ferreira diz nessa declaração que a nova Lei “vem criar melhores condições para o exercício da actividade, mantém e nalguns casos reforça mesmo a protecção do consumidor” e, ainda, que o novo diploma “é o espelho do acordo alcançado com o Governo e que resulta de muitos meses de trabalho”, concluindo que, por essa razão, “se impõe salientar a capacidade de diálogo que encontrámos todos os dias da parte da Senhora Secretária de Estado do Turismo e da sua equipa neste importantíssimo dossier”.
O comunicado elenca os “aspectos de primordial importância” do acordo alcançado com a Secretaria de Estado do Turismo a que já tinha feito referência a 31 de Janeiro, entre os quais acabar “com a anacrónica distinção entre agências organizadoras e agências vendedoras, que - ignorando a realidade do mercado - havia sido reintroduzida na anterior lei”.
A APAVT destaca ainda que com o acordo “acaba-se também com a possibilidade de os portais e os institutos públicos poderem comercializar a venda de alojamento sem que estejam inscritos no RNAVT (Registo Nacional das Agências de Viagens e Turismo) e sem que se sujeitem às obrigações legais e fiscais que impendem sobre as agências de viagens”, salientando que se tratava de uma “injustiça”.
“A nova Lei corrigirá assim mais esta injustiça, permitindo que os portais comercializem alojamento, mas enquadrando-os no regime das agências de viagens, o que defende a liberdade de escolha do consumidor”, diz o comunicado da Associação, que considera que Lei de 2011 “demonstrava por parte do anterior legislador um profundo desprezo pelas empresas e um vincado pendor estatizante ao permitir concorrência desleal das entidades públicas às empresas privadas”.
O terceiro aspecto do acordo com a SET referido pela APAVT diz respeito ao Fundo de Garantia das Viagens e Turismo (FGVT), relativamente ao qual a Associação diz que passa a prever valores para a contribuição das empresas “que serão inferiores ao custo das actuais cauções e garantias bancárias e da contribuição exigida pela anterior Lei para o Fundo, mantendo contudo, como a APAVT igualmente sempre defendeu, o seu valor a um nível adequado às verdadeiras necessidades de protecção do consumidor”.
“Como é de elementar justiça, far-se-á agora também uma distinção, para as agências já existentes antes da entrada em vigor da anterior Lei, em função da dimensão da actividade das empresas, corrigindo-se a injustiça que era tratar igual o que não o é”, acrescenta.
A Associação, que diz que aguarda agora a promulgação da nova Lei pelo Presidente da República, lembra que já quando foi anunciado o acordo com a Secretaria de Estado para a revisão da Lei tinha considerado que o novo diploma “defende as empresas, e em particular as PME’s e micro empresas que são um grande suporte e um grande empregador da economia nacional, permitindo que as necessidades de tesouraria destas empresas não se agravem”.
O Governo anunciou há algumas horas que o Conselho de Ministros aprovou na sua reunião de hoje “um diploma que estabelece o regime de acesso e de exercício da actividade das agências de viagens e turismo e adapta este regime com a directiva comunitária relativa aos serviços no mercado interno”.
Este diploma irá revogar a Lei 61/2011, publicada em “Diário da República” a 6 de Maio de 2011.
Desde o último Congresso da APAVT, em inícios de Dezembro, em Viseu, que era público existir vontade política da parte da nova secretária de Estado do Turismo, Cecília Meireles, e da Associação, para chegarem a uma versão consensual da Lei das Agências de Viagens, o que foi confirmado a 31 de Janeiro, quando anunciaram um “acordo de princípio”.
A nova Lei, porém, já não foi a tempo de impedir que se esgotasse o prazo de para as agências liquidarem as suas contribuições para o Fundo de Garantia, mas, como o PressTUR avançou, a APAVT informou as suas associadas, no final da semana passada, que não estão obrigadas a concretizar a contribuição inicial até ao passado dia 5, pois tinham que aguardar a comunicação pelo Turismo de Portugal de qual a “qualidade” em que o deveriam fazer.
A APAVT acrescentava nessa informação ser sua “convicção” de que nesse tempo entrará em vigor a nova Lei, “e a ser assim, o mecanismo acima descrito será dado sem efeito por força da aplicação das novas regras de contribuição para o FGVT” (clique para ler: Contribuição das agências de viagens para o FGVT só será nos termos da nova Lei do sector).

Ver mais em:
Nova Lei das Agências de Viagens aprovada hoje em Conselho de Ministros

Clique para mais notícias: Agências&Operadores
Clique para mais notícias: Portugal
Entrada    Actualidade    Agências&Operadores






 Agências&Operadores
Vietname, Laos e Camboja é uma das propostas
da agência Rotas do Vento para este Verão
31-07-2015 (15h30)

A Rotas do Vento está a promover o circuito “Vietname, Laos, Camboja: Da Baía de Halong a Angkor Vat”, uma viagem por “três países emblemáticos do sudoeste asiático onde seremos confrontados com as suas culturas milenares expressas nos seus monumentos ricamente decorados e nos costumes das suas gentes muito hospitaleiras”.

Último dia da venda antecipada
Solférias propõe São Tomé e Príncipe
em combinado com voo interno gratuito
31-07-2015 (15h17)

O operador turístico Solférias está a promover um programa de uma semana nas ilhas de São Tomé e Príncipe, com voos internos gratuitos, numa promoção de venda antecipada que termina hoje, dia 31.

Sonhando lança "especial" de nove noites em Cuba
com três em Havana e seis em Varadero
31-07-2015 (14h58)

O operador turístico Sonhando está a divulgar uma proposta para nove noites em Cuba, com três noites em Havana e seis noites em Varadero, na partida de Lisboa em voo directo no dia 22 de Agosto, a partir de 1.398 euros.