Macau anuncia plano de quatro anos dedicado à gastronomia

19-02-2018 (15h59)

O Governo da Região Administrativa Especial de Macau divulgou o seu plano a quatro anos com o intuito de preservar e reviver o legado cultural da cidade através de uma série de iniciativas que contam com a gastronomia como ponto comum.

No seguimento do lançamento da iniciativa "2018 Ano da Gastronomia de Macau", o Governo de Macau delineou um plano a quatro anos com diversas iniciativas em seis componentes distintas.

O plano de acção começa por criar um mecanismo de gestão e supervisão, gerida pelo Secretário de Assuntos Sociais e da Cultura, com o intuito de criar, gerir e supervisionar projectos.

O segundo passo será a criação de campanhas locais e internacionais para promover Macau como Cidade da Gastronomia da Rede de Cidades Criativas da UNESCO como as rotas culinárias da "Step Out, Experience Macao's Communities - Walking Tour Routes" ou a inclusão de elementos gastronómicos em roadshows promocionais.

A terceira componente do plano de acção será a criação de uma escola com uma área de cozinha por parte do Departamento dos Serviços de Educação e Juventude, a criação de um centro dedicado a técnicas de cozinha por parte do Institudo de Estudos de Turismo (IFT), enquanto que o Governo de Macau vai elaborar uma base de dados dedicada aos mais de 400 anos de gastronomia macaense.

A quarta componente baseia-se na troca de experiências e cooperção com outras Cidades Criativas da Rede da UNESCO através de, entre outras actividades, a participação na 12ª Reunião Anual da Rede de Cidades Criativas da UNESCO, na Polónia, de iniciativas de intercâmbio entre instituições de educação superior de diferentes cidades e a organização do Fórum Internacional de Gastronomia.

Esta componente passa ainda pela conscialização de países lusófonos, especialmente em África, para a Rede de Cidades Criativas de UNESCO e incentivar a sua candidatura.

A cooperação com indústrias de catering e culinária através da criação de programas de formação e actividades como o Macao Food Festival, as iniciativas do Guia Michelin, e a organização da cerimónia de entrega de prémios "Asia's 50 Best Restaurants Awards Ceremony" em 2018 e 2019, entre outras.

Esta componente prevê ainda a criação de pacotes de tours gastronómicos em Macau e apresentá-los a agências de viagens, além de apoio a negócios locais relacionados com gastronomia.

A última componente é dedicada à cooperação com outras indústrias de diferentes campos culturais e criativos como a presença de apontamentos gastronómicos nas performances de celebração do Ano Novo Chinês, a criação de uma zona de gastronomia para a 6ª Macao International (Industry) Expo e ainda a criação de uma secção de filmes dedicados à gastronomia no 3º International Film Festival & Awards Macao.

Clique para ver mais: Ásia & Pacífico

Clique para ver mais: Gastronomia

Clique para mais notícias: Macau

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vila Galé volta a promover a iniciativa "12 meses, 12 pratos, 12 euros"

16-01-2019 (18h24)

O grupo Vila Galé está a promover novamente a iniciativa "12 meses, 12 pratos, 12 euros", que consiste num menu com um prato inspirado na gastronomia de uma região portuguesa por mês, com o preço de 12 euros.

Cidades Criativas na área da Gastronomia da UNESCO reunem-se em Macau

03-01-2019 (12h08)

O espaço Anim'Arte Nam Van vai receber representantes de 20 cidades que fazem parte da Rede de Cidades Criativas da UNESCO, entre 19 e 21 de Janeiro, para o 3º International Gastronomy Forum, organizado pelo Turismo de Macau.

MSC Cruzeiros anuncia parceria com o chef Harald Wohlfahrt

18-12-2018 (18h00)

A MSC Cruzeiros anunciou uma nova parceria para melhorar a sua oferta gastronómica a bordo, com o chef alemão Harald Wohlfahrt, conhecido por ser um dos melhores do mundo, distinguido com 3-estrelas Michelin durante 25 anos consecutivos.

Gastronomia peruana além do ceviche, outras opções

06-12-2018 (18h00)

O ceviche é uma das maiores referências gastronómicas do Peru, mas há outras opções tradicionais, desde a carne de alpaca ao ají de galinha, passando pelo pisco sour.

Chef belga com 3-estrelas Michelin abre Peixe em Lisboa 2019

03-12-2018 (17h24)

Gert De Mangeleer, do restaurante Hertog Jan, na cidade belga de Bruges, distinguido com 3-estrelas Michelin, é o primeiro chef internacional confirmado evento gastronómico Peixe em Lisboa 2019.