Feira de doçaria conventual de Portalegre reúne 40 doceiros de três países

26-03-2019 (12h13)

Foto: www.cm-portalegre.pt
Foto: www.cm-portalegre.pt

A 19ª edição da Feira de Doçaria Conventual e Tradicional de Portalegre, que vai decorrer no requalificado Convento de Santa Clara entre 5 e 7 de Abril, vai contar com cerca de 40 doceiros oriundos de Portugal, Espanha e França.

Conhecida em tempos como a "cidade dos sete conventos", devido à sua tradição religiosa, Portalegre possui um vasto número de receitas de doces conventuais, com origens remotas, que estão guardadas a “sete chaves” pelas doceiras.

Após ter decorrido durante várias edições no Convento de São Bernardo, a feira regressa este ano ao Convento de Santa Clara, recentemente requalificado, numa iniciativa do município, com o apoio da Associação de Produtores para a Valorização e Qualificação dos Produtos Tradicionais Portugueses (QUALIFICA).

“Este ano, a feira vai decorrer no Convento de Santa Clara, que foi requalificado, está muito bonito e resolvemos voltar a este emblemático convento”, disse a presidente da Câmara de Portalegre, Adelaide Teixeira.

Além dos doces e licores, o programa tem também para oferecer os ateliers “mãos na massa”, vocacionados para os mais pequenos, existindo ainda um outro espaço lúdico dedicado às crianças, enquanto os pais visitam o certame.

“Este ano, voltamos também a fazer um ‘circuito doce, cultural e literário’, uma vez que estamos a assinalar os 50 anos da morte do poeta José Régio. Este circuito sai da Casa Museu José Régio e termina na feira de doçaria, passando pelos pontos de interesse onde o poeta acabava por estar, desde o Café Central à Pensão 21”, adiantou.

Uma exposição de tabuleiros antigos e os tradicionais concursos de doces e licores são outros dos atractivos do certame.

“Vamos também promover este ano uma quinzena gastronómica, entre os dias 1 e 14 de Abril, tendo sido lançado um repto aos restaurantes da cidade para que insiram nas suas ementas, a nível das sobremesas, doces tradicionais e conventuais para divulgar este património único que é de Portalegre e do país”, acrescentou.

A animação está também garantida durante os três dias de feira, através de grupos locais e pela Associação Cultural Danças Com História, que vai apresentar um espectáculo com danças do século XVI.

“Portalegre volta a ser a capital do doce, com qualidade, uma vez que não nos podemos esquecer que este certame é feito com a QUALIFICA. A selecção dos produtos e dos produtores é feita por esta associação e, por isso mesmo, esta é a única feira do género que é qualificada a nível nacional”, sublinhou.

O preço das entradas na feira vai ser de um euro, podendo os visitantes com esse ingresso entrar também nos museus daquela cidade alentejana.

“Pode acontecer também o contrário, ou seja, comprar um bilhete nos museus e ter acesso à feira com esse ingresso. O preço do bilhete é de um euro e reverte a favor de algumas entidades”, disse.

Na Feira de Doçaria Conventual e Tradicional podem ser saboreados vários doces, como barrigas de freira, pães de rala, toucinhos-do-céu, fidalgos, ovos-moles, castanhas de ovos, rebuçados de ovos e amêndoas de Portalegre, pastéis de Belém e de Tentúgal, Lampreia de Amêndoa, fartes, queijinhos do céu e cornucópias, entre outros.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Gastronomia

Clique para ver mais: Cá Dentro

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Portugal volta a ter um restaurante nos 50 melhores do mundo — o Belcanto de José Avillez

25-06-2019 (19h34)

O Belcanto de José Avillez foi classificado como o 42º melhor restaurante do mundo na lista The World’s 50 Best Restaurants divulgada hoje e que é encabeçada pelo francês Mirazur.

Grupo Onyria abre restaurante Monte Mar na Marina de Tróia

03-06-2019 (18h08)

O grupo hoteleiro Onyria, liderado pelo ex-presidente da CTP José Carlos Pinto Coelho, anunciou a expansão do negócio de restauração com a abertura de uma unidade Monte Mar na Marina de Tróia, na península de Tróia, distrito de Setúbal.

Guilty by Olivier chega ao Porto para quem gosta de comer “sem medos nem culpa”

22-05-2019 (14h18)

Um espaço para “todos os que gostam verdadeiramente de comer, sem medos nem culpa”, assim é apresentado o novo restaurante do chef Olivier da Costa na cidade do Porto, o Guilty by Olivier.

Madeira mostra porque é “o local perfeito” para o Congresso da APAVT (1/2)

21-05-2019 (11h19)

Uma viagem aos sabores madeirenses, enquadrada pelas paisagens de mar e montanha, antecedeu o anúncio da realização do Congresso da APAVT na Madeira. Conheça alguns dos motivos que levaram o presidente da Associação a classificar o destino como "o local perfeito" para o evento.

Madeira mostra porque é “o local perfeito” para o Congresso da APAVT (2/2)

21-05-2019 (11h17)

Nos primeiros passos no pontão da Fajã dos Padres, de costas para o mar, somos obrigados a levantar a cabeça o máximo possível para conseguir ver o topo da arriba. Vemos o elevador desactivado, de um lado, e, do outro, o teleférico que nos levará mais tarde para cima. Mas só depois do ‘banquete’.

Ultimas Noticias

Noticias mais lidas