“Mais longa viagem de todos os funiculares” de Portugal transportou quase 30 mil pessoas em Julho

02-08-2018 (14h21)

Foto: Visit Portugal ( www.visitportugal.com )
Foto: Visit Portugal ( www.visitportugal.com )

O elevador que liga Viana do Castelo ao monte de Santa Luzia, contíguo àquela cidade, vendeu em Julho “quase 30 mil bilhetes para a mais longa viagem de todos os funiculares do país”, anunciou a Câmara Municipal.

Em comunicado, a autarquia adiantou que nos últimos três meses foram contabilizadas quase 60 mil viagens, incluindo 29.820 em Julho, 15.196 em Maio e 14.482 em Junho.

De acordo com os dados avançados ontem pela Câmara da capital do Alto Minho, em 2017 “o funicular assegurou 139.729 viagens e, nos primeiros sete meses de 2018, 82.962 viagens”.

“A infraestrutura prepara-se para voltar a bater recordes, tendo já alcançado um total 1.061.052 passageiros desde Abril de 2007 até 31 de Julho de 2018”, acrescenta a autarquia.

O equipamento emblemático, que tem um percurso de 650 metros que leva cerca de oito minutos a completar, sendo considerado o mais extenso do género no país, voltou a assegurar as ligações entre o centro da cidade e o monte de Santa Luzia em Junho de 2017, depois de uma paragem de cerca de um mês para trabalhos de manutenção.

Em 2013 e 2014, o Elevador de Santa Luzia conquistou o prémio "Infraestrutura Ferroviária", atribuído pela Luisfer - Estudos e Realizações Ferroviárias, entidade que envolve a CP Entusiastas, pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento dos Sistemas Integrados de Transportes e pela Associação Portuguesa dos Amigos dos Caminhos de Ferro.

O elevador esteve abandonado entre 2001 e 2007, até que a autarquia investiu 2,5 milhões de euros na sua aquisição e reabilitação.

Foram compradas duas carruagens novas, foi remodelada a linha e as estações, além da construção de um passeio ao longo de toda a via para facilitar o acesso pedonal em situações de emergência.

Cada uma das duas carruagens tem capacidade para 25 pessoas, 11 das quais sentadas, sendo a viagem realizado a uma velocidade de dois metros por segundo.

Com 160 metros de desnível e 25% de inclinação média, o elevador de Santa Luzia dispõe agora de três fontes de energia diferentes (eléctrica, gerador e bateria) e de quatro sistemas de travagem, sendo a segurança precisamente uma das características da renovação realizada.

Foi inaugurado a 2 de Junho de 1923 e é uma das formas de aceder ao santuário. Além do acesso automóvel, é também possível chegar ao topo de Santa Luzia pelos cerca de 650 degraus do escadório, quase paralelo ao elevador.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Cá Dentro

Clique para ver mais: Actividades

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Açores recebem Red Bull Cliff Diving em Junho

13-02-2019 (11h48)

O Ilhéu de Vila Franca do Campo, nos Açores, vai voltar a receber a prova Red Bull Cliff Diving World Series, nos dias 21 e 22 de Junho.

Programa "365 Algarve" tem garantida a quarta edição, a arrancar em Outubro

05-02-2019 (17h23)

O programa “365 Algarve”, iniciativa cultural destinada a promover a região na época baixa, e que se realiza desde 2016, já tem garantida uma quarta edição, a realizar-se de Outubro deste ano a Maio de 2020, foi hoje anunciado.

Indie Campers sugere road trip na EN2 com seis 'paragens obrigatórias'

05-02-2019 (15h51)

A Indie Campers está a sugerir umas "miniférias românticas em seis locais de paragem obrigatória, ao longo da famosa Estrada Nacional 2 (EN2), que atravessa o país de Chaves a Faro", com preços a partir de 49 euros por noite.

Condeixa lança novo produto turístico para aumentar permanência de visitantes

29-01-2019 (18h27)

Um novo produto turístico inspirado na presença romana no território é a aposta da Câmara de Condeixa-a-Nova para aumentar a permanência dos visitantes no concelho, anunciou hoje a autarquia.

Tomar recebe a Festa dos Tabuleiros entre 29 de Junho e 8 de Julho

23-01-2019 (11h57)

A Festa dos Tabuleiros vai realizar-se entre 29 de Junho e 8 de Julho, em Tomar, prevendo-se mais de 750 tabuleiros no principal cortejo, resultado do "entusiasmo crescente" da população mais jovem.