Jardins e parques do Porto ganham os primeiros “Green Flag Awards” em Portugal

30-07-2019 (11h28)

Foto: www.greenflagaward.org
Foto: www.greenflagaward.org

O Jardim Botânico, o Parque da Cidade e o Jardim do Passeio Alegre, no Porto, receberam os primeiros “Green Flag Awards” atribuídos em Portugal, que assim se tornou o 14º país a integrar a lista de espaços verdes distinguidos pela sua gestão e manutenção.

O prémio, que é uma espécie de Bandeira Azul para parques e jardins, é atribuído anualmente pelo Ministério da Habitação, Comunidades e Governo Local do Reino Unido e pela Organização Não Governamental Keep Britain Tidy.

De acordo com os “Green Flag Awards”, o Jardim Botânico do Porto, criado em 1951, abriga uma enorme colecção de plantas e inúmeros exemplos de design clássico de jardins, estabelecidos numa série de áreas incluindo o Jardim de Xisto ou o Jardim de Peixes, entre outros.

O Jardim do Passeio Alegre, por sua vez, é apresentado como “um belo exemplo de um jardim público do final do século XIX”, sendo “considerado um dos mais importantes êxitos do jardineiro paisagista Jeronymo Monteiro da Costa”.

O comunicado destaca que, além de uma fonte de água do século XVIII, o jardim tem o maior número de árvores classificadas como de interesse público, incluindo 63 palmeiras das Canárias, 28 pinheiros na Ilha Norfolk e 2 Metrosideros.

O Parque da Cidade do Porto, por fim, é apresentado como “o maior parque urbano do país”, com cerca de 80 hectares, distribuídos em áreas verdes que “se espalham por vários campos panorâmicos que se estendem até a beira do mar, proporcionando um contexto incomum de cidade para cidade em comparação com a maioria dos parques urbanos ao redor do mundo”.

Citada no comunicado, a professora Cláudia Fernandes, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, que coordenou preparação da candidatura, afirmou que esta distinção será “importante para a divulgação do património paisagístico de Portugal”.

O vice-presidente da Câmara do Porto, Filipe Araújo, por sua vez, afirmou que "o Porto pretende continuar a apresentar-se como 'verde' - orientado não apenas por critérios e preocupações ambientais, mas também sem descurar os novos desafios de gestão e as expectativas da comunidade”.

O prémio, acrescentou, “representa agora o reconhecimento do esforço e dedicação na construção e conservação dos espaços verdes municipais mais emblemáticos da cidade”.

Carl McClean, manager de Desenvolvimento Internacional do Prémio Green Flag, destacou esta “conquista fantástica para o Porto” e congratulou as equipas envolvidas na preparação dos espaços e da candidatura.

 

Clique para ver mais: Cá Dentro

Clique para ver mais: Actividades

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Empresa portuguesa participa no maior concurso de fogo-de-artifício de Macau

16-08-2019 (12h06)

Uma empresa portuguesa vai competir no maior concurso de fogo-de-artifício de Macau, um evento que assinala os 20 anos da passagem do território para a China e que serve para promover internacionalmente a cidade, segundo a organização.

Idanha-a-Nova promove visita guiada a Monsanto este Domingo

14-08-2019 (12h00)

A Câmara de Idanha-a-Nova promove este Domingo uma visita guiada a Monsanto, onde vai ser recriada e encenada a 'Diabólica', uma das lendas mais famosas daquela aldeia histórica.

Vídeo-arte portuguesa está em exibição nos casinos de Macau

01-08-2019 (10h26)

Vídeos produzidos por artistas portugueses estão em exibição a partir de hoje em diferentes espaços da Sociedade de Jogos de Macau (SJM), que explora casinos no território.

Viagem Medieval em Santa Maria da Feira começa hoje com 1.600 performances

31-07-2019 (10h39)

Santa Maria da Feira acolhe a partir de hoje a 23ª "Viagem Medieval", que este vai recriar com mais de 2.000 pessoas e 1.600 performances o reinado de D. Fernando, de cognome "Formoso", "Belo" e "Inconstante".

Tivoli Carvoeiro anuncia programação de Verão do seu Sky Bar

30-07-2019 (16h16)

O Tivoli Carvoeiro está a divulgar a programação de Verão para o seu Sky Bar, com “fins de tarde quentes e descontraídos que se prolongam pela noite dentro, tendo como cenário uma vista de cortar a respiração”.

Noticias mais lidas